Floriano de Lima Brayner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Floriano de Lima Brayner
Dados pessoais
Nascimento 1897 Paraíba Paraíba
Morte 3 de fevereiro de 1983 (86 anos) Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Vida militar
Força Exército
Hierarquia Marechal.gif Marechal
Comandos
Batalhas Segunda Guerra Mundial

Floriano de Lima Brayner GOAGCA (Paraíba, 1897Rio de Janeiro, 3 de fevereiro de 1983) foi um marechal brasileiro.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi o Chefe do Estado-Maior da Força Expedicionária Brasileira durante a Segunda Guerra Mundial.

Foi chefe do Gabinete Militar no governo Nereu Ramos, de 11 de novembro de 1955 a 31 de janeiro de 1956.

Entre 23 de agosto de 1956 e 16 de julho de 1958 comandou a 1ª Região Militar, no Rio de Janeiro.[2]

Posteriormente, comandou o III Exército, de 23 de agosto a 23 de novembro de 1958.[3]

A 17 de Maio de 1958 foi feito Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis e a 25 de Março de 1968 foi elevado a Grã-Cruz da mesma Ordem de Portugal.[4]

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • A Verdade sobre a FEB. Civilização Brasileira, 1968.
  • Recordando os Bravos. Civilização Brasileira, 1977.

Referências

  1. Biografia em projeto de lei da Câmara Municipal de São Paulo
  2. «Galeria de Comandantes da 1ª Região Militar». Consultado em 12 de dezembro de 2014. 
  3. «Galeria de Ex-Comandantes do CMS». Consultado em 12 de dezembro de 2014. 
  4. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Floriano de Lima Brayner". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 2 de abril de 2016. 
Precedido por
José Bina Machado
Chefe do Gabinete Militar
1955 — 1956
Sucedido por
Nélson de Melo
Precedido por
Antônio José de Lima Câmara
Comandante da 1ª RM
1956 — 1958
Sucedido por
João V. de Amorim e Mello
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.