Antônio Manuel de Melo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Antônio Manuel de Melo
Dados pessoais
Nascimento 2 de outubro de 1802
São Paulo
Morte 8 de março de 1866 (63 anos)

Antônio Manuel de Melo (São Paulo, 2 de outubro de 18028 de março de 1866) foi um militar, engenheiro, professor e político brasileiro.

Filho do marechal Antônio Manuel de Melo Castro e Mendonça, então governador de São Paulo, assentou praça em 1813, na arma de cavalaria. Como tenente, em 1824, foi transferido para o Rio Grande do Sul, para tomar parte na Guerra Cisplatina, tendo participado da Batalha do Passo do Rosário, em 20 de fevereiro de 1827, tendo sido promovido neste ano a capitão.

Em 1834 foi transferido para o corpo de engenheiros, sendo logo em seguida nomeado vice-diretor da Fundição Ipanema, onde ficou até 12 de setembro de 1836. Retornou em 1842, agora como diretor. Em 1845 foi nomeado diretor do arsenal da corte.

Foi ministro da Guerra, entre 22 de maio de 1847 e 9 de março de 1848, quando pediu demissão. Em abril do mesmo ano tomou posse como deputado provincial por São Paulo. Retornou ao cargo de ministro em 17 de maio de 1863, permanecendo até 15 de janeiro de 1864, tendo então sido nomeado para o Conselho Supremo Militar.

Com o início da Guerra do Paraguai foi enviado ao Rio Grande do Sul como comandante da artilharia, falecendo em campanha no ano seguinte.

Nomeado comendador da Imperial Ordem de Avis e da Imperial Ordem da Rosa, além de grão-cruz da Imperial Ordem de Cristo. Foi também professor na Escola Militar e na Escola de Arquitetos do Rio de Janeiro, além de professor das filhas do imperador D. Pedro II.

Fonte de referência[editar | editar código-fonte]

  • SILVA, Alfredo P.M. Os Generais do Exército Brasileiro, 1822 a 1889, M. Orosco & Co., Rio de Janeiro, 1906, vol. 1, 949 pp.
  • MACEDO, Joaquim Manuel de, Anno biographico brazileiro (v.1), Typographia e litographia do imperial instituto artístico, Rio de Janeiro, 1876.


Precedido por
Antônio Francisco de Paula de Holanda Cavalcanti de Albuquerque
Ministro da Guerra do Brasil
1847 — 1848
Sucedido por
Manuel Felizardo de Sousa e Melo