José de Ribamar Fiquene

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José de Ribamar Fiquene
Governador do Maranhão
Período 2 de abril de 1994
até 1º de janeiro de 1995
Antecessor Edison Lobão
Sucessor Roseana Sarney
Prefeito de Imperatriz
Período 1983-1988
Antecessor Carlos Amorim
Sucessor Davi Alves Silva
Dados pessoais
Nascimento 27 de dezembro de 1930
Itapecuru-Mirim (MA)
Morte 2 de janeiro de 2011 (80 anos)
São Luís (MA)
Primeira-dama Zenira Massoli Fiquene
Partido UDN (1955–1965)
ARENA (1965–1980)
PDS (1980–1985)
PFL (1985–1997)
PMDB (1997–2011)
Profissão Empresário

José de Ribamar Fiquene (Itapecuru-Mirim, 27 de dezembro de 1930São Luís, 2 de janeiro de 2011) foi um político, escritor e empresário brasileiro. Foi governador do Maranhão entre 1994 e 1995.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ribamar Fiquene nasceu em Itapecuru-Mirim em 27 de dezembro de 1930 e era filho do libanês Wady Fiquene e de Delahê Fiquene. Se formou em Direito na Faculdade de Direito de São Luís nos anos 50 e na década de 70 mudou-se para Imperatriz, no Maranhão, já como juiz de direito. Na cidade, iniciou sua carreira política em 1982, ano em que foi eleito prefeito.

Carreira Política[editar | editar código-fonte]

Foi prefeito do município maranhense de Imperatriz, durante período de 1983 a 1988 e em 2 de abril de 1994, foi reconhecido pelo Diários Associados como Pai da Educação, quando Edison Lobão se afasta do governo do Estado do Maranhão para concorrer ao Senado (para o qual foi eleito naquele ano), então vice-governador, Ribamar Fiquene assume o governo até 1º de janeiro de 1995. Também foi senador pelo Maranhão por três vezes: alguns meses em 2000 e duas vezes em 2005. Tentou eleger sua esposa Zenira Fiquene prefeita de Imperatriz em 1992, sendo esta derrotada por Renato Moreira.

Morte[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de janeiro de 2011, morreu aos 80 anos, vítima de câncer no pulmão.

Foi casado com Jória Cordeiro Fiquene, com quem viveu 21 anos e teve 5 filhos, na década de 70, separado, casa-se com Zenira Massoli Fiquene, com quem teve três filhas, Débora, Fabíola e Priscila.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Carlos Amorim
Prefeito de Imperatriz
1983 — 1988
Sucedido por
Davi Silva
Precedido por
Edison Lobão
Governador do Maranhão
1994 — 1995
Sucedido por
Roseana Sarney