Eutiquiano (cônsul em 398)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Eutiquiano (cônsul de 398))
Ir para: navegação, pesquisa

Flávio Eutiquiano (em latim: Flavius Eutychianus; fl. 388405) foi um político do Império Bizantino, filho de Touro, cônsul romano de 361. Presumivelmente ele poderia ser identificado como o personagem Tifão do trabalho alegórico Aegyptus sive de providentia de Sinésio, onde representa o partido pró-gótico; Sinésio afirma que ele teve uma juventude selvagem e irresponsável.[1] Em 388, o retor Libânio escreveu a ele pedindo um favor a respeito de uma delegação e sua própria cidade, Antioquia, no tribunal,[2] e em 390 o mesmo Libânio definiu Eutiquiano como influente.[3]

Eutiquiano foi prefeito pretoriano entre 396-397, provavelmente da prefeitura da Ilíria, como atestado por algumas leis do Código de Teodósio e aludido por Sinésio.[4] Tornou-se prefeito pretoriano do Oriente entre 4 de setembro de 397 - 25 de julho de 399 e ocupou o consulado em 398, sob jurisdição de Eutrópio. Por ocasião da queda deste no verão de 399, Eutiquiano foi deposto e substituído por Aureliano.[5] Entre 3 de fevereiro de 404 - 11 de junho de 405 foi prefeito pretoriano do Oriente pela segunda vez.[6]

Referências

  1. Sinésio 400, p. 90C-91C
  2. Libânio século IV, p. 864
  3. Libânio século IV, p. 965
  4. Sinésio 400, p. 92B
  5. Burns 1994, p. 171; 345-346
  6. Cameron 1993, p. 176; 197

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sinésio. Aegyptus sive de providentia. [S.l.: s.n.], 400.
  • Libânio. Cartas. [S.l.: s.n.], século IV.
  • Burns, Thomas S.. Barbarians Within the Gates of Rome: A Study of Roman Military Policy and the Barbarians, Ca. 375-425 A.D. (em inglês). [S.l.: s.n.], 1994. ISBN 0253312884
  • Cameron, A.; J. Long. Barbarians and Politics at the Court of Arcadius (em inglês). [S.l.: s.n.], 1993. ISBN 0520065506