João Tomás de Cantuária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Tomás de Cantuária
Dados pessoais
Nascimento 24 de setembro de 1835 Rio Grande do SulPorto Alegre
Morte 20 de março de 1908 (72 anos) Rio de JaneiroRio de Janeiro
Vida militar
Força Exército
Hierarquia Marechal.gif Marechal
Comandos
Batalhas Guerra do Paraguai

João Tomás de Cantuária (Porto Alegre, 24 de setembro de 1835Rio de Janeiro, 20 de março de 1908) foi um marechal brasileiro.

Assentou praça em 1854, no 1° Regimento de Artilharia.

Combateu na Guerra contra Aguirre e na Guerra do Paraguai, participando da Retirada da Laguna.

Com a Proclamação da República, foi nomeado marechal em 1900. Foi comandante da Escola Militar do Rio de Janeiro e diretor do arsenal de guerra.

Foi Ministro da Guerra de 6 de novembro de 1897 a 15 de novembro de 1898, durante o governo Prudente de Morais, substituindo Carlos Machado de Bittencourt, que fora assassinado.

Foi, ainda, Chefe do Estado-Maior do Exército e ministro do Superior Tribunal Militar, de 3 de outubro de 1898 até seu falecimento em 20 de março de 1908.[1]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ministros do STM desde 1808». Consultado em 26 de novembro de 2014 


Precedido por
Carlos Machado de Bittencourt
Ministro da Guerra do Brasil
1897 — 1898
Sucedido por
João Nepomuceno de Medeiros Mallet


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.