Newton Estillac Leal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Newton Estillac Leal
Dados pessoais
Nascimento 6 de outubro de 1893 Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Morte 1 de maio de 1955 (61 anos) Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Vida militar
Força Exército
Hierarquia Insígnia de General de Divisão.gif
General de divisão
Comandos

Newton Estillac Leal (Rio de Janeiro, 6 de outubro de 1893 — Rio de Janeiro, 1 de maio de 1955) foi um general brasileiro.

Sentou praça em 1912, sendo promovido até chegar a general-de-divisão em 1946, possuindo os cursos de infantaria, cavalaria e estado-maior.

Tomou parte na Revolução de 1922, na Revolta Paulista de 1924 e na Revolução de 1930. Recebeu várias condecorações nacionais e estrangeiras, destacando-se a de grande oficial da Ordem do Mérito Militar. Depois dos estudos superiores, cursou a Escola Militar recebendo diploma de agrimensor.

Foi comandante da 3ª Região Militar, Inspetor Geral do Exército e presidente do Clube Militar. No período de novembro de 1946 a junho de 1949, comandou a 3ª Divisão de Infantaria, em Santa Maria.[1]

Entre 14 de novembro de 1949 e 1 de fevereiro de 1951, comandou a Zona Militar Sul, em Porto Alegre.[2]

Entre 31 de janeiro de 1951 e 26 de março de 1952 foi ministro da Guerra no governo constitucional de Getúlio Vargas.

Foi nacionalista e defendeu o monopólio estatal do petróleo.

Referências

  1. «Galeria de Comandantes da 3ª DE». Consultado em 18 de dezembro de 2014 
  2. «Galeria de Ex-Comandantes do CMS». Consultado em 12 de dezembro de 2014 


Precedido por
Canrobert Pereira da Costa
Ministro da Guerra do Brasil
1951 — 1952
Sucedido por
Ciro do Espírito Santo Cardoso


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.