Antônio Eleutério de Camargo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio Eleutério de Camargo
Ministro da Guerra do Brasil
Dados pessoais
Nascimento 1839
Porto Alegre Brasil
Morte 1891
São Paulo Brasil
Partido Partido Liberal

Antônio Eleutério de Camargo (Porto Alegre, 1839São Paulo, 1891) foi um engenheiro, militar, jornalista e político brasileiro.

Cursou a Escola Militar e a Escola Central, diplomando-se em engenharia.[1] Retornou à cidade natal como tenente do corpo de engenheiros do exército. Fascinou-se com a política, abandonando a carreira das armas.[1]

Deputado provincial no Rio Grande do Sul em várias legislaturas, membro do Partido Liberal, foi um dos autores do projeto que elevou a freguesia de Nossa Senhora da Soledade à categoria de vila, emancipando-a de Passo Fundo.[1]

Foi fundador do jornal A Reforma, em 1860, onde trabalhou por mais de 20 anos.[1] Como autor publicou Quadro estatístico e geográfico da província de São Pedro do Rio Grande do Sul em 1868 pela Tipographia Jornal do Comércio.

Foi depois Conselheiro de Estado e Ministro da Guerra em 1884.[1] Era deputado geral quando da Proclamação da República, em 1889, tendo depois disto abandonado a política, passando a ocupar-se com estudos de gabinete e trabalhos de engenharia.[1]

Em 1891 foi contratado para dirigir um banco em São Paulo, onde faleceu, relativamente pobre.[1]

Referências

  1. a b c d e f g PORTO-ALEGRE, Achylles. Homens Illustres do Rio Grande do Sul. Livraria Selbach, Porto Alegre, 1917.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Cândido Luís Maria de Oliveira
Ministro da Guerra do Brasil
1885 — 1886
Sucedido por
Alfredo Rodrigues Fernandes Chaves


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.