Manuel Jorge Rodrigues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Jorge Rodrigues
Nascimento 23 de abril de 1777
Lisboa
Morte 14 de maio de 1845 (68 anos)
Rio de Janeiro
Ocupação Militar, político

Manuel Jorge Rodrigues, 1.º barão com grandeza de Taquari, (Lisboa, 23 de abril de 1777Rio de Janeiro, 14 de maio de 1845) foi um militar e político luso-brasileiro.

Filho de Jerônimo Rodrigues e Joana Maria da Conceição Rodrigues, casou com Maria da Conceição Rodrigues.[1] Deveria ter seguido seu pai na carreira comercial, porém preferiu entrar para o exército português em 18 de setembro de 1794.[1] Participou com distinção de toda Guerra Peninsular, sob as ordens do marechal William Carr Beresford.[1]

Veio para o Brasil, no posto de tenente-coronel agregado à Divisão de Voluntários Reais do Rei, chegando no Rio de Janeiro em 30 de março de 1816.[1] Participou da Guerra contra Artigas, sendo nomeado marechal em 1826.[1]

Nomeado comandante das armas da província do Rio Grande do Sul, foi substituído em 30 de janeiro de 1830 por Gustavo Henrique Brown.[2]

Foi comandante das armas e presidente da província do Pará, de 10 de abril a novembro de 1835. Em 1840 foi nomeado governador das armas da corte, onde permaneceu quatro anos.[1]

Agraciado comendador da Imperial Ordem da Rosa e da Imperial Ordem de São Bento de Avis, oficial da Imperial Ordem do Cruzeiro. Era pai do 2º barão de Taquari, José Antônio Calasans Rodrigues.

Referências

  1. a b c d e f Página de A Nobreza Brasileira de A a Z
  2. [1]CORUJA, Antônio Alves Pereira, Anno histórico sul-rio-grandense em forma de ephemerides (1888), Typograhia de J.D. de Oliveira, 1888.


Precedido por
Francisco Pedro Vinagre
Presidente da província do Pará
1835
Sucedido por
Eduardo Nogueira


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.