Eugénio de Württemberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eugénio de Württemberg
Duque de Württemberg
Cônjuge Matilde de Waldeck e Pyrmont
Helena de Hohenlohe-Langenburg
Descendência Maria de Württemberg
Eugénio Guilherme de Württemberg
Guilherme Alexandre de Württemberg
Guilherme de Württemberg
Alexandrina de Württemberg
Nicolau de Württemberg
Inês de Württemberg
Nascimento 8 de janeiro de 1788
Oeles, Baixa Silésia
Morte 16 de setembro de 1857 (69 anos)
Bad Carlsruhe, Alta Silésia
Pai Eugénio Frederico de Württemberg
Mãe Luísa de Stolberg-Gedern

Eugénio de Württemberg (Eugénio Frederico Carlos Paulo Luís), (8 de janeiro de 1788 - 16 de setembro de 1857) foi um príncipe de Württemberg e um general de infantaria no exército imperial russo durante as Guerras Napoleónicas.

Família[editar | editar código-fonte]

Eugénio era o filho mais velho do duque Eugénio Frederico de Württemberg e da princesa Luísa de Stolberg-Gedern, viúva do duque Carlos Guilherme de Saxe-Meiningen. Os seus avós paternos eram Frederico II Eugénio, Duque de Württemberg e a marquesa Frederica de Brandemburgo-Schwedt. Entre os seus tios paternos estavam o rei Frederico I de Württemberg, a duquesa Sofia Doroteia de Württemberg, esposa do czar Paulo I da Rússia e a duquesa Isabel de Württemberg, esposa do imperador Francisco I da Áustria.

Carreira militar[editar | editar código-fonte]

Eugénio acompanhou o seu pai, o duque Eugénio Frederico de Württemberg, um comandante das reservas prussianas, em 1806, juntando-se às tropas de Bennigsen, um general russo. Em 1812, tornou-se comandante da quarta divisão do segundo corpo do exército sob as ordens de Barclay de Tolly. Lutou nas batalhas de Borodino, Krasnoe, Lutzen, Bautzen, Dresden, Hulm e Leipzig onde se distinguiu.[1]

Em 1828, comandou o sétimo corpo do exército russo da Guerra Russo-Turca e reformou-se da vida militar depois da assinatura do Tratado de Adrianópolis.[2]

Gostava muito de música e era um grande amigo de Carl Maria von Weber, director musical do seu pai entre 1806 e 1807. Também compôs várias óperas e muitas canções, incluindo "A Noiva Fantasma".

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Eugénia casou-se pela primeira vez no dia 20 de abril de 1817 com a princesa Matilde de Waldeck e Pyrmont, filha do príncipe Jorge I de Waldeck e Pyrmont. Tiveram três filhos:

  1. Maria de Württemberg (25 de março de 1818 - 10 de abril de 1888); casada com o conde Carlos II de Hesse-Philippsthal; com descendência.
  2. Eugénio Guilherme de Württemberg (25 de dezembro de 1820 – 8 de janeiro de 1875); casado com a princesa Matilde de Schaumburg-Lippe; com descendência.
  3. Guilherme Alexandre de Württemberg (13 de abril de 1825 - 25 de abril de 1825); morreu com dois dias de idade.

Matilde morreu em 1825, ao dar à luz o seu último filho. Eugénio voltou a casar-se no dia 11 de setembro de 1827 com a princesa Helena de Hohenlohe-Langenburg. Juntos tiveram quatro filhos:

  1. Guilherme de Württemberg (20 de julho de 1828 - 5 de novembro de 1896); oficial do exército austríaco; sem descendência.
  2. Alexandrina de Württemberg (16 de dezembro de 1829 - 2 de setembro de 1913); sem descendência
  3. Nicolau de Württemberg (1 de março de 1833 - 22 de fevereiro de 1903); casado com a princesa Guilhermina de Württemberg; sem descendência.
  4. Inês de Württemberg (13 de outubro de 1835 - 10 de julho de 1886); casada com o príncipe Henrique XIV Reuss; com descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Eugénio de Württemberg em três gerações
Eugénio de Württemberg Pai:
Eugénio Frederico de Württemberg
Avô paterno:
Frederico II Eugénio, Duque de Württemberg
Bisavô paterno:
Carlos Alexandre de Württemberg
Bisavó paterna:
Maria Augusta de Thurn e Taxis
Avó paterna:
Frederica de Brandemburgo-Schwedt
Bisavô paterno:
Frederico Guilherme de Brandemburgo-Schwedt
Bisavó paterna:
Frederica de Brandemburgo-Schwedt
Mãe:
Luísa de Stolberg-Gedern
Avô materno:
Cristiano Carlos de Stolberg-Gedern
Bisavô materno:
Frederico de Stolberg-Gedern
Bisavó materna:
Luísa de Nassau-Saarbrucken
Avó materna:
Leonor de Reuss-Lobenstein
Bisavô materno:
Henrique II de Reuss-Lobenstein
Bisavó materna:
Júlia Doroteia de Hochberg

Referências

  1. http://www.napoleonsims.com/people/people.htm
  2. The Encyclopedia Americana: a library of universal knowledge, Volume 10, Encyclopedia Americana Corp., 1918