Mendes Ribeiro Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mendes Ribeiro Filho
Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Período 18 de agosto de 2011
até 16 de março de 2013
Presidente Dilma Rousseff
Antecessor(a) Wagner Rossi
Sucessor(a) Antônio Andrade
Deputado Federal pelo Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 1995
até 10 de maio de 2015
Deputado Estadual do Rio Grande do Sul
Período 1 de fevereiro de 1987
até 31 de janeiro 1995
Dados pessoais
Nascimento 27 de dezembro de 1954
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Morte 10 de maio de 2015 (60 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Alma mater Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Partido PMDB (1985-2015)
PDS (1982–1985)
Profissão Advogado

Jorge Alberto Portanova Mendes Ribeiro Filho (Porto Alegre, 27 de dezembro de 1954 — Porto Alegre, 10 de maio de 2015) foi um advogado e político brasileiro. Foi ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seguiu os passos de seu pai, o também advogado e político Jorge Alberto Beck Mendes Ribeiro, que também foi radialista e ingressou na vida pública ainda jovem e é pai do político Mendes Ribeiro, vereador de Porto Alegre.

Graduou-se em direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.[1]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Em 1982 aos 28 anos, quando era filiado ao Partido Democrático Social (PDS), assumiu seu primeiro mandato, o de vereador em Porto Alegre. Antes disso, já havia ocupado alguns cargos do segundo escalão do Executivo municipal e na Assembleia Legislativa.

Foi deputado estadual nas legislaturas de 1986 a 1990 e de 1991 a 1994.[2] No Executivo estadual ocupou três secretarias: Justiça (1983–1984); Obras Públicas, Saneamento e Habitação (1995–1996) e Casa Civil (1996–1999). Em 1995, trocou a Assembleia Legislativa pela Câmara dos Deputados. Em 2004, concorreu ao cargo de prefeito de Porto Alegre.[2]

Desde 1996, exerceu o cargo de deputado federal até ser indicado, em 18 de agosto de 2011, ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento pelo vice-presidente Michel Temer, colega de partido, embora também conhecesse a presidente Dilma Rousseff desde a década de 1980.[3][2]

Substituiu Wagner Rossi, que havia pedido demissão após denúncias de irregularidades.[2] Deixou o ministério em 16 de março de 2013.

Morte[editar | editar código-fonte]

Após dois anos lutando contra um câncer no cérebro,[4] faleceu em 10 de maio de 2015, na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.[5]

Referências

  1. «Sessão solene presta homenagem à PUC-RS». Jornal da Câmara dos Deputados. 23 de outubro de 2007. p. 6. Consultado em 10 de maio de 2015 
  2. a b c d Aquino, Yara (18 de agosto de 2011). «Governo confirma nome de Mendes Ribeiro Filho para o Ministério da Agricultura». Agência Brasil. Consultado em 10 de maio de 2015 
  3. «Saiba mais sobre Mendes Ribeiro, o novo ministro da Agricultura». Folha Online. 18 de agosto de 2011. Consultado em 10 de maio de 2015 
  4. Bahia, Carolina; Mazui, Guilherme (26 de outubro de 2012). «Mendes Ribeiro fala sobre o tratamento contra o câncer: "A doença nos ensina muito"». Zero Hora. Consultado em 10 de maio de 2015 
  5. Oliveira, Rosane de (9 de maio de 2015). «Tweet». Twitter. Consultado em 10 de maio de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Wagner Rossi
Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
2011 – 2013
Sucedido por
Antônio Andrade


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.