Giovani Cherini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Giovani Cherini
Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 2011
até a atualidade
Deputado Estadual do Rio Grande do Sul
Período 1 de janeiro de 1995
até 1 de janeiro de 2011
Dados pessoais
Nascimento 23 de junho de 1960 (59 anos)
Soledade, Rio Grande do Sul
Partido PR (2016-atualmente)
PDT (1988–2016)
Profissão Político e tecnólogo

Giovani Cherini (Soledade, 23 de junho de 1960) é um político e tecnólogo brasileiro, filiado ao Partido da República (PR).[1]

É deputado federal pelo Rio Grande do Sul desde 2011, filiado ao Partido da República. Foi deputado estadual entre 1995 a 2011. Foi eleito deputado federal em 2010 pelo Partido Democrático Trabalhista com 111.373 votos.[2]

Em maio de 2016, após contrariar a orientação do PDT e votar favoravelmente a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff, foi expulso do partido.[3] Em julho, ingressou no Partido da República.[4]

Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos.[5] Em agosto de 2017 se ausentou por motivo de saúde da votação em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.[5][6][7]

Nas eleições de 2018, foi novamente eleito deputado federal pelo Rio Grande do Sul, com 151.719 votos.[8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.