Georg Everhard Rumphius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Georg Everhard Rumphius

Georg Everhard (ou Eberhard) Rumphius (ou Rumpf), (Wölfersheim, Alemanha, 16271702) foi um militar e arquiteto holandês. Ficou famoso principalmente pelos seus trabalhos em história natural.

Trabalhou para a Companhia Neerlandesa das Índias Orientais. É mais conhecido pela autoria da obra Herbarium Amboinensis, um catálogo de plantas da ilha de Amboina (na altura, colónia das Índias Orientais Neerlandesas, agora Indonésia), publicada postumamente em 1741. O livro providenciou as bases para os futuros estudos sobre a flora das Ilhas Molucas. Apesar da distância, mantinha correspondência com cientista na Europa, era membro de um sociedade científica em Viena e enviou uma colecção de conchas marinhas para os Médici na Toscânia.

Depois de cegar, em 1670, Rumphius continuou o seu trabalho no seu manuscrito de seis volumes, com ajuda de outros. A sua mulher e filhos pereceram num terramoto, pouco depois. Em 1687, quando o seu projecto estava próximo de ser acabado, as ilustrações perderam-se num incêndio. Com perseverança, Rumphius e os seus ajudantes completaram o livro em 1690, mas a navio que carregava o manuscrito para a Europa foi atacado pelos franceses e afundou-se, forçando o recomeço da obra a partir de uma cópia que havia sido preservada. O Herbarium Amboinensis finalmente a obra chega à Holanda em 1696. No entanto, a Companhia das Índias decidiu que continha demasiadas informações sensíveis que acabou por não ser publicado nessa altura. Reapareceu finalmente em 1741, 39 anos após a morte de Rumphius.



Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.