Osvaldo de Araújo Mota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Osvaldo de Araújo Mota
Dados pessoais
Nascimento 6 de outubro de 1899 Rio de janeiro
Morte 16 de março de 1975 (75 anos) Rio de janeiro
Vida militar
Força Exército

Osvaldo de Araújo Mota (Rio de janeiro, 6 de outubro de 1899 – Rio de Janeiro, 1975[1]) foi um militar brasileiro.[2]

Filho de Alberto Mota e de Maria de Araújo Mota.[3]

Elevado ao posto de general de exército em julho de 1961, assumiu em outubro seguinte, por nomeação do presidente João Goulart, a chefia do Estado-Maior das Forças Armadas (EMFA), até então exercida pelo general Osvaldo Cordeiro de Farias. Em dezembro de 1963 transferiu o cargo ao general Peri Constant Bevilacqua e, em junho de 1969, foi reformado na patente de marechal.[2]

Referências


Precedido por
Jayme de Almeida
Ad1de.gif
Comandante da AD/1

1952 — 1954
Sucedido por
Amaury Kruel


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.