Esmeraldino Olímpio Torres Bandeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esmeraldino Olímpio Torres Bandeira
Nascimento 27 de fevereiro de 1865
Recife
Morte 1928 (63 anos)
Cidadania Brasil
Alma mater Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco
Ocupação político, advogado, professor universitário
Empregador Universidade Federal do Rio de Janeiro

Esmeraldino Olímpio Torres Bandeira (Recife, 27 de fevereiro de 1865Rio de Janeiro, 1928) foi um professor e político brasileiro.[1]

Matriculou-se na Faculdade de Direito do Recife em 1885, e em 1889 recebeu o grau de bacharel em ciências jurídicas e sociais. Republicano histórico, logo ao formar-se foi oficial maior da Secretaria do Governo do Estado de Pernambuco; deputado estadual de 1893 a 1895; procurador-geral da República no governo de Prudente de Morais;[2] prefeito do Recife de 1898 a 1902;[3] deputado federal em várias legislaturas; e ministro da Justiça do governo Nilo Peçanha.[1]

Foi professor de direito criminal da Faculdade de Direito do Rio de Janeiro.[2]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Estudos de Política Criminal. Typographia Leuzinger. Rio de Janeiro. 1912.
  • Curso de Direito Penal Militar. Livraria Francisco Alves. Rio de Janeiro. 1915.
  • Direito, Justiça e Processo Militar. 1º e 2º, Vol. Livraria Francisco Alves. Rio de Janeiro. 1919.
  • Prefácio de SIQUEIRA, Galdino. Direito Penal brasileiro. 2ª ed. corr. e aum. Rio de Janeiro: Jacinto, 1932.
  • Tratado de Direito Penal Militar Brazileiro. Vol. 1. Jacintho Ribeiro dos Santos Editor. Rio de Janeiro. 1925.


Precedido por
Augusto Tavares de Lira
Ministro da Justiça
e
Negócios Interiores do Brasil

1909 — 1910
Sucedido por
Rivadávia da Cunha Correia


Referências

  1. a b «CPDOC - Verbetes - Primeira República» (PDF). Fundação Getúlio Vargas. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  2. a b «Esmeraldino Olímpio de Torres Bandeira». mapa.arquivonacional.gov.br. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  3. «Secretaria de Gestão Estratégica e Relações Internacionais». Prefeitura Municipal do Recife. Consultado em 27 de outubro de 2020