Adolfo Lamenha Lins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Adolfo Lamenha Lins[nota 1][1](Recife, 27 de junho de 1845 — Recife, 4 de setembro de 1881) foi um político brasileiro.

Foi presidente das províncias do Piauí, de 27 de abril a 27 de novembro de 1874, e do Paraná, nomeado por carta imperial de 21 de abril de 1875, de 8 de maio de 1875 a 16 de julho de 1877.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um coronel do exército e neto de marquês, graduou-se em Direito (sua graduação, na época, foi Bacharel em Leis, o que equivale ao curso de Direito) pela Faculdade de Direito do Recife em 1867. Exerceu o cargo de promotor público na Província de Alagoas e secretário de governo e deputado provincial em Pernambuco[1].

Em 1874 foi presidente da Província do Piauí e logo após foi indicado para exercer o cargo de presidente da Província do Amazonas, contudo, declinou do convite[1]. Em maio de 1875 assumiu a presidência da província do Paraná.

No cargo de executivo máximo do Paraná, Lamenha Lins incentivou a colonização europeia na cidade de Curitiba e criou as colônias de Santa Candida e Órleans[1] em locais mais próximos da capital e assim revolucionou a vida na cidade e assentou estes imigrantes que procuravam terras na nova província.[2][3]

Notas

  1. A grafia de época, ou no período do seu batismo, seu primeiro nome era escrito com dígrafos ph, ou seja, Adolpho. Na Reforma Ortográfica de 1911, esta forma de grafia foi alterada.

Referências

  1. a b c d Flaviane da Silva Polinarski (2008). «A Representação sobre a Imigração nos Discursos de Adolpho Lamenha Lins (1875-1877)» (PDF). Universidade Federal do Paraná. Consultado em novembro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Adolfo Lamenha Lins Faculdade de Educação - Unicamp - acessado em 26 de dezembro de 2010
  3. «História do Bairro Lamenha Pequena» (PDF). Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba. Consultado em 26 de novembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia (para saber mais)[editar | editar código-fonte]

  • SANTOS, Ayrton Ricardo dos. Lamenha Lins e o engenho central de Morretes. BIHGEP, Vol. XLIX, 1995.
  • CARNEIRO, David. História do período provincial do Paraná: Galeria de presidentes da província. Curitiba: Banestado, 1994.
Precedido por
Gervásio Cícero de Albuquerque Melo
Presidente da província do Piauí
1874
Sucedido por
Odorico Brasileiro de Albuquerque Rosa
Precedido por
Agostinho Ermelino de Leão
Presidente da província do Paraná
1875 — 1877
Sucedido por
Manuel Antônio Guimarães


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.