Manuel dos Santos Lostada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel dos Santos Lostada
deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Período (1ª legislatura) 1894
a 1895
Período (2ª legislatura) 1896
a 1897
Período (4ª legislatura) 1901
a 1903
Período (5ª legislatura) 1904
a 1906
Dados pessoais
Nascimento 8 de março de 1860
Enseada de Brito,
Santa Catarina,
Império do Brasil
Morte 20 de outubro de 1923 (63 anos)
Florianópolis,
Santa Catarina,
Brasil
Progenitores Mãe: Generosa Maria da Glória Lostada
Pai: Marcelino Inácio dos Santos Lostada
Profissão Jornalista e poeta

Manuel dos Santos Lostada (Enseada de Brito, 8 de março de 1860Florianópolis, 20 de outubro de 1923) foi um político, jornalista e poeta brasileiro.

Vida[editar | editar código-fonte]

Filho de Marcelino Inácio dos Santos Lostada e Generosa Maria da Glória Lostada[1].

Foi secretário do presidente da província de Santa Catarina, Francisco Luís da Gama Rosa.

Foi deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 1ª legislatura (1894 — 1895), na 2ª legislatura (1896 — 1897), na 4ª legislatura (1901 — 1903), e na 5ª legislatura (1904 — 1906).

É patrono da cadeira 32 da Academia Catarinense de Letras.

Obras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Meirinho, Jali: Datas Históricas de Santa Catarina – 1500/2000. Florianópolis : Insular, Editora da UFSC, 2000.
  2. «Julieta dos Santos - Virgílio Várzea, Cruz e Sousa, Manuel dos Santos Lostada». www.literaturabrasileira.ufsc.br. Consultado em 20 de abril de 2018 


Precedido por
Logo academia.gif ACL - patrono da cadeira 32
Sucedido por
Gustavo Neves
(fundador)


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.