Joaquim de Almeida Faria Sobrinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joaquim de Almeida Faria Sobrinho
Nascimento 13 de agosto de 1847
Lapa
Morte 12 de setembro de 1893 (46 anos)
Paranaguá
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Advogado e político

Joaquim de Almeida Faria Sobrinho (Lapa, 13 de agosto de 1847Paranaguá, 12 de setembro de 1893) foi um advogado e político brasileiro.

Foi vice-presidente da província do Paraná, assumindo a presidência interinamente duas vezes, de 20 a 29 de setembro de 1885 e de 3 de maio de 1886 a 26 de dezembro de 1887.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Joaquim d´Almeida Faria Sobrinho (grafia original) nasceu próximo a cidade de Curitiba (no sítio Rio Verde, distrito de Campo Largo - {conforme fontes[3][4]} ou na cidade da Lapa - {conforme fontes[1]}) no dia 13 de agosto de 1847. Efetuou seus estudos primários na cidade da Lapa, enquanto que o curso secundário e os preparatórios foram realizados na cidade de São Paulo. Em 1867 matriculou-se na Faculdade de Direito de São Paulo onde formou-se pouco tempo depois[4].

Quando retornou ao Paraná, trabalhou como secretário do Museu Paranaense, professor de retórica e francês no Liceu Paranaense e procurador fiscal do Tesouro Geral, em Curitiba, bem como, juiz de direito de São José dos Pinhais. No período republicano, foi auditor de guerra[5] no 5° distrito militar (Curitiba)[6], redator na "Gazeta Paranaense" e manteve um escritório de advocacia, atuando em várias comarcas do Paraná[7].

Como político, foi eleito deputado provincial no Paraná para o biênio 1870/1871[8], retornando a Assembléia em 1882[9] para o biênio 82/83 e o seguinte: 1884/1885[10]. Em 1885 ocupava a vice-presidente do Paraná e em setembro deste ano assumiu o cargo máximo do executivo, interinamente. Voltou a governar a província entre maio de 1886 e dezembro de 1887[2]. O Dr. Joaquim de Almeida foi o segundo paranaense a ocupar a presidência da sua terra natal.

Logo que deixou o cargo foi convidado a ocupar a presidência da província de Alagoas, porém, rejeitou o convite para dedicar-se ao seu escritório, assim como, rejeitou uma vaga para o senado.

Durante sua administração a frente da província, fundou a Sociedade Propagadora da Erva Mate, inaugurou os serviços de bondes em Curitiba, incentivou a indústria[11], em geral, com especial preocupação na madeireira, fomentou a agricultura, fez melhoramento no Passeio Público[12], adicionou novas disciplinas no programa da instrução primária[13] e dedicou melhores orçamentos para as escolas públicas do ensino secundário[14], entre outras ações fundamentais para o progresso do Paraná[15][16][17].

Joaquim de Almeida fazia parte da maçonaria[18] paranaense e suas ações nesta instituição ou por meios próprios, revelaram ser ele uma pessoa de espírito empreendedor e altruísta para com a causa pública[19]. Por estas atitudes, recebeu, em 31 de agosto] de 1880 através de decreto imperial, a comenda da Ordem da Rosa[20].

Falecimento e homenagens[editar | editar código-fonte]

O Dr. Joaquim de Almeida Faria Sobrinho faleceu em 12 de setembro de 1893, aos 46 anos de idade, na cidade litorânea de Paranaguá [21].

Entre as várias homenagens ao ex-presidente da província do Paraná, encontramos uma no Centro da capital paranaense. Uma das principais vias deste bairro foi batizada de Rua Presidente Faria[22]; homenagem idêntica há na cidade de Colombo em uma de suas ruas.

Uma das principais metas de Joaquim Almeida era ampliar o ensino público para a população[23] e uma das escolas construídas em seu governo foi rebatizada em sua homenagem. A Escola Estadual Faria Sobrinho – Ensino Fundamental é uma instituição centenária localizada na cidade de Paranaguá, litoral do Paraná[3].

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Período Imperial - 1853 a 1889 - Presidentes da Província Casa Civil do Estado do Paraná — acessado em 31 de agosto de 2010
  2. a b Relação dos Presidentes da Província do Paraná (1853-1889) Arquivo Público do Paraná — acessado em 1 de setembro de 2010
  3. a b Biografia do Patrono do Estabelecimento Secretaria de Estado da Educação do Paraná — acessado em 1 de setembro de 2010
  4. a b NICOLAS, 1984, p523.
  5. documento textual de arquivo - Carta Ubaldino do Amaral Fontoura Fundação Casa de Rui Barbosa — acessado em 2 de setembro de 2010
  6. Decreto nº 189, de 28 de Setembro de 1893 Câmara dos Deputados — acessado em 3 de setembro de 2010
  7. NICOLAS, 1984, p524.
  8. NICOLAS, 1984, p111.
  9. NICOLAS, 1984, p141.
  10. NICOLAS, 1984, p149.
  11. Relatórios – Indústrias – Pres. Faria Center for Research Libraries — acessado em 4 de setembro de 2010
  12. Relatórios – Passeio Público – Pres. Faria Center for Research Libraries — acessado em 4 de setembro de 2010
  13. Relatórios (folha 1) – Escolas – Pres. Faria Center for Research Libraries — acessado em 4 de setembro de 2010
  14. Relatórios (folha 2) – Escolas – Pres. Faria Center for Research Libraries — acessado em 4 de setembro de 2010
  15. Relatórios – Ensino obrigatório – Pres. Faria Center for Research Libraries — acessado em 4 de setembro de 2010
  16. Relatórios – Instrução Pública – Pres. Faria Center for Research Libraries — acessado em 4 de setembro de 2010
  17. As "idéias psicológicas" sobre as condições de aprendizagem na província do Paraná (1854-1889) - Sheila Maria RosinI; Mitsuko Aparecida Makino Antunes Psicologia da Educação — acessado em 4 de setembro de 2010
  18. Governadores do Estado do Paraná - Maçons Museu Maçônico do Paraná — acessado em 2 de setembro de 2010
  19. Histórico Apóstolo da Caridade — acessado em 2 de setembro de 2010
  20. Livro de Túlio Vargas – pag. 35 A última viagem do barão do Serro Azul — acessado em 2 de setembro de 2010
  21. NICOLAS, 1984, p525.
  22. Lei Ordinária nº 86/1948 - Rua Pres. Faria Câmara Municipal de Curitiba — acessado em 3 de setembro de 2010
  23. Escola de belas artes e indústrias do Paraná - 1886 / 1902 - Luciana Wolff Apolloni Santana Universidade Federal do Paraná — acessado em 2 de setembro de 2010

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • NICOLAS, Maria. 130 Anos de Vida Parlamentar Paranaense - Assembléias Legislativas e Constituintes. 1854-1954. 2° ed. Curitiba: Assembléia Legislativa do Paraná; 1984, 779p


Precedido por
Antônio Alves de Araújo
Presidente da província do Paraná
1885
Sucedido por
Alfredo d'Escragnolle Taunay
Precedido por
Alfredo d'Escragnolle Taunay
Presidente da província do Paraná
1886 — 1887
Sucedido por
Antônio Ricardo dos Santos