José Henrique Paim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Henrique Paim Fernandes
O então ministro da educação, Henrique Paim, presidindo a reunião de orientação pré-partida dos estudantes do programa Ciência sem Fronteiras (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Ministro da Educação do  Brasil
Período 3 de fevereiro de 2014
até 1 de janeiro de 2015
Presidente Dilma Rousseff
Antecessor Aloizio Mercadante
Sucessor Cid Gomes
Dados pessoais
Nascimento 2 de junho de 1966 (53 anos)
Porto Alegre

José Henrique Paim Fernandes (Porto Alegre, 2 de junho de 1966)[1][2] é um economista e professor brasileiro. É professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE) e diretor do Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais (DGPE), ambos da Fundação Getulio Vargas (FGV). Atua como consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De 3 de fevereiro de 2014 a 1º de janeiro de 2015 foi o ministro da Educação do Brasil.

Graduado em economia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), cursou mestrado em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), recebendo o título de Doutor Notório Saber pela mesma instituição.

Ocupou funções técnicas de destaque, em órgãos públicos de âmbito municipal, estadual e federal, além de empresas públicas e de sociedade de economia mista, associação de classe, entre outros. Foi analista de projetos do Banco de Desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul (BADESUL), de 1988 a 1994. Na administração pública da esfera municipal, foi coordenador de relações internacionais da Prefeitura de Porto Alegre, em 2001, e secretário de captação de recursos e cooperação internacional de Porto Alegre, de 1995 a 2000. Na administração pública estadual, ocupou o cargo de secretário da coordenação e planejamento do Estado do Rio Grande do Sul, em 2002.

Na esfera federal, foi subsecretário especial do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, em 2003; presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em 2004; secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC), de 2005 a 2014; e ministro de Estado da Educação, de 2014 a 2015. Ocupou, ainda, o cargo de diretor da área social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entre 2015 e 2016.

No Ministério da Educação, tornou-se o braço direito de Fernando Haddad, quando houve a criação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), a implementação da Universidade Aberta do Brasil e dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, assim como a implementação do Programa Universidade para Todos (ProUni) e a reformulação e ampliação do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Henrique Paim é palestrante e autor de publicações, tendo recebido diversas medalhas, certificados e títulos em homenagem ao seu trabalho. Recentemente foi eleito titular da Associação Brasileira de Educação (ABE), para a cadeira de número 15, cujo patrono é Clementino Fraga.


Referências


Precedido por
Aloizio Mercadante
Ministro da Educação do Brasil
2014
Sucedido por
Cid Gomes


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.