Filarmónica Gil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Filarmónica Gil
Filarmónica Gil - João Gil e Nuno Norte.jpg
Em concerto, 2005
Informação geral
País Portugal Portugal
Afiliação(ões) Ala dos Namorados
Integrantes João Gil
João Monge
Rui Costa
Nuno Norte (voz)

Filarmónica Gil é uma banda portuguesa, liderada pelo músico e compositor de renome João Gil (Trovante, Ala dos Namorados, Rio Grande e Cabeças no Ar).[1]

Foi ao fazer 25 anos de carreira e após um convite a João Gil, por parte do CCB, para dois dias de concerto em jeito de balanço que surgiu este novo grupo.

O cantor era Nuno Norte que tinha vencido a primeira edição do programa "Ídolos" da SIC e o baixista era o ex-Silence 4 Rui Costa. As letras eram de João Monge habitual colaborador em outros grupos.

O álbum homónimo foi editado em Junho de 2005. "Deixa-te Ficar Na Minha Casa" foi o tema mais divulgado. Sara Tavares colabora no tema "Se Eu Soubesse (O Que Sei Hoje)" que tem letra de Catarina Furtado.

No ano de 2007 foi lançado o disco "Por Mão Própria"[2]. Mónica Ferraz participa no tema "Eu Disse Que Sim" de Margarida Gil. O primeiro single foi "Ponto de Rebuçado". Foram ainda músicos poemas de Ana Hatherly e E.E. Cummings. [3]

O grupo acabaria por terminar pouco depois.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2005- Filarmónica Gil
  • 2007- Por Mão Própria

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.