Camorra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Retratos de camorristi procurados pela polícia, 1906

A Camorra é uma organização criminosa italiana, aliada a Máfia Siciliana.[1][2][3] Surgiu na região de Mezzogiorno,[1][2][3] mais precisamente na cidade de Nápoles,[1] possivelmente em meados do século XVII. Tendo controlado de perto o território, integrou-se bastante ao tecido social, sobretudo junto às camadas mais pobres.

Imagina-se que conte atualmente com cerca de 110 famílias operacionais e cerca de 7000 afiliados. As atividades da Camorra são incontáveis, da agiotagem à extorsão, do contrabando de cigarros ao tráfico de drogas, da importação irregular de carne à fraude à União Europeia. Sem esquecer os dois sectores "tradicionais" de monopólio: o do jogo clandestino e o de produção de cimento na região da Campania.

Referências

  1. a b c Ricardo Vélez Rodríguez (11 de fevereiro de 2015). «A Camorra através da lente de Roberto Saviano» (PDF). Instituto de Humanidades. Consultado em 18 de abril de 2017 
  2. a b Maurício Santos Mattar (2012). «Crime Organizado, Instituições e Democracia (Especialmente página 96)». revista Humanidades em diálogo. Consultado em 18 de abril de 2017. Cópia arquivada em 18 de abril de 2017 
  3. a b Edson Passetti (2009). «Política e a organização das ilegalidades contemporâneas (Especialmente páginas 311 e 312)». verve. revista semestral autogestionária do Nu-Sol. Consultado em 18 de abril de 2017. Cópia arquivada em 18 de abril de 2017