Eleições estaduais no Rio Grande do Sul em 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outras eleições, veja Eleições gerais no Brasil em 2022.
2018 Brasil 2026
Eleições estaduais no  Rio Grande do Sul em 2022
2 de outubro de 2022 (primeiro turno)
30 de outubro de 2022 (segundo turno)
Eduardo Leite no Palácio Piratini em março de 2019.jpg Onyx Lorenzoni em 2019.jpg
Candidato Eduardo Leite Onyx Lorenzoni
Partido PSDB PL
Natural de Pelotas, RS Porto Alegre, RS
Vice Gabriel Souza
(MDB)
Claúdia Jardim
(PL)
Votos 3.687.126 2.767.786
Porcentagem 57,12% 42,88%
RS 2022.svg
Candidato mais votado por município no 2º turno (497):
  Eduardo Leite (320)
  Onyx Lorenzoni (177)

Eleição para o Senado no Rio Grande do Sul em 2022
2 de outubro de 2022
Hamilton Mourão, vice-presidente do Brasil.jpg Olivio Dutra em setembro de 2004.jpg
Líder Hamilton Mourão Olívio Dutra
Partido Republicanos PT
Natural de Porto Alegre, RS Bossoroca, RS
Votos 2.593.294 2.225.458
Porcentagem 44,11% 37,85%
RS Senado 2022.svg
Candidato mais votado por município (497):
  Hamilton Mourão (304)
  Olívio Dutra (187)
  Ana Amélia (6)

Titular(es)
Lasier Martins
PODE

As eleições estaduais no Rio Grande do Sul em 2022 foram realizadas em 2 de outubro para eleger um governador, um vice-governador, um senador, 31 representantes para a Câmara dos Deputados e 55 deputados da Assembleia Legislativa, sendo um possível segundo turno a ser realizado em 30 de outubro. O processo eleitoral de 2022 está marcado pela sucessão para o cargo ocupado pelo atual governador, Ranolfo Vieira Júnior, do PSDB, vice-governador eleito em 2018 que assumiu a titularidade do cargo em 31 de março de 2022 com a renúncia de Eduardo Leite.[1] Para a eleição ao Senado Federal, está em disputa a vaga ocupada por Lasier Martins (PODE), eleito em 2014 pelo PDT.[2][3][4]

No primeiro turno da eleição, Onyx Lorenzoni (PL) foi o candidato a governador mais votado, com Eduardo Leite avançando ao segundo turno com uma diferença de apenas 2 mil votos em relação a Edegar Pretto (PT), distância muito menor que esperado nas pesquisas. No entanto, em segundo turno, Eduardo Leite derrotou Onyx Lorenzoni, se tornando o primeiro governador gaúcho a ser reeleito desde a introdução de reeleições consecutivas.[5]

Calendário eleitoral[editar | editar código-fonte]

Nota: Esta seção apresenta apenas as principais datas do calendário eleitoral de 2022, confira o site oficial do TSE e outras fontes oficiais para informações detalhadas.
Calendário eleitoral
15 de maio Início do financiamento coletivo dos pré-candidatos
20 de julho a 5 de agosto Convenções partidárias para a escolha dos candidatos e das coligações
16 de agosto a 30 de setembro Período de exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio, na televisão e na internet relativa ao primeiro turno.
2 de outubro Primeiro turno das eleições
7 a 28 de outubro Período de exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio, na televisão e na internet relativa a um eventual segundo turno.
30 de outubro Eventual segundo turno das eleições
até 19 de dezembro Diplomação dos eleitos pela Justiça Eleitoral

Contexto[editar | editar código-fonte]

A disputa ao governo do Rio Grande do Sul em 2022 possuia algumas incógnitas em relação aos candidatos à governança, mas em 13 de junho de 2022, o ex-governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou sua pré-candidatura ao Palácio Piratini. Ele havia renunciado ao cargo em março, perto do fim de seu mandato, inclinado a disputar a presidência da República. Leite havia prometido não disputar a reeleição a governador, o que foi, posteriormente desmentido com a sua pré-candidatura. O estado, também, tem uma característica de não reeleger governantes desde que foi instituída essa possibilidade, em 1998.[6][7]

No campo da esquerda política, foi definido que o deputado estadual Edegar Pretto seria o candidato a governador do Partido dos Trabalhadores (PT), partido que governou o estado em outras duas ocasiões. Pretto buscou formar coligação com outras legendas esquerdistas, porém obteve apoio apenas do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) com o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e Partido Socialista Brasileiro (PSB) tendo candidaturas próprias, o ex-deputado federal Vieira da Cunha e o ex-vice-governador Vicente Bogo respectivamente.[8]

O governador e o vice-governador eleitos nesta eleição exercerão um mandato alguns dias mais longo. Isso ocorre devido a Emenda Constitucional n° 111, que alterou a Constituição e estipulou que o mandato dos governadores dos Estados e do Distrito Federal deverá ser iniciado em 06 de janeiro após a eleição. Entretanto, os candidatos eleitos nesta eleição assumem dia 1º de janeiro de 2023 e entregam o cargo no dia 06 de janeiro de 2027.[9]

Candidatos à governança[editar | editar código-fonte]

Os seguintes políticos anunciaram a sua candidatura. Os partidos políticos tiveram até 15 de agosto de 2022 para registrar formalmente os seus candidatos.[10][11]

Candidaturas registradas[editar | editar código-fonte]

As convenções partidárias iniciaram-se no dia 20 de julho, se estendendo até 5 de agosto. Os seguintes partidos políticos já confirmaram suas candidaturas. Os partidos políticos tiveram até 15 de agosto de 2022 para registrar formalmente os seus candidatos. [12]

Nota: a tabela a seguir está organizada por ordem alfabética de candidatos.

Governador(a)
Cargo político anterior
Vice-Governador(a) Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Candidato Partido Candidato Partido
Argenta[13] PSC Deputado federal
pelo
Rio Grande do Sul
(1999–2003)
Nivea Rosa[14] Solidariedade Frente Humanista Cristã
PSC, Solidariedade e Agir
20 30s
Carlos Messala[15] PCB Sem
cargo
político
anterior
Edson Canabarro[15] PCB Sem
coligação
21 Sem tempo
de
rádio e TV
Edegar Pretto[16]   PT Deputado estadual
do
Rio Grande do Sul
(2011–atualmente)
Pedro Ruas[17]   PSOL Frente da Esperança
FE Brasil e Fed. PSOL REDE
13 1m31s
Eduardo Leite[18]   PSDB Governador
do
Rio Grande do Sul
(2019–2022)
Gabriel Souza[19]   MDB Um Só Rio Grande
Federação Sempre pra Frente,
MDB, UNIÃO, PSD e PODE
[20]
45 3m45s
Luis Carlos Heinze[21] PP Senador
pelo
Rio Grande do Sul
(2019–atualmente)
Tanise Sabino[22] PTB Trabalho e progresso
PP, PTB e PRTB
11 58s
Onyx Lorenzoni[23] PL Deputado federal
pelo
Rio Grande do Sul
(2003–atualmente)
Cláudia Jardim[24] PL Para defender e transformar o Rio Grande
PL, Republicanos, PROS e Patriota
22 1m32s
Rejane Oliveira[25]   PSTU Sem
cargo
político
anterior
Vera Rosane de Oliveira[26]   PSTU Sem
coligação
16 Sem tempo
de
rádio e TV
Ricardo Jobim[27] NOVO Sem
cargo
político
anterior
Rafael Dresch[28] NOVO Sem
coligação
30 16s
Vicente Bogo[29] PSB Vice-Governador
do
Rio Grande do Sul
(1995–1999)
Josiane Paz[30] PSB Sem
coligação
40 41s
Vieira da Cunha[31] PDT Deputado federal
pelo
Rio Grande do Sul
(2007–2014)
Regina Costa dos Santos[32] PDT PDT Avante
PDT e Avante
12 45s

Indeferido[editar | editar código-fonte]

Governador(a)
Cargo político anterior
Vice-Governador(a) Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Candidato Partido Candidato Partido
Cesar Augusto[33][34] PCO Sem
cargo
político
anterior
Mário Zettermann[35] PCO Sem
coligação
29 Sem tempo
de
rádio e TV

Desistências[editar | editar código-fonte]

Candidatos ao Senado Federal[editar | editar código-fonte]

Os seguintes políticos já anunciaram a sua candidatura ou possivelmente candidatar-se-ão. Os partidos políticos têm até 15 de agosto de 2022 para registrar formalmente os seus candidatos.[10][11]

Candidaturas registradas[editar | editar código-fonte]

As convenções partidárias iniciaram-se no dia 20 de julho, se estendendo até 5 de agosto. Os seguintes partidos políticos já confirmaram suas candidaturas. Os partidos políticos tiveram até 15 de agosto de 2022 para registrar formalmente os seus candidatos. [12]

Nota: a tabela a seguir está organizada por ordem alfabética de candidatos.

Senador Cargo político anterior Suplentes Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Candidato Partido Candidato Partido
Ana Amélia Lemos[41] PSD Senadora
pelo
Rio Grande do Sul
(2011–2019)
1° suplente:
Paulo Telles[42]
  UNIÃO Um Só Rio Grande
Federação Sempre pra Frente,
MDB, UNIÃO, PSD e PODE
555 1m54s
2° suplente:
Ana Oliveira[42]
  MDB
Fabiana Sanguiné[43]   PSTU Sem
cargo
político
anterior
1° suplente:
João Augusto
PSTU Sem
coligação
160 Sem tempo
de
rádio e TV
2° suplente:
Regis Ethur
Hamilton Mourão[44] Republicanos Vice-presidente
do
Brasil
(2019–atualidade)
1° suplente:
Liziane Bayer
  Republicanos Para defender e transformar o Rio Grande
PL, Republicanos, PROS e Patriota
100[45] 47s
2° suplente:
Coronel Andreuzza
Maristela Zanotto[46] PSC Sem
cargo
político
anterior
1ª suplente:
Eliane Dalacosta
PSC Frente Humanista Cristã
(PSC, Solidariedade e Agir)
200 15 s
2ª suplente:
Rozeli Gari do Renascer
Solidariedade
Olívio Dutra[47][48]   PT Governador
do
Rio Grande do Sul
(1999–2003)
1° suplente:
Roberto Robaina
  PSOL Frente da Esperança
FE Brasil (PT, PCdoB e PV),
Fed. PSOL REDE
131 48s
2° suplente:
Fátima Beatriz
  PT
Paulo Rosa[49] DC Sem
cargo
político
anterior
1° suplente:
Carlos Cardoso
DC Sem
coligação
270 Sem tempo
de
rádio e TV
2° suplente:
Carlos Renato Souza Severo
Professor Nado[50] Avante Sem
cargo
político
anterior
1° suplente:
Vellinho Pinto
PDT PDT Avante
PDT e Avante
700 23s
2ª suplente:
Dileusa Alves
Avante
Sanny Figueiredo[51] PSB Sem
cargo
político
anterior
1° suplente:
Renato de Oliveira
PSB Sem
coligação
400 21 s
2° suplente:
Fabiane Peglow

Indeferido[editar | editar código-fonte]

Senador Cargo político anterior Suplentes Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Candidato Partido Candidato Partido
Francisco Settineri[52] PCO Sem
cargo
político
anterior
1º suplente:
Ulisses Lima
PCO Sem
coligação
290 Sem tempo
de
rádio e TV
2º suplente:
Luciano Nunes

Desistências[editar | editar código-fonte]

Debates[editar | editar código-fonte]

Para governador[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Data Organizadores Mediador Leite
(PSDB)
Lorenzoni
(PL)
Pretto
(PT)
Heinze
(PP)
Argenta
(PSC)
Vieira
(PDT)
Jobim
(NOVO)
Bogo
(PSB)
07/08, 21h[59] Band RS, BandNews FM e Rádio Bandeirantes Ozíris Martins Presente Presente Presente Presente Presente Presente Presente Presente
09/09, 22h[60] TV Pampa Paulo Sérgio Pinto Ausente Ausente Presente Presente Presente Presente Presente Presente
17/09, 18h30[61] SBT RS Presente Presente Presente Presente Presente Presente Presente Presente
27/09, 22h30[62][63] RBS TV e G1 Elói Zorzetto Presente Presente Presente Presente Presente Presente Presente Presente

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Data Organizadores Mediador Leite
(PSDB)
Lorenzoni
(PL)
10/10, 22h[64] Band RS, BandNews FM e Rádio Bandeirantes Ozíris Martins Presente Presente
25/10, 13h10[65] AMRIGS, Rádio Guaíba e Correio do Povo Guilherme Baumhardt Presente Presente
27/10, 22h[66] RBS TV e G1 Elói Zorzetto Presente Presente

Pesquisas de opinião[editar | editar código-fonte]

Governador[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

O primeiro turno aconteceu em 2 de outubro de 2022. [67]

2022

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Leite
PSDB
Lorenzoni
PL
Pretto
PT
Heinze
PP
Argenta
PSC
Vieira
PDT
Jobim
NOVO
Rejane
PSTU
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Ipec 28–30 de setembro de 2022 1.808 36% 27% 18% 4% 2% 1% 1% 0% 2%[a] 9% 9%
AtlasIntel 28–30 de setembro de 2022 1.600 33,4% 29,2% 18,1% 4,6% 1,3% 3,1% 1,1% 0,4% 0,5%[b] 8,5% 4,2%
Real Time Big Data 28–29 de setembro de 2022 1.000 40% 28% 12% 4% 2% 2% 1% 0% [c] 8% 12%
Ipec 23–25 de setembro de 2022 1.808 38% 25% 15% 4% 1% 1% 1% [d] 12% 13%
Real Time Big Data 21–22 de setembro de 2022 1.000 36% 27% 12% 4% 2% 2% 1% 0% [e] 16% 11%
Studio Pesquisas 16–17 de setembro de 2022 1.512 27,3% 29,5% 21,6% 5,7% 3,2% 1,3% 1,4% 0,6%[f] 9,4% 2,2%
Ipec 13–15 de setembro de 2022 1.200 38% 26% 10% 4% 2% 2% 1% 1% 2%[g] 14% 12%
AtlasIntel 4–8 de setembro de 2022 1.597 27,6% 28,9% 15,3% 3% 3,6% 1% 1,7% 0,4% 0,3%[h] 17,9% 1,3%
Real Time Big Data 2–3 de setembro de 2022 1.200 31% 26% 12% 5% 2% 2% 1% 0% [i] 21% 5%
Ipec 30 de agosto–1 de setembro de 2022 1.200 38% 24% 8% 6% 2% 2% 1% 1% 2%[j] 16% 14%
Paraná Pesquisas 20–24 de agosto de 2022 1.540 31,6% 25,1% 8,9% 6,9% 1,2% 2,2% 0,6% 0,8% 2,7%[k] 20% 6,5%
Ipec 12–15 de agosto de 2022 1.008 32% 19% 7% 6% 2% 3% 1% 2% 2%[l] 26% 13%
28–29 de julho de 2022 Pedro Ruas e Beto Albuquerque desistem de suas candidaturas ao governo do Rio Grande do Sul. [68][69]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Leite
PSDB
Lorenzoni
PL
Pretto
PT
Ruas
PSOL
Heinze
PP
Beto
PSB
Argenta
PSC
Souza
MDB
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 26–27 de julho de 2022 1.500 29% 24% 9% 5% 4% 3% 1% 1% 4%[m] 20% 5%
Paraná Pesquisas 27 de junho–1 de julho de 2022 1.540 29,5% 22,1% 5,3% 2,5% 6,6% 7,6% 1,2% 2,1% 2,2%[n] 21% 7,4%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 20% 25% 11% 5% 7% 11% 2% 20% 5%
25% 8% 5% 7% 10% 1% 3% 13,6%[o] 27% 11,4%
23% 30% 2% 30%[p] 15% Empate
13 de junho de 2022 O ex-governador Eduardo Leite anuncia a sua pré-candidatura ao Palácio Piratini. [70]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Leite
PSDB
Lorenzoni
PL
Pretto
PT
Ruas
PSOL
Heinze
PP
Beto
PSB
Ranolfo
PSDB
Souza
MDB
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 23–24 de maio de 2022 1.500 23% 7% 6% 6% 6% 7% 2% 4%[q] 39% 16%
23% 20% 6% 4% 4% 5% 1% 3%[r] 34% 3%
27% 8% 7% 6% 2% 5%[s] 45% 19%
Paraná Pesquisas 15–20 de maio de 2022 1.540 21,9% 4,3% 4,9% 7,8% 12,3% 5,9% 1,6% 7,1%[t] 34,3% 9,6%
27,3% 19,2% 4% 3,8% 6,9% 9,5% 1,2% 5,1%[u] 23% 8,1%
23,2% 6,2% 8,1% 14% 6,6% 1,7% 1,6%[v] 38,6% 9,2%
Real Time Big Data 15–16 de abril de 2022 1.200 20% 5% 5% 7% 6% 2% 9%[w] 46% 11%
13% 19% 5% 5% 5% 1% 8%[x] 44% 6%
25% 16% 11% 11%[y] 37% 9%
23% 15% 11% 10%[z] 41% 8%
21% 16% 11% 42% 5%
16% 22% 12% 40% 6%
22% 16% 12% 40% 6%
21% 14% 13% 42% 7%
22% 15% 12% 41% 7%
21% 15% 13% 41% 6%
Instituto Amostra (FARSUL) 29 de março–2 de abril de 2022 1.500 18,5% 12,9% 6,2% 14,3% 4,4% 3,1% 8,4%[aa] 32,3% 4,2%
32,3% 14,5% 8,8% 5% 9,8% 2,7% 6,4%[ab] 20,6% 17,8%
24 de março de 2022 Onyx Lorenzoni sai do União Brasil e se filia ao Partido Liberal.[71]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Leite
PSDB
Lorenzoni
DEM
Pretto
PT
Ruas
PSOL
Heinze
PP
Beto
PSB
Ranolfo
PSDB
Sartori
MDB
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 13–14 de janeiro de 2022 1.000 25% 13% 4% 4% 1% 1% 1% 16% 3%[ac] 31% 9%
18% 4% 5% 2% 3% 2% 20% 4%[ad] 41% 2%
16% 6% 4% 4% 23% 4%[ae] 43% 7%
20% 4% 6% 5% 3% 2%[af] 55% 14%
20% 4% 5% 4% 4% 4% 57% 15%
22% 4% 6% 5% 6% 2%[ag] 55% 16%
Instituto Atlas 17–23 de dezembro de 2021 1.001 17,8% 18,6% 9,2% 7,8% 4,5% 38,6% 0,8%

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

O segundo turno aconteceu em 30 de outubro de 2022. [72]

Lorenzoni x Leite

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
PL
Leite
PSDB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
AtlasIntel 26–29 de outubro de 2022 1.600 41% 53% 7% 12%
Ipec 26–28 de outubro de 2022 1.808 40% 50% 10% 10%
Real Time Big Data 25–26 de outubro de 2022 1.000 45% 49% 6% 4%
Ipec 19–21 de outubro de 2022 1.200 41% 50% 8% 9%
Paraná Pesquisas 16–20 de outubro de 2022 1.540 47,5% 43,1% 9,4% 4,4%
Real Time Big Data 18–19 de outubro de 2022 1.000 45% 46% 9% 1%
AtlasIntel 10–14 de outubro de 2022 1.600 43,6% 47,3% 9,1% 3,7%
Ipec 12–14 de outubro de 2022 1.008 43% 50% 7% 7%
Real Time Big Data 11–12 de outubro de 2022 1.000 40% 39% 21% 1%
Paraná Pesquisas 4–6 de outubro de 2022 1.540 47,2% 42,3% 10,5% 4,9%
2 de outubro de 2022 2° turno entre Lorenzoni e Leite confirmado. [73]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
PL
Leite
PSDB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Ipec 28–30 de setembro de 2022 1.808 37% 52% 13% 15%
AtlasIntel 28–30 de setembro de 2022 1.600 35,5% 48,9% 15,5% 13,4%
Ipec 13–15 de setembro de 2022 1.200 35% 49% 16% 14%
Ipec 30 de agosto–1 de setembro de 2022 1.200 35% 49% 16% 14%
Paraná Pesquisas 27 de junho–1 de julho de 2022 1.540 34,9% 43,1% 22,1% 8,2%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 36% 32% 32% 4%
24 de março de 2022 Onyx Lorenzoni sai do União Brasil e se filia ao Partido Liberal.[71]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
DEM
Leite
PSDB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 13–14 de janeiro de 2022 1.000 29% 35% 36% 6%
Cenários hipotéticos de segundo turno

Lorenzoni x Pretto

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
PL
Pretto
PT
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Ipec 28–30 de setembro de 2022 1.808 44% 36% 20% 8%
AtlasIntel 28–30 de setembro de 2022 1.600 42,4% 34,9% 22,7% 7,5%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 39% 24% 37% 15%

Leite x Pretto

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Leite
PSDB
Pretto
PT
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Ipec 28–30 de setembro de 2022 1.808 52% 30% 17% 22%
AtlasIntel 28–30 de setembro de 2022 1.600 46% 24,4% 29,6% 21,6%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 29% 23% 48% 6%

Demais hipóteses com Lorenzoni[editar | editar código-fonte]

Lorenzoni x Beto
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
PL
Beto
PSB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Paraná Pesquisas 27 de junho–1 de julho de 2022 1.540 35,5% 31% 33,6% 4,5%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 38% 29% 32% 9%
Lorenzoni x Manuela
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
PL
Manuela
PCdoB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 40% 30% 31% 10%
Lorenzoni x Ranolfo
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lorenzoni
DEM
Ranolfo
PSDB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 13–14 de janeiro de 2022 1.000 34% 11% 55% 23%

Demais hipóteses com Leite[editar | editar código-fonte]

Leite x Manuela
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Leite
PSDB
Manuela
PCdoB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 33% 26% 41% 7%
Leite x Beto
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Beto
PSB
Leite
PSDB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Paraná Pesquisas 27 de junho–1 de julho de 2022 1.540 28,7% 42,3% 29,1% 13,6%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 31% 30% 39% 1%

Hipóteses não envolvendo Lorenzoni nem Leite[editar | editar código-fonte]

Beto x Ranolfo
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Beto
PSB
Ranolfo
PSDB
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 13–14 de janeiro de 2022 1.000 24% 6% 70% 18%

|}

Senador[editar | editar código-fonte]

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lemos
PSD
Mourão
Republicanos
Olívio
PT
Nádia
PP
Sanny
PSB
Zanotto
PSC
Sanguiné
PSTU
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Ipec 28–30 de setembro de 2022 1.808 24% 23% 31% 1% 1% 1% 2%[ah] 14% 7%
Real Time Big Data 28–29 de setembro de 2022 1.000 27% 27% 29% 1% 0% 0% 0% 0%[ai] 15% 2%
Ipec 23–25 de setembro de 2022 1.808 24% 21% 30% 3% 1% 1% 1% 3%[aj] 17% 6%
Real Time Big Data 21–22 de setembro de 2022 1.000 25% 28% 28% 2% 0% 0% 0% 1%[ak] 16% Empate
Studio Pesquisas 16–17 de setembro de 2022 1.512 16,1% 33,3% 31,2% 5,7% 2,4%[al] 11,3% 2,1%
Ipec 13–15 de setembro de 2022 1.200 25% 19% 28% 3% 0% 2% 1% 3%[am] 20% 3%
12 de setembro de 2022 O PSB resolve lançar a candidatura de Sanny Figueiredo ao Senado Federal.[74]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lemos
PSD
Mourão
Republicanos
Olívio
PT
Nádia
PP
Ferronato
PSB
Zanotto
PSC
Sanguiné
PSTU
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
AtlasIntel 4–8 de setembro de 2022 1.597 9,5% 32,4% 31% 2,3% 0,4% 0,6% 0,2% 0,1%[an] 23,3% 1,4%
Real Time Big Data 2–3 de setembro de 2022 1.200 20% 28% 25% 3% 0% 0% 0% 1%[ao] 23% 3%
Ipec 30 de agosto–1 de setembro de 2022 1.200 25% 18% 28% 3% 1% 2% 1% 4%[ap] 18% 3%
Paraná Pesquisas 20–24 de agosto de 2022 1.540 18,6% 24,2% 25,2% 3% 0,4% 0,6% 0,6% 2,5%[aq] 25% 1%
Ipec 12–15 de agosto de 2022 1.008 23% 16% 25% 2% 1% 1% 1% 2%[ar] 28% 2%
25 de julho–3 de agosto de 2022 Olívio Dutra é anunciado como candidato ao Senado Federal pela chapa do PT. [75]
José Ivo Sartori desiste de candidatura ao Senado Federal. [76]
Lasier Martins desiste de candidatura à reeleição ao Senado Federal.[57]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Lemos
PSD
Mourão
Republicanos
Rossetto
PT
Sartori
MDB
Martins
PODE
Vicente
PSB
Nádia
PP
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 26–27 de julho de 2022 1.500 20% 24% 17% 5% 3% 8%[as] 23% 4%
Paraná Pesquisas 27 de junho–1 de julho de 2022 1.540 26,4% 23,4% 10,6% 8,7% 3,8% 4,8%[at] 22,3% 3%
25,3% 23,4% 8,9% 3,9% 11,5%[au] 22,2% 1,9%
EXAME/IDEIA 10–15 de junho de 2022 1.000 15% 19% 11% 0,1% 3% 22,1%[av] 31% 3,1%
27 de maio de 2022 Manuela d'Ávila desiste de sua candidatura ao Senado Federal. [77]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Manuela
PCdoB
Mourão
Republicanos
Lemos
PSD
Sartori
MDB
Martins
PODE
Marchezan Júnior
PSDB
Bolzan Júnior
PDT
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 23–24 de maio de 2022 1.500 22% 22% 11% 11% 6% 5% 23% Empate
20% 21% 9% 10% 6% 17%[aw] 17% 1%
Paraná Pesquisas 15–20 de maio de 2022 1.540 20,5% 22,7% 20,4% 7,5% 3,3% 2,7%[ax] 23% 2,2%
18,4% 22% 17,9% 6,6% 17,4%[ay] 17,7% 3,6%
20,1% 22,3% 19,7% 7,7% 5,1% 2,8%[az] 22,3% 2,2%
Real Time Big Data 15–16 de abril de 2022 1.200 20% 16% 12% 10% 4% 4% 4% 30% 4%
16 de março de 2022 Hamilton Mourão, Vice-presidente do Brasil, sai do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro
e decide se filiar ao Republicanos
.[78][79]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Manuela
PCdoB
Mourão
PRTB
Lemos
PP
Sartori
MDB
Martins
PODE
Pimenta
PT
Moreira
MDB
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 13–14 de janeiro de 2022 1.000 17% 14% 13% 11% 10% 4% 1% 30% 3%
17% 17% 14% 12% 6% 2% 32% Empate

Apoios no segundo turno[editar | editar código-fonte]

Lorenzoni
Partidos Progressistas[80]
Políticos Luis Carlos Heinze, senador e candidato a governador no primeiro turno[81]
Sebastião Melo, prefeito de Porto Alegre[82]
Neutralidade
Partidos Partido Socialismo e Liberdade[83]
Leite
Partidos Partido Socialista Brasileiro[84]
Partido Democrático Trabalhista[85]
Solidariedade[86]
Partido dos Trabalhadores[87]
Políticos José Fortunati, ex-prefeito de Porto Alegre[88]
Tarso Genro, ex-governador[89]
Olívio Dutra, ex-governador e candidato ao Senado[90]
Manuela d'Ávila, ex-deputada federal[91]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Mapa eleitoral do 1.º turno
RS 2022 Primeiro Turno.svg
Candidato mais votado por município no 1º turno (497):

     Onyx (300)
     Pretto (146)
     Leite (46)
     Heinze (4)
     Argenta (1)

Governo Estadual[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) Vice 1º turno
2 de outubro de 2022[92]
2º turno
30 de outubro de 2022[93]
Votação
Total % Total %
Eduardo Leite (PSDB) Gabriel Souza (MDB) 1 702 815 26,81% 3 687 126 57,12%
Onyx Lorenzoni (PL) Cláudia Jardim (PL) 2 382 026 37,50% 2 767 786 42,88%
Edegar Pretto (PT) Pedro Ruas (PSOL) 1 700 374 26,77% Não participou
Luis Carlos Heinze (PP) Tanise Sabino (PTB) 271 540 4,28%
Argenta (PSC) Nivea Rosa (Solidariedade) 126 899 2,00%
Vieira da Cunha (PDT) Regina dos Santos (PDT) 101 611 1,60%
Ricardo Jobim (NOVO) Rafael Dresch (NOVO) 38 887 0,61%
Vicente Bogo (PSB) Josiane Paz (PSB) 17 222 0,27%
Rejane de Oliveira (PSTU) Vera de Oliveira (PSTU) 6 252 0,10%
Carlos Messalla (PCB) Edson Canabarro (PCB) 4 003 0,06%
Total de votos válidos 6 351 629 92,28% 6 454 912 93,22%
Votos em branco 341 049 4,95% 202 415 2,92%
Votos nulos 190 663 2,77% 267 276 3,86%
Total 6 883 341 80,21% 6 924 603 80,69%
Abstenções 1 698 759 19,79% 1 657 497 19,31%
Eleitores aptos a votar 8 582 100 100,00% 8 582 100 100,00%

Senado[editar | editar código-fonte]

Hamilton Mourão (Republicanos) senador eleito pelo RS em 2022.
Candidato(a) Suplentes 1º turno
2 de outubro de 2022[94]
Votação
Total %
Hamilton Mourão (Republicanos) Liziane Bayer (Republicanos)
2º Coronel Andreuzza (Republicanos)
2 593 294 44,11%
Olívio Dutra (PT) 1º Roberto Robaina (PSOL)
2º Fátima Beatriz (PT)
2 225 458 37,85%
Ana Amélia Lemos (PSD) 1º Paulo Telles (UNIÃO)
2º Ana Oliveira (MDB)
966 450 16,44%
Professor Nado (Avante) 1º Vellinho Pinto (PDT)
2º Dileusa Alves (Avante)
33 923 0,58%
Sandra Figueiredo (PSB) 1º Renato de Oliveira (PSB)
2º Fabiane Peglow (PSB)
31 613 0,54%
Maristela Zanotto (PSC) 1º Eliane Dellacosta (PSC)
2º Rozeli do Renascer (Solidariedade)
17 292 0,29%
Fabiana Sanguiné (PSTU) 1º João Augusto (PSTU)
2º Regir Ethur (PSTU)
9 353 0,16%
Paulo da Rosa (DC) 1º Carlos Cardoso (DC)
2º Carlos Severo (DC)
2 077 0,04%
Total de votos válidos 5 879 460 85,42%
Votos em branco 527 127 7,65%
Votos nulos 476 754 6,93%
Total 6 883 341 80,21%
Abstenções 1 698 759 19,79%
Eleitores aptos a votar 8 582 100 100,00%

Câmara Federal[editar | editar código-fonte]

Por Partido/Federação[editar | editar código-fonte]

O ícone Marca de reeleito.svg indica os que foram reeleitos.

Partido/Federação 1º turno
2 de outubro de 2022[95]
Votação
Total % Assentos
Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV) 1 168 128 18,99%
7 / 31
Paulo Pimenta (PT) Marca de reeleito.svg
Maria do Rosário (PT) Marca de reeleito.svg
Bohn Gass (PT) Marca de reeleito.svg
Marcon (PT) Marca de reeleito.svg
Alexandre Lindenmeyer (PT)
Daiana Santos (PCdoB)
Denise Pessôa (PT)
223 109
151 050
131 881
129 352
93 768
88 107
44 241
3,63%
2,46%
2,14%
2,10%
1,52%
1,43%
0,72%
PL 680 192 11,06%
4 / 31
Giovani Cherini Marca de reeleito.svg
Sanderson Marca de reeleito.svg
Marlon Santos
Marcelo Moraes Marca de reeleito.svg
Bibo Nunes Marca de reeleito.svg ()
162 036
86 690
85 911
84 247
76 521
2,63%
1,41%
1,40%
1,37%
1,24%
MDB 586 325 9,53%
3 / 31
Alceu Moreira Marca de reeleito.svg
Osmar Terra Marca de reeleito.svg
Márcio Biolchi Marca de reeleito.svg
125 647
103 245
99 627
2,04%
1,68%
1,62%
Republicanos 549 530 8,94%
3 / 31
Tenente Coronel Zucco
Carlos Gomes Marca de reeleito.svg
Franciane Bayer
259 023
102 363
40 555
4,21%
1,66%
0,66%
Progressistas 531 612 8,64%
3 / 31
Pedro Westphalen Marca de reeleito.svg
Covatti Filho Marca de reeleito.svg
Afonso Hamm Marca de reeleito.svg
114 258
112 910
109 123
1,86%
1,84%
1,77%
Federação PSDB Cidadania 480 995 7,82%
3 / 31
Lucas Redecker (PSDB) Marca de reeleito.svg
Any Ortiz (Cidadania)
Daniel Trzeciak (PSDB) Marca de reeleito.svg
119 069
119 039
77 232
1,94%
1,94%
1,26%
PDT 321 317 5,22%
2 / 31
Pompeo de Mattos Marca de reeleito.svg
Afonso Motta Marca de reeleito.svg
100 113
70 307
1,63%
1,14%
Podemos 318 850 5,18%
1 / 31
Mauricio Marcon 140 634 2,29%
Federação PSOL REDE 303 180 4,93%
1 / 31
Fernanda Melchionna Marca de reeleito.svg 199 894 3,25%
NOVO 301 966 4,91%
1 / 31
Marcel van Hattem Marca de reeleito.svg 256 913 4,18%
PSD 295 357 4,80%
1 / 31
Danrlei Marca de reeleito.svg 97 824 1,59%
União Brasil 216 268 3,52%
1 / 31
Busato 57 610 0,94%
PSB 193 200 3,14%
1 / 31
Heitor Schuch Marca de reeleito.svg 77 616 1,26%
PTB 89 766 1,46%
0 / 31
Avante 39 776 0,65%
0 / 31
PSC 29 346 0,48%
0 / 31
Patriota 28 516 0,46%
0 / 31
Solidariedade 12 595 0,20%
0 / 31
PCB 3 661 0,06%
0 / 31
PRTB 2 656 0,04%
0 / 31
Unidade Popular 2 086 0,03%
0 / 31
PROS 1 869 0,03%
0 / 31
PSTU 1 842 0,03%
0 / 31
DC 1 187 0,02%
0 / 31
Agir 425 0,01%
0 / 31
PCO 0 0,00%
0 / 31
Total de votos válidos 6 149 822 89,50%
Votos em branco 521 905 7,58%
Votos nulos 200 791 2,92%
Total 6 883 341 80,21%
Abstenções 1 698 759 19,79%
Eleitores aptos a votar 8 582 100 100,00%

Por Coalizão Majoritária[editar | editar código-fonte]

Candidato à Presidente
(Partidos)
1º turno
2 de outubro de 2022[96]
Votação
Total % Assentos
Jair Bolsonaro
PL, Republicanos, PP
1 761 334 28,64%
10 / 31
Lula
FE Brasil, Federação PSOL REDE, PSB, Avante, SDD, PROS, Agir
1 719 173 27,95%
9 / 31
Simone Tebet
MDB, Federação PSDB Cidadania, Podemos
1 386 170 22,53%
7 / 31
Partidos neutros
PSD, PSC, Patriota, PRTB, PCO
355 875 5,78%
1 / 31
Ciro Gomes
PDT
321 317 5,22%
2 / 31
Felipe D'Avila
NOVO
301 966 4,91%
1 / 31
Soraya Thronicke
União Brasil
216 268 3,52%
1 / 31
Padre Kelmon
PTB
89 766 1,46%
0 / 31
Sofia Manzano
PCB
3 661 0,06%
0 / 31
Vera
PSTU
1 842 0,03%
0 / 31
Léo Péricles
Unidade Popular
2 086 0,03%
0 / 31
Constituinte Eymael
DC
1 187 0,02%
0 / 31

Alterações na lista de eleitos[editar | editar código-fonte]

No final de outubro de 2022, o TSE indeferiu a candidatura de Marlon Santos, que havia ficado em terceiro lugar na lista do PL após condenação do mesmo por improbidade administrativa em 2021. O deputado havia sido denunciado por um caso de "rachadinha" relativo à 2003 e 2004, quando fazia parte da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O primeiro suplente da lista do PL é Bibo Nunes[97].

Assembleia Legislativa[editar | editar código-fonte]

Por Partido/Federação[editar | editar código-fonte]

O ícone Marca de reeleito.svg indica os que foram reeleitos.

Partido/Federação
Eleitos
1º turno
2 de outubro de 2022[98]
Votação
Total % Assentos
Federação Brasil da Esperança (PT/PCdoB/PV) 1 187 425 19,32%
12 / 55
Valdeci Oliveira (PT) Marca de reeleito.svg
Pepe Vargas (PT) Marca de reeleito.svg
Adão Pretto Filho (PT)
Jeferson Fernandes (PT) Marca de reeleito.svg
Mainardi (PT) Marca de reeleito.svg
Bruna Rodrigues (PCdoB)
Leonel Radde (PT)
Zé Nunes (PT) Marca de reeleito.svg
Sofia Cavedon (PT) Marca de reeleito.svg
Stela Farias (PT) Marca de reeleito.svg
Miguel Rossetto (PT)
Laura Sito (PT)
70 580
69 949
66 457
60 280
56 859
51 865
44 300
44 035
39 039
37 957
37 790
36 705
1,15%
1,14%
1,08%
0,98%
0,93%
0,84%
0,72%
0,72%
0,64%
0,62%
0,61%
0,60%
Progressistas 693 464 11,28%
7 / 55
Silvana Covatti Marca de reeleito.svg
Ernani Polo Marca de reeleito.svg
Guilherme Pasin
Joel de Igrejinha
Frederico Antunes Marca de reeleito.svg
Marcus Vinícius
Adolfo Brito Marca de reeleito.svg
82 717
67 515
57 922
39 225
36 325
30 894
28 115
1,35%
1,10%
0,94%
0,64%
0,59%
0,50%
0,46%
MDB 629 558 10,24%
6 / 55
Costella Marca de reeleito.svg
Beto Fantinel Marca de reeleito.svg
Patrícia Alba Marca de reeleito.svg
Vilmar Zanchin Marca de reeleito.svg
Luciano Silveira
Edivilson Brum
66 971
49 771
44 871
44 367
36 770
34 358
1,09%
0,81%
0,73%
0,72%
0,60%
0,56%
Republicanos 546 106 8,88%
5 / 55
Gustavo Victorino
Sergio Peres Marca de reeleito.svg
Delegado Zucco
Eliana Bayer
Capitão Martim
112 920
74 685
59 648
35 288
29 040
1,84%
1,22%
0,97%
0,57%
0,47%
Federação PSDB Cidadania 543 632 8,84%
5 / 55
Professor Bonatto (PSDB)
Delegada Nadine (PSDB)
Neri, o Carteiro (PSDB) Marca de reeleito.svg
Pedro Pereira (PSDB) Marca de reeleito.svg
Kaká D'avila (PSDB)
48 409
40 937
32 378
31 255
26 766
0,79%
0,67%
0,53%
0,51%
0,44%
PL 522 187 8,50%
5 / 55
Rodrigo Lorenzoni Marca de reeleito.svg
Kelly Moraes Marca de reeleito.svg
Paparico Bacchi Marca de reeleito.svg
Adriana Lara
Claudio Tatsch
62 621
59 646
28 309
25 979
1,40%
1,02%
0,97%
0,46%
0,42%
PDT 472 663 7,69%
4 / 55
Eduardo Loureiro Marca de reeleito.svg
Luiz Marenco Marca de reeleito.svg
Gerson Burmann Marca de reeleito.svg
Gilmar Sossella
50 667
27 624
27 109
24 946
0,82%
0,45%
0,44%
0,41%
União Brasil 306 649 4,99%
3 / 55
Dirceu Franciscon Marca de reeleito.svg
Aloísio Classmann Marca de reeleito.svg
Dr. Thiago Marca de reeleito.svg
61 797
29 671
27 814
1,01%
0,48%
0,45%
Federação PSOL REDE 288 839 4,70%
2 / 55
Luciana Genro (PSOL) Marca de reeleito.svg
Matheus Gomes (PSOL)
111 126
82 401
1,81%
1,34%
Podemos 196 671 3,20%
2 / 55
Claudio Branchieri
Santini
33 709
28 294
0,55%
0,46%
PSD 181 035 2,95%
1 / 55
Gaúcho da Geral Marca de reeleito.svg 32 717 0,53%
PSB 161 560 2,63%
1 / 55
Elton Weber Marca de reeleito.svg 35 465 0,58%
NOVO 147 221 2,40%
1 / 55
Felipe Camozzato 39 517 0,64%
PTB 106 233 1,73%
1 / 55
Elizandro Sabino Marca de reeleito.svg 31 937 0,52%
PSC 92 323 1,50%
0 / 55
Avante 41 045 0,67%
0 / 55
Solidariedade 29 106 0,47%
0 / 55
Patriota 20 643 0,34%
0 / 55
PCB 3 833 0,06%
0 / 55
PRTB 2 439 0,03%
0 / 55
PSTU 1 883 0,03%
0 / 55
DC 611 0,01%
0 / 55
Agir 395 0,01%
0 / 55
PCO 0 0,00%
0 / 55
Total de votos válidos 6 146 823 89,72%
Votos em branco 517 974 7,53%
Votos nulos 189 473 2,75%
Total 6 883 341 80,21%
Abstenções 1 698 759 19,79%
Eleitores aptos a votar 8 582 100 100,00%

Por Coalizão Majoritária[editar | editar código-fonte]

Candidato à Governador
(Partidos)
1º turno
2 de outubro de 2022[99]
Votação
Total % Assentos
Eduardo Leite
Federação PSDB Cidadania, MDB, UNIÃO, PSD, PODE
1 857 545 30,08%
17 / 55
Edegar Pretto
Federação Brasil da Esperança, Federação PSOL REDE
1 476 264 23,91%
14 / 55
Onyx Lorenzoni
PL, Republicanos, PROS, Patriota
1 088 936 17,63%
10 / 55
Progressistas
Progressistas, PTB, PRTB
802 136 12,99%
8 / 55
Vieira da Cunha
PDT, Avante
513 708 8,32%
4 / 55
Vicente Bogo
PSB
161 560 2,63%
1 / 55
Ricardo Jobim
NOVO
147 221 2,40%
1 / 55
Roberto Argenta
PSC, Solidariedade, Agir
121 824 1,97%
0 / 55
Carlos Messala
PCB
3 833 0,06%
0 / 55
Rejane Oliveira
PSTU
1 883 0,03%
0 / 55

Resultados por Região[editar | editar código-fonte]

1º Turno[editar | editar código-fonte]

Presidente[editar | editar código-fonte]
Região Distribuição dos Votos[100]
Bolsonaro
(PL)
Lula
(PT)
Tebet
(MDB)
Ciro
(PDT)
Outros Votos válidos
Porto Alegre 1 312 902
(46,88%)
1 221 251
(43,61%)
136 800
(4,88%)
91 894
(3,28%)
37 841
(1,35%)
2 800 688
Pelotas 212 292
(36,13%)
315 695
(53,73%)
34 863
(5,93%)
18 660
(3,18%)
6 074
(1,03%)
587 584
Santa Maria 201 296
(44,58%)
209 674
(46,44%)
24 429
(5,41%)
11 434
(2,53%)
4 672
(1,03%)
451 505
Uruguaiana 111 177
(43,78%)
123 122
(48,48%)
11 536
(4,54%)
6 299
(2,48%)
1 815
(0,71%)
253 949
Ijuí 251 274
(51,15%)
206 195
(41,97%)
18 029
(3,67%)
12 194
(2,48%)
3 576
(0,73%)
491 268
Passo Fundo 430 410
(52,46%)
331 712
(40,43%)
32 085
(3,91%)
19 401
(2,36%)
6 844
(0,83%)
820 452
Caxias do Sul 467 246
(63,02%)
206 580
(27,86%)
36 424
(4,91%)
20 333
(2,74%)
10 835
(1,46%)
741 418
Santa Cruz do Sul-Lajeado 258 426
(52,64%)
192 443
(39,20%)
23 791
(4,85%)
10 730
(2,19%)
5 498
(1,12%)
490 888
Total 3 245 023
(48,89%)
2 806 672
(42,28%)
317 957
(4,79%)
190 945
(2,88%)
77 155
(1,16%)
6 637 752
Governador[editar | editar código-fonte]
Região Distribuição dos Votos[100]
Onyx
(PL)
Leite
(PSDB)
Pretto
(PT)
Heinze
(PP)
Argenta
(PSC)
Vieira
(PDT)
Jobim
(NOVO)
Bogo
(PSB)
Rejane
(PSTU)
Messalla
(PCB)
Votos válidos
Porto Alegre 970 243
(36,19%)
789 230
(29,44%)
716 670
(26,73%)
62 169
(2,32%)
62 461
(2,33%)
48 848
(1,82%)
19 211
(0,72%)
6 980
(0,26%)
3 246
(0,12%)
2 097
(0,08%)
2 681 155
Pelotas 146 210
(26,89%)
176 321
(32,43%)
202 654
(37,27%)
14 826
(2,73%)
4 778
(0,88%)
7 514
(1,38%)
2 244
(0,41%)
1 259
(0,23%)
675
(0,12%)
408
(0,08%)
543 761
Santa Maria 140 234
(32,34%)
110 369
(25,45%)
130 298
(30,05%)
27 850
(6,42%)
12 642
(2,92%)
6 057
(1,40%)
4 523
(1,04%)
1 063
(0,25%)
342
(0,08%)
237
(0,05%)
433 615
Uruguaiana 76 030
(31,05%)
60 272
(24,62%)
75 375
(30,79%)
25 477
(10,41%)
2 315
(0,95%)
3 719
(1,52%)
698
(0,29%)
631
(0,26%)
176
(0,07%)
135
(0,06%)
244 829
Ijuí 180 065
(37,97%)
94 600
(19,95%)
144 273
(30,42%)
41 141
(8,67%)
2 802
(0,59%)
8 321
(1,75%)
1 433
(0,30%)
1 238
(0,26%)
271
(0,06%)
110
(0,02%)
474 254
Passo Fundo 315 979
(40,10%)
183 317
(23,28%)
217 539
(27,63%)
45 818
(5,82%)
7 279
(0,92%)
12 418
(1,58%)
2 758
(0,35%)
1 788
(0,23%)
491
(0,06%)
264
(0,03%)
787 469
Caxias do Sul 268 262
(44,39%)
171 173
(28,33%)
107 545
(17,80%)
30 240
(5,00%)
10 448
(1,73%)
7 693
(1,27%)
5 399
(0,89%)
2 255
(0,37%)
733
(0,12%)
559
(0,09%)
604 307
Santa Cruz do Sul-Lajeado 185 185
(39,48%)
117 533
(25,06%)
106 019
(22,60%)
24 019
(5,12%)
24 174
(5,15%)
7 041
(1,50%)
2 621
(0,56%)
2 008
(0,43%)
218
(0,05%)
193
(0,04%)
469 011
Total 2 382 026
(37,50%)
1 702 815
(26,81%)
1 700 374
(26,77%)
271 540
(4,28%)
126 899
(2,00%)
101 611
(1,60%)
38 887
(0,61%)
17 222
(0,27%)
6 252
(0,10%)
4 003
(0,06%)
6 351 629
Senador[editar | editar código-fonte]
Região Distribuição dos Votos[100]
Mourão
(REP)
Dutra
(PT)
Lemos
(PSD)
Nado
(Avante)
Sandra
(PSB)
Zanotto
(PSC)
Fabiana
(PSTU)
Paulo
(DC)
Votos válidos
Porto Alegre 1 055 941
(42,38%)
991 755
(39,76%)
396 822
(15,93%)
18 899
(0,76%)
15 349
(0,62%)
7 237
(0,29%)
4 338
(0,17%)
1 069
(0,04%)
2 491 410
Pelotas 160 065
(31,25%)
246 618
(48,14%)
97 938
(19,12%)
2 196
(0,43%)
3 013
(0,59%)
1 157
(0,23%)
1 087
(0,21%)
191
(0,04%)
512 265
Santa Maria 166 177
(41,16%)
171 461
(42,47%)
59 334
(14,70%)
1 691
(0,42%)
1 684
(0,42%)
2 665
(0,66%)
585
(0,14%)
93
(0,00%)
403 690
Uruguaiana 91 267
(40,04%)
99 363
(43,60%)
34 064
(14,95%)
1 352
(0,59%)
1 024
(0,45%)
509
(0,22%)
259
(0,11%)
79
(0,03%)
227 917
Ijuí 201 446
(45,78%)
173 766
(39,49%)
60 195
(13,68%)
2 251
(0,51%)
1 180
(0,27%)
531
(0,12%)
481
(0,11%)
195
(0,04%)
440 045
Passo Fundo 339 320
(46,65%)
259 233
(35,64%)
121 104
(16,65%)
3 030
(0,42%)
2 379
(0,33%)
1 369
(0,19%)
780
(0,11%)
131
(0,02%)
727 346
Caxias do Sul 380 101
(58,83%)
144 023
(22,29%)
110 919
(17,17%)
3 089
(0,48%)
4 151
(0,64%)
2 257
(0,35%)
1 303
(0,20%)
232
(0,04%)
646 075
Santa Cruz do Sul-Lajeado 198 977
(46,20%)
139 239
(32,33%)
86 074
(19,98%)
1 415
(0,33%)
2 833
(0,66%)
1 567
(0,36%)
520
(0,12%)
87
(0,02%)
430 712
Total 2 593 294
(44,11%)
2 225 458
(37,85%)
966 450
(16,44%)
33 923
(0,58%)
31 613
(0,54%)
17 292
(0,29%)
9 353
(0,16%)
2 077
(0,04%)
5 879 460
Deputado Federal[editar | editar código-fonte]
Região Distribuição dos Votos[101]
Fed. PT PL MDB REP PP Fed. PSDB PDT PODE Fed. PSOL Outros Votos válidos
Porto Alegre 490 495
(18,99%)
204 976
(7,94%)
227 631
(8,81%)
286 451
(11,09%)
115 366
(4,47%)
237 356
(9,19%)
116 583
(4,51%)
121 612
(4,71%)
209 902
(8,13%)
572 729
(22,17%)
2 583 101
Pelotas 147 975
(27,21%)
39 680
(7,30%)
41 816
(7,69%)
28 698
(5,28%)
57 180
(10,52%)
76 971
(14,16%)
16 653
(3,06%)
12 037
(2,21%)
36 450
(6,70%)
86 301
(15,87%)
543 761
Santa Maria 98 297
(23,40%)
79 797
(19,00%)
27 550
(6,56%)
40 773
(9,71%)
41 133
(9,79%)
15 243
(3,63%)
30 667
(7,30%)
16 025
(3,82%)
14 657
(3,49%)
55 856
(13,30%)
419 998
Uruguaiana 49 711
(21,58%)
33 837
(14,69%)
6 880
(2,99%)
29 541
(12,82%)
16 741
(7,27%)
5 937
(2,58%)
36 480
(15,84%)
11 349
(4,93%)
7 264
(3,15%)
32 603
(14,15%)
230 343
Ijuí 94 538
(20,29%)
50 259
(10,79%)
90 722
(19,47%)
31 444
(6,75%)
68 929
(14,80%)
13 101
(2,81%)
47 675
(10,23%)
12 696
(2,73%)
4 632
(0,99%)
51 869
(11,13%)
465 865
Passo Fundo 137 474
(17,73%)
107 361
(13,85%)
83 472
(10,77%)
46 676
(6,02%)
122 199
(15,76%)
50 088
(6,46%)
33 644
(4,34%)
33 342
(4,30%)
10 017
(1,29%)
150 985
(19,48%)
775 258
Caxias do Sul 92 441
(13,66%)
56 706
(8,38%)
61 110
(9,03%)
63 412
(9,37%)
62 923
(9,30%)
53 616
(7,92%)
22 564
(3,33%)
92 364
(13,64%)
11 917
(1,76%)
159 891
(23,62%)
676 944
Santa Cruz do Sul-Lajeado 57 197
(12,58%)
107 576
(23,67%)
47 144
(10,37%)
22 535
(4,96%)
37 814
(8,32%)
28 683
(6,31%)
17 051
(3,75%)
19 425
(4,27%)
8 341
(1,84%)
108 776
(23,93%)
454 542
Total 1 168 128
(18,99%)
680 192
(11,06%)
586 325
(9,53%)
549 530
(8,94%)
522 285
(8,49%)
480 995
(7,82%)
321 317
(5,22%)
318 850
(5,18%)
303 180
(4,93%)
1 219 010
(19,82%)
6 149 812
Deputado Estadual[editar | editar código-fonte]
Região Distribuição dos Votos[101]
Fed. PT PP MDB REP Fed. PSDB PL PDT UB Fed. PSOL Outros Votos válidos
Porto Alegre 466 872
(18,14%)
207 191
(8,05%)
212 960
(8,27%)
316 308
(12,29%)
264 074
(10,26%)
154 064
(5,99%)
180 129
(7,00%)
142 529
(5,54%)
208 767
(8,11%)
421 125
(16,36%)
2 574 019
Pelotas 158 130
(29,22%)
33 487
(6,19%)
34 622
(6,21%)
26 323
(4,86%)
84 277
(15,57%)
44 609
(8,24%)
37 855
(7,00%)
36 342
(6,72%)
30 381
(5,61%)
55 144
(10,19%)
541 170
Santa Maria 99 494
(23,64%)
53 460
(12,70%)
46 511
(11,05%)
19 892
(4,73%)
26 474
(6,29%)
38 396
(9,12%)
27 638
(6,57%)
10 202
(2,42%)
15 633
(3,71%)
83 151
(19,76%)
420 851
Uruguaiana 51 925
(21,73%)
52 413
(21,93%)
10 421
(4,36%)
22 199
(9,29%)
7 088
(2,97%)
17 409
(7,29%)
40 471
(16,93%)
2 758
(1,15%)
4 884
(2,04%)
29 420
(12,31%)
238 988
Ijuí 96 740
(20,68%)
83 294
(17,81%)
62 970
(13,46%)
30 270
(6,47%)
31 323
(6,70%)
44 050
(9,42%)
48 720
(10,42%)
24 893
(5,32%)
3 634
(0,78%)
41 865
(8,95%)
467 759
Passo Fundo 147 535
(19,12%)
95 165
(12,33%)
134 037
(17,37%)
43 629
(5,66%)
48 358
(6,27%)
94 274
(12,22%)
47 887
(6,21%)
44 690
(5,79%)
8 887
(1,15%)
107 042
(13,87%)
771 504
Caxias do Sul 101 761
(15,03%)
100 550
(14,85%)
67 279
(9,94%)
59 280
(8,76%)
60 331
(8,91%)
53 003
(7,83%)
46 980
(6,94%)
29 785
(4,40%)
10 295
(1,52%)
147 825
(21,83%)
677 089
Santa Cruz do Sul-Lajeado 64 968
(14,21%)
67 904
(14,91%)
60 758
(13,34%)
28 205
(6,19%)
21 707
(4,77%)
74 028
(16,25%)
38 043
(8,35%)
14 207
(3,12%)
6 358
(1,40%)
79 265
(17,40%)
455 443
Total 1 187 425
(19,32%)
693 464
(11,28%)
629 558
(10,24%)
546 106
(8,88%)
543 632
(8,84%)
519 833
(8,50%)
467 723
(7,69%)
305 406
(4,99%)
288 839
(4,70%)
964 837
(15,70%)
6 146 823

2º Turno[editar | editar código-fonte]


Notas

  1. Vicente Bogo (PSB) e Carlos Messala (PCB) com 1% cada.
  2. Vicente Bogo (PSB) com 0,3%; Carlos Messala (PCB) com 0,2%.
  3. Outros candidatos não pontuaram na pesquisa.
  4. Outros candidatos não pontuaram na pesquisa.
  5. Outros candidatos não pontuaram na pesquisa.
  6. Outros candidatos, incluindo Rejane Oliveira (PSTU), atingiram 0,6% na pesquisa.
  7. Vicente Bogo (PSB) e Carlos Messala (PCB) com 1% cada.
  8. Carlos Messala (PCB) com 0,2%; Vicente Bogo (PSB) com 0,1%; Paulo Roberto (PCO) teve a candidatura impugnada depois do registro da pesquisa, não havia pontuado na pesquisa.
  9. Vicente Bogo (PSB) e Carlos Messala (PCB) não pontuaram na pesquisa; Paulo Roberto (PCO) teve a candidatura impugnada depois do registro da pesquisa, não havia pontuado na pesquisa.
  10. Vicente Bogo (PSB) com 1%; Carlos Messala (PCB) com 0%; Paulo Roberto (PCO) teve a candidatura impugnada depois do registro da pesquisa, na pesquisa estava com 1%.
  11. Vicente Bogo (PSB) com 1,1%, Carlos Mesalla (PCB) com 0,8% e Paulo Roberto (PCO) com 0,8%
  12. Vicente Bogo (PSB) com 1% e Paulo Roberto (PCO) com 0%
  13. Vieira da Cunha (PDT) com 2%, Ricardo Jobim (NOVO) com 1% e Rejane Oliveira (PSTU) com 1%
  14. Vieira da Cunha (PDT) com 2,2%
  15. Ranolfo Vieira Júnior (PSDB) com 10%; Vieira da Cunha (PDT) com 3%; Ricardo Jobim (NOVO) com 0,4% e Marco Della Nina (Patriota) com 0,2%
  16. Manuela d'Ávila (PCdoB) com 24% e Vieira da Cunha (PDT) com 6%
  17. Vieira da Cunha (PDT) com 3% e Roberto Argenta PSC) com 1%
  18. Vieira da Cunha (PDT) com 2% e Roberto Argenta (PSC) com 1%
  19. Vieira da Cunha (PDT) com 3% e Roberto Argenta (PSC) com 2%
  20. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 4,7%; Roberto Argenta (PSC) com 1,4% e Ricardo Jobim (NOVO) com 1%
  21. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 3,3%; Roberto Argenta (PSC) com 1% e Ricardo Jobim (NOVO) com 0,8%
  22. Roberto Argenta (PSC) com 1,6%
  23. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 7% e Roberto Argenta (PSC) com 2%
  24. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 6% e Roberto Argenta (PSC) com 2%
  25. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 11% - se Ciro Gomes (PDT) apoiar a candidatura dele.
  26. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 10% - se Ciro Gomes (PDT) apoiar a candidatura dele.
  27. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 8,4%
  28. Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 6,4%
  29. Gabriel Souza (MDB) com 2% e Roberto Argenta (Sem partido) com 1%
  30. Gabriel Souza (MDB) com 2% e Roberto Argenta (Sem partido) com 2%
  31. Roberto Argenta (Sem partido) com 4%
  32. Gabriel Souza (MDB) com 2%
  33. Gabriel Souza (MDB) com 2%
  34. Professor Nado (Avante) e Paulo Rosa (DC) com 1% cada.
  35. Professor Nado (Avante) com 1%; Paulo Rosa (DC) não pontuou na pesquisa.
  36. Professor Nado (Avante) com 2%; Paulo Rosa (DC) com 1%.
  37. Professor Nado (Avante) com 1%; Paulo Rosa (DC) não pontuou na pesquisa.
  38. Outros candidatos, incluindo Maristela Zanotto (PSC), Sanny Figueiredo (PSB) e Fabiana Sanguiné (PSTU) atingiram 2,4% na pesquisa.
  39. Paulo Rosa (DC) com 2%; Professor Nado (Avante) com 1%.
  40. Professor Nado (Avante) com 0,1%; Paulo Rosa (DC) não pontuou na pesquisa.
  41. Professor Nado (Avante) com 1%; Paulo Rosa (DC) não pontuou na pesquisa.
  42. Paulo Rosa (DC) e Professor Nado (Avante) com 2% cada.
  43. Professor Nado (Avante) com 1,6%; Paulo Rosa (DC).
  44. Paulo Roberto da Rosa (DC) com 1%; Professor Nado (Avante) com 1%; Francisco Frankie Setteneri (PCO) não pontuou.
  45. Nelson Marchezan Júnior (PSDB) com 7% e Roberto Robaina (PSOL) com 1%
  46. Nelson Marchezan Júnior (PSDB) com 4,8%
  47. Beto Albuquerque (PSB) com 11,5%
  48. Manuela d'Ávila (PCdoB) com 17%, Romildo Bolzan Júnior (PDT) com 5% e Nelson Marchezan Júnior (PSDB) com 0,1%
  49. Eduardo Leite (PSDB) com 17%
  50. Comandante Nádia (PP) com 2,7%
  51. Eduardo Leite (PSDB) com 14,9% e Comandante Nádia (PP) com 2,5%
  52. Comandante Nádia (PP) com 2,8%

Referências

  1. «Em 2022, 16 dos 27 governadores buscam reeleição; 7 estão indecisos». Metrópoles. 1 de janeiro de 2022. Consultado em 19 de janeiro de 2022 
  2. «Em disputa acirrada, Lasier Martins (PDT) é eleito senador pelo RS». G1. 5 de outubro de 2014. Consultado em 3 de março de 2022 
  3. «Eleições 2022 no Rio Grande do Sul». G1. Consultado em 16 de maio de 2022 
  4. «Conheça os possíveis candidatos a governador do Rio Grande do Sul em 2022». JOTA Info. 6 de abril de 2022. Consultado em 16 de maio de 2022 
  5. «Leite faz quase 2 milhões de votos a mais no 2º turno em virada contra Onyx». G1. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  6. a b «Ex-governador Eduardo Leite anuncia pré-candidatura ao governo do RS». G1. Consultado em 14 de junho de 2022 
  7. Povo, Correio do. «Confira como fica disputa ao governo do RS com pré-candidatura de Leite». Correio do Povo. Consultado em 14 de junho de 2022 
  8. «Sem acordo com PT, PSB do Rio Grande do Sul insiste em candidatura própria». Valor Econômico. Consultado em 5 de novembro de 2022 
  9. «Promulgada emenda constitucional da reforma eleitoral». Senado Federal. Consultado em 20 de agosto de 2022 
  10. a b «Eleições 2022: os pré-candidatos ao governo do Rio Grande do Sul». G1. Consultado em 1 de maio de 2022 
  11. a b «Rio Grande do Sul: veja quem são os pré-candidatos ao governo e ao Senado». CNN Brasil. Consultado em 2 de maio de 2022 
  12. a b «Calendário eleitoral: convenções partidárias podem ser realizadas a partir de quarta-feira (20)». Tribunal Superior Eleitoral. 18 de julho de 2022. Consultado em 24 de julho de 2022 
  13. «Saiba quem é Roberto Argenta, candidato ao governo de RS pelo PSC». Gazeta do Povo. Consultado em 24 de julho de 2022 
  14. Povo, Correio do. «Solidariedade anuncia Nivea Rosa como vice de Roberto Argenta na disputa ao Piratini». Correio do Povo. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  15. a b «PCB lança oficialmente Carlos Messala como candidato ao governo do RS». Eleições 2022 no Rio Grande do Sul - G1. 30 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  16. «PT lança oficialmente Edegar Pretto como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  17. Araújo, Lívia (30 de julho de 2022). «Pedro Ruas será vice de Edegar Pretto na corrida ao Piratini». Jornal do Comércio. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  18. «PSDB oficializa candidatura de Eduardo Leite a governador do RS». noticias.uol.com.br. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  19. Bemfica, Flavia. «Gabriel Souza será o vice de Eduardo Leite». Correio do Povo. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  20. Povo, Correio do. «PSD confirma Ana Amélia Lemos na disputa ao Senado». Correio do Povo. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  21. «PP lança oficialmente Luis Carlos Heinze como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 31 de julho de 2022 
  22. Comércio, Jornal do (18 de julho de 2022). «Tanise Sabino será candidata a vice-governadora do Rio Grande do Sul na chapa de Heinze». Jornal do Comércio. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  23. «PL lança Onyx Lorenzoni como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 24 de julho de 2022 
  24. «Onyx Lorenzoni anuncia Cláudia Jardim como vice no RS». Poder360. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  25. «PSTU oficializa candidatura de Rejane de Oliveira ao governo do RS». GZH. 30 de julho de 2022. Consultado em 4 de agosto de 2022 
  26. «Poder 360 | VERA ROSANE DE OLIVEIRA». eleicoes.poder360.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  27. «NOVO lança oficialmente Ricardo Jobim como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 24 de julho de 2022 
  28. «Partido Novo confirma Rafael Dresch como candidato a vice-governador em chapa com Ricardo Jobim». GAZ - Notícias de Santa Cruz do Sul e Região. 7 de julho de 2022. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  29. «PSB lança oficialmente Vicente Bogo como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  30. Baptista, Guilherme (1 de agosto de 2022). «Montenegrina Josi Paz será candidata a vice-governadora pelo PSB». Fato Novo. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  31. «PDT lança oficialmente Vieira da Cunha como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  32. «Eleições 2022 | PROFESSORA REGINA - VICE-GOVERNADOR 12 - Estadão». Estadão. Consultado em 21 de agosto de 2022 
  33. «Registro de candidatura de Cesar Augusto no Divulgacand 2022». Consultado em 18 de setembro de 2022 
  34. «PCO tenta trocar candidato ao governo do RS, mas chapa pode ser indeferida». Consultado em 9 de setembro de 2022 
  35. «Registro de candidatura de Mário Zettermann no Divulgacand 2022». Consultado em 31 de agosto de 2022 
  36. «"Eu quero ser governador, mas abriria mão em nome do projeto", diz Ranolfo Vieira Júnior sobre candidatura; ouça podcast». GZH. 1 de junho de 2022. Consultado em 14 de junho de 2022 
  37. «Deputado Alceu Moreira desiste de disputar governo do Rio Grande do Sul [23/03/2022]». noticias.uol.com.br. Consultado em 14 de junho de 2022 
  38. «Romildo Bolzan desiste de ser candidato ao governo do Estado». GAZ - Notícias de Santa Cruz do Sul e Região. 12 de maio de 2022. Consultado em 14 de junho de 2022 
  39. «Beto Albuquerque desiste de disputa pelo governo do RS, mas diz que não apoiará candidato do PT». O Globo. Consultado em 28 de julho de 2022 
  40. «PT e PSOL fecham aliança e Pedro Ruas será vice de Edegar Pretto». 29 de julho de 2022. Consultado em 29 de julho de 2022 
  41. «PSDB lança oficialmente Eduardo Leite como candidato ao governo do RS». G1. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  42. a b «Ata de Convenção Estadual do Partido/Federação 15-MDB». 5 de agosto de 2022. Consultado em 9 de agosto de 2022 
  43. «PSTU oficializa candidatura de Rejane de Oliveira ao governo do RS». GZH. 30 de julho de 2022. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  44. «Republicanos oficializa candidatura do vice-presidente Hamilton Mourão ao Senado pelo RS». G1. Consultado em 25 de julho de 2022 
  45. «Ata 23/07/2022 - Republicanos». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 23 de julho de 2022. Consultado em 26 de julho de 2022 
  46. =«DivulgaCand - Maristela Zanotto». DivulgaCand. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  47. «Ata de Convenção Estadual do Partido/Federação Federação Brasil da Esperança - FE BRASIL». 5 de agosto de 2022. Consultado em 9 de agosto de 2022 
  48. «Ata de Convenção Estadual do Partido/Federação Federação Brasil da Esperança - FE BRASIL». 30 de julho de 2022. Consultado em 9 de agosto de 2022 
  49. «Registro de candidatura de Paulo Rosa no Divulgacand 2022». Divulgacand. Consultado em 16 de agosto de 2022 
  50. «DivulgaCand - Professor Nado». DivulgaCand. Consultado em 12 de agosto de 2022 
  51. «Registro de Candidatura de Sanny Figueiredo no Divulgacand 2022». Consultado em 9 de setembro de 2022 
  52. «Registro de candidatura de Francisco Settineri no Divulgacand 2022». Consultado em 31 de agosto de 2022 
  53. «Manuela D'Ávila informa ao PT que desistiu de ser candidata ao Senado». www.uol.com.br. Consultado em 14 de junho de 2022 
  54. «PSDB faz apelo a Marchezan para que seja candidato na eleição deste ano». GZH. 11 de janeiro de 2022. Consultado em 14 de junho de 2022 
  55. «Candidatura de José Ivo Sartori ao Senado está descartada». GZH. 29 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  56. «PT e PSOL fecham acordo inédito e vão disputar juntos o governo do Rio Grande do Sul». Brasil de Fato. Consultado em 30 de julho de 2022 
  57. a b «Senador Lasier Martins anuncia desistência de candidatura a reeleição no RS». G1. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  58. «Airto Ferronato, do PSB, desiste de candidatura ao Senado pelo RS». G1. Consultado em 5 de setembro de 2022 
  59. Medeiros, Luciane (7 de agosto de 2022). «Candidatos ao governo do RS participam do primeiro debate na TV neste domingo». Jornal do Comércio. Consultado em 27 de setembro de 2022 
  60. «Sem Onyx e Leite, seis candidatos ao governo do RS participam de debate na TV Pampa | GZH». gauchazh.clicrbs.com.br. Consultado em 27 de setembro de 2022 
  61. «Educação é tema central do debate entre os candidatos a governador do RS no SBT | GZH». gauchazh.clicrbs.com.br. Consultado em 27 de setembro de 2022 
  62. «Reportagem: Mauricio Stycer - Globo define datas de debates presidenciais: já são 7 os eventos agendados». noticias.uol.com.br. Consultado em 4 de agosto de 2022 
  63. https://observatoriodatv.uol.com.br/noticias/tv-globo-realiza-debate-dos-governadores-na-proxima-terca-feira
  64. «https://twitter.com/bandrs/status/1579574220778262529». Twitter. Band RS. Consultado em 1 de novembro de 2022  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  65. AMRIGS. «Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) sedia debate entre candidatos do segundo turno para o Governo do Estado do RS». AMRIGS. Consultado em 1 de novembro de 2022 
  66. «Debates da Globo para governador: veja horário, estados e candidatos». noticias.uol.com.br. Consultado em 1 de novembro de 2022 
  67. «Brasil terá eleições livres em 2022 e com instituições funcionando, diz Barroso». G1. Consultado em 8 de junho de 2022 
  68. «PT e PSOL fecham aliança e Pedro Ruas será vice de Edegar Pretto». Rádio FM Uirapiru. 29 de julho de 2022. Consultado em 31 de julho de 2022 
  69. Roxo, Sérgio (28 de julho de 2022). «Beto Albuquerque desiste de disputa pelo governo do RS, mas diz que não apoiará candidato do PT». O Globo. Consultado em 31 de julho de 2022 
  70. «Ex-governador Eduardo Leite anuncia pré-candidatura ao governo do RS». G1. Consultado em 18 de junho de 2022 
  71. a b «PL formaliza filiação de Onyx Lorenzoni para concorrer ao Piratini». Jornal do Comércio. 24 de março de 2022. Consultado em 12 de abril de 2022 
  72. «Confira as principais datas do calendário eleitoral de 2022». TSE - Tribunal Superior Eleitoral. 3 de janeiro de 2022. Consultado em 11 de junho de 2022 
  73. «Onyx Lorenzoni e Eduardo Leite vão ao 2º turno no RS – Eleições 2022». CNN Brasil. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  74. «PSB anuncia Sanny Figueiredo como candidata ao Senado pelo RS». PSB40. Consultado em 16 de setembro de 2022 
  75. «Olívio Dutra será o candidato do PT ao Senado». Sul 21. 25 de julho de 2022. Consultado em 28 de julho de 2022 
  76. «Candidatura de José Ivo Sartori ao Senado está descartada». GZH. 29 de julho de 2022. Consultado em 31 de julho de 2022 
  77. «Manuela D'Ávila informa ao PT que desistiu de ser candidata ao Senado». www.uol.com.br. Consultado em 20 de julho de 2022 
  78. «Mourão se filia ao Republicanos e confirma pré-candidatura ao Senado pelo RS». CNN Brasil. Consultado em 20 de junho de 2022 
  79. «Vice President Mourão confirms Senate run». The Brazilian Report. 17 de março de 2022. Consultado em 18 de abril de 2022 
  80. «Onyx recebe apoio oficial do PP e diz que "40 anos depois, a direita vai chegar" ao Piratini». GaúchaZH. 5 de outubro de 2022. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  81. Paulo Egídio (10 de outubro de 2022). «Heinze formaliza apoio a Onyx Lorenzoni no 2º turno da disputa ao governo do RS». Sul21. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  82. «Melo declara apoio a Onyx no 2º turno: 'Não posso me somar ao projeto agora apoiado pelo PT'». Sul21. Consultado em 22 de outubro de 2022 
  83. «Sem declarar apoio a Leite, PT e PSOL defendem 'nenhum voto a Onyx' no RS». G1. 10 de outubro de 2022. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  84. «PSB-RS decide, por unanimidade, apoiar candidatura de Eduardo Leite». Estadão Conteúdo. Gaz. 6 de outubro de 2022. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  85. Fábio Schaffner (6 de outubro de 2022). «PDT indica apoio a Leite no segundo turno, mas pede atenção à educação e se posiciona contra privatizações». GaúchaZH. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  86. Bruno Pancot (7 de outubro de 2022). «Solidariedade decide apoiar Eduardo Leite no segundo turno». GaúchaZH. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  87. Carlos Redel (24 de outubro de 2022). «PT recomenda "voto crítico" em Eduardo Leite no segundo turno das eleições». GaúchaZH. Consultado em 24 de outubro de 2022 
  88. Roseane de Oliveira (10 de outubro de 2022). «Após declarar voto em Argenta no primeiro turno, Fortunati anuncia apoio a Eduardo Leite». GaúchaZH. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  89. Kelly Matos (6 de outubro de 2022). «Tarso Genro defende apoio a Eduardo Leite no segundo turno do RS». GaúchaZH. Consultado em 10 de outubro de 2022 
  90. Rosane de Oliveira (11 de outubro de 2022). «Olívio abre voto para Leite: "Está em jogo a defesa da democracia"». GaúchaZH. Consultado em 11 de outubro de 2022 
  91. «Manuela d'Ávila declara voto em Leite para governo do RS». Jornal do Comércio. 11 de outubro de 2022. Consultado em 11 de outubro de 2022 
  92. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Governador - Rio Grande do Sul - 1º Turno». TSE. 2 de outubro de 2022. Consultado em 6 de outubro de 2022 
  93. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Governador - Rio Grande do Sul - 2º Turno». TSE. 30 de outubro de 2022. Consultado em 7 de novembro de 2022 
  94. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Senador - Rio Grande do Sul». TSE. 2 de outubro de 2022. Consultado em 6 de outubro de 2022 
  95. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Deputado Federal - Rio Grande do Sul». TSE. 2 de outubro de 2022. Consultado em 6 de outubro de 2022 
  96. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Deputado Federal - Rio Grande do Sul». TSE. 2 de outubro de 2022. Consultado em 6 de outubro de 2022 
  97. «TSE indefere registro da candidatura de Marlon Santos, deputado federal eleito pelo PL-RS». G1. 25 de outubro de 2022. Consultado em 28 de outubro de 2022 
  98. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Deputado Estadual - Rio Grande do Sul». TSE. 2 de outubro de 2022. Consultado em 6 de outubro de 2022 
  99. «Resultados TSE - Eleição Estadual Ordinária 2022 - Deputado Estadual - Rio Grande do Sul». TSE. 2 de outubro de 2022. Consultado em 6 de outubro de 2022 
  100. a b c d e «Portal de Dados Abertos do TSE - Votação nominal por município e zona». Tribunal Superior Eleitoral. 5 de novembro de 2022. Consultado em 7 de novembro de 2022 
  101. a b «Portal de Dados Abertos do TSE - Votação em partido por município e zona». Tribunal Superior Eleitoral. 5 de novembro de 2022. Consultado em 7 de novembro de 2022