Joaquim Augusto do Livramento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Joaquim Augusto do Livramento
vice-presidente da província de Santa Catarina
Período 9 de março de 1882
a 5 de abril de 1882
Antecessor(a) Manuel Pinto de Lemos
Período 30 de junho de 1882
a 6 de setembro de 1882
Sucessor(a) Manuel Pinto de Lemos
deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina
Período (6ª legislatura) 1846 a 1847
Período (9ª legislatura) 1852 a 1853
Período (10ª legislatura) 1854 a 1855
Período (11ª legislatura) 1856 a 1857
Período (15ª legislatura) 1864 a 1865
Dados pessoais
Nascimento 14 de fevereiro de 1820
Desterro,
Santa Catarina,
Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves
Morte 7 de maio de 1883 (63 anos)
Desterro,
Santa Catarina,
Império do Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Progenitores Mãe: Ana Maria de Jesus
Pai: Joaquim Luís do Livramento
Alma mater Faculdade de Direito de São Paulo
Esposa Dulce Pórcia de Albuquerque Cavalcanti do Livramento
Filhos Artur Cavalcanti do Livramento, Hortência Augusta Cavalcanti do Livramento e Afonso Cavalcanti do Livramento
Partido Partido Conservador (Brasil)
Profissão advogado, político
Assinatura Assinatura de Joaquim Augusto do Livramento

Joaquim Augusto do Livramento (Desterro, 14 de fevereiro de 1820Desterro, 7 de maio de 1883) foi um advogado e político brasileiro.

Vida[editar | editar código-fonte]

Filho de Joaquim Luís do Livramento e de Ana Maria de Jesus. Casou com Dulce Pórcia de Albuquerque Cavalcanti do Livramento, filha de José Mariano de Albuquerque Cavalcanti e de Cândida Rosa de Melo. Deste consórcio nasceram, entre outros, Artur Cavalcanti do Livramento, Hortência Augusta Cavalcanti do Livramento, mãe de Fúlvio Aducci, e Afonso Cavalcanti do Livramento.

Bacharel em direito pela Faculdade de Direito de São Paulo, em 1843.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Foi deputado à Assembleia Legislativa Provincial de Santa Catarina na 6ª legislatura (1846 — 1847), na 9ª legislatura (1852 — 1853), na 10ª legislatura (1854 — 1855), na 11ª legislatura (1856 — 1857), e na 15ª legislatura (1864 — 1865).

Foi deputado geral na 7ª legislatura (1848 — 1849), na 8ª legislatura (1850 — 1853), e na 9ª legislatura (1853 — 1856).

Foi vice-presidente da província de Santa Catarina, nomeado por carta imperial de 27 de julho de 1878, assumindo a presidência interina por duas vezes, de 9 de março a 5 de abril de 1882 e de 30 de junho a 6 de setembro de 1882.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
João Rodrigues Chaves
Presidente da província de Santa Catarina
1882
Sucedido por
Ernesto Francisco de Lima Santos
Precedido por
Ernesto Francisco de Lima Santos
Presidente da província de Santa Catarina
1882
Sucedido por
Antônio Gonçalves Chaves
Precedido por
Logo academia.gif ACL - patrono da cadeira 20
Sucedido por
Fúlvio Aducci
(fundador)


Ícone de esboço Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.