Luís Mendes de Morais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Luís Mendes de Moraes
Dados pessoais
Nascimento 1850
São Paulo São Paulo
Morte 1914 (64 anos)
Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Vida militar
País  Brasil
Força Exército
Hierarquia Insígnia de General de Divisão.gif
General de divisão
Comandos
Atentado contra a vida do Presidente Prudente de Moraes em 5 de novembro de 1897, no Arsenal de Guerra. No detalhe, o então Coronel Mendes de Morais, chefe da Casa Militar, ferido na ocasião do atentado.

O general-de-divisão Luís Mendes de Moraes (São Paulo, 1850Rio de Janeiro, 1914) foi um militar brasileiro.

Comandou a 1ª Região Militar, no Rio de Janeiro, de 17 de novembro de 1906 até 21 de janeiro de 1909.[1]

Foi ministro da Guerra, de 27 de maio a 14 de junho de 1909, na presidência de Afonso Pena, permanecendo no cargo até 18 de junho de 1909, na presidência de Nilo Peçanha.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Hermes Rodrigues da Fonseca
1rm.png
5º Comandante da 1ª RM

1906 — 1909
Sucedido por
José Caetano de Faria
Precedido por
Hermes da Fonseca
Coat of arms of the Brazilian Army.svg
15º Ministro da Guerra (República)

1908 — 1909
Sucedido por
Carlos Eugênio de Andrade Guimarães


  1. «Comandantes da 1ª Região Militar». Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  2. «Comandantes do Exército Brasileiro». Consultado em 20 de fevereiro de 2021