Família Genovese

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Família Genovese
Vito Genovese de onde a Família recebeu seu nome atual.
Fundação Fundada por Giuseppe Morello no final do século XIX
Local de fundação Nova Iorque, Harlem Italiano.
Anos ativo 1890's-atualmente
Território (s) Diversos bairros em Nova Iorque e outras cidades.
Atividades exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, agiotagem, prostituição, extorsão, fraude, tráfico de armas, controle de sindicatos, gerenciamento de apostas esportivas, diversos negócios legalizados.
Aliados Famílias Gambino, Luchese, Colombo e Bonano.
Rivais The Westies (gangue irlandesa), outras gangues de Nova Iorque, incluindo seus aliados.

A Família Genovese é uma organização criminosa ítalo-americana que atua na cidade de Nova Iorque. É conhecida como "Ivy League" ou "Rolls Royce" do crime organizado, pelo fato de ser a mais poderosa e influente das Cinco Famílias[1]. Recebeu seu atual nome a partir de Vito Genovese que comandou a família entre 1957 e 1969. Foi fundada no fim dos anos de 1890 por Giuseppe Morello como 107th Street Mob, posteriormente chamada de Família Morello[2].


Nomes da família[editar | editar código-fonte]

O nome da família foi modificado 3 vezes, decorrente aos seus 3 maiores e mais influentes chefes Giuseppe Morello (fundador), Charles "Lucky" Luciano e Vito Genovese. Nomes da família:

Chefes (Don's)[editar | editar código-fonte]

Na Cosa Nostra, os chefes de família são denominados Capos, posto coloquialmente conhecido como Don. Ao todo foram 14 Don's que chefiaram esta organização, são eles

  • Don Giuseppe "Mão-de-gancho" Morello (1890-1909) - Preso.
  • Don Nicholas "Nick Morello" Terranova (1910-1916) - Assassinado em 7 de setembro de 1916.
  • Don Vicenzo "Vicent" Terranova (1916-1920) - Foi rebeixado a subchefe após a volta de Giuseppe Morello em 1920.
  • Don Giuseppe "Mão-de-gancho" Morello (1920-1922) - Foi rebaixado por autoridade a subchefe de Masseria.
  • Don Giuseppe "Joe The Boss" Masseria (1922-1931) - Assassinado em 15 de abril de 1931 por Luciano.
  • Don Charles "Lucky" Luciano (1931-1946) - Preso em 1936, deportado para a Itália em 1946.
  • Don Frank "Primeiro-Ministro" Costello (1946-1957) - Renunciou em 1957 após tentativa de assassinato de Vito Genovese.
  • Don Vito Genovese (1957-1969) - Preso em 1959, morreu na prisão em 1969.
    • Don (Interino) Anthony "Tony Bender" Strollo (1959-1962) - Desapareceu em 1962.
    • Don (Interino) Thomas "Tommy Ryan" Eboli (1962-1965) - Tornou-se chefe de rua.
    • Don (Interino) Philip "Benny Squint" Lombardo (1965-1969) - Efetivado a chefe oficial após a morte de Vito Genovese na cadeia.
  • Don Philip "Benny Squint" Lombardo (1969-1981) - Se aposentou em 1981, morreu de causas naturais em 1987.
  • Don Vicent "Chin" Gigante (1981-2005) - Preso em 1997, morreu na prisão em 2005.
    • Don (Interino) Liborio "Barney" Bellomo (1990-1992) - Tornou-se chefe de rua.
    • Don (Interino) Dominick "Don Silencioso" Cirillo (1997-1998) - Sofreu um ataque cardíaco, porém não morreu, afastou-se.
    • Don (Interino) Matthew "Matty, o Cavalo" Ianniello (1998-2005) - Renunciou em 2005, morreu em 2012.
    • Don (Interino) Daniel "Danny, o Leão" Leo (2005-hoje) - Foi preso em 2008, solto em 2013.

Hierarquia Atual[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o FBI acredita que a Família Genovese tenha pelo menos 270 homens-feitos (membros) em todo o país. A hierarquia atualmente é esta:

  • Don (interino) - Daniel "Danny, o Leão" Leo (72 anos)
  • Subchefe - Venero "Grandes Ovos" Mangano (92 anos)
  • Consigliere - Dominick "Don Silencioso" Cirillo (84 anos)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]