Carlos Cavalcanti de Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Combatentes do Regimento de Segurança, atual Polícia Militar do Paraná, sendo condecorados pelo Presidente do Estado, Carlos Cavalcanti de Albuquerque, em 1915

Carlos Cavalcanti de Albuquerque (Rio de Janeiro, 22 de janeiro de 1864 — Rio de Janeiro, 23 de fevereiro de 1935) foi um político brasileiro.[1]

Carlos Cavalcanti nasceu em 22 de março de 1864 na cidade do Rio de Janeiro, filho de um herói da Guerra do Paraguai. Foi militar da arma de engenharia, fundador do Corpo de Bombeiros do Paraná, além de governador do Estado, deputado estadual, federal e senador.

Também foi um intelectual ilustre, orador fluente, poeta e professor, e passou os últimos dias de vida na cidade do Rio de Janeiro, onde faleceu em 23 de fevereiro de 1935.[2]

Foi governador do Paraná, de 25 de fevereiro de 1912 a 25 de fevereiro de 1916[3] e em sua homenagem, a antiga cidade paranaense de Jaboticabal passou a ser chamada com o nome de Carlópolis.[4]

Referências

  1. Biografia e foto na Galeria do Salão dos Governadores do Palácio Iguaçú Site do Governo do Paraná
  2. In: História Biográfica da República no Paraná, David Carneiro e Túlio Vargas, 155
  3. Curitiba, no bonde da história Nostalgia - Gazeta do Povo
  4. Cavalcanti e a tragédia do Contestado O Paraná


Precedido por
Francisco Xavier da Silva
Governador do Paraná
1912 — 1916
Sucedido por
Afonso Camargo


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.