Glasgow Haskell Compiler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Glasgow Haskell Compiler
Desenvolvedor Universidade de Glasgow
Plataforma multiplataforma
Versão estável 7.10.2 (29 de julho de 2015)
Gênero(s) compilador
Licença BSD
Página oficial www.haskell.org/ghc

The Glorious Glasgow Haskell Compilation System[1][2], mais conhecido como Glasgow Haskell Compiler ou GHC, é um compilador de código aberto para a linguagem de programação funcional Haskell. Os principais desenvolvedores são Simon Peyton Jones e Simon Marlow.

História[editar | editar código-fonte]

O GHC foi começado em 1989 como um protótipo, escrito em Lazy ML por Kevin Hammond na Universidade de Glasgow. No fim do ano, o protótipo foi completamento reescrito em Haskell, exceto o analisador sintático, por Cordelia Hall, Will Partain e Simon Peyton Jones. Sua primeira versão beta foi lançada em 1 de abril de 1991.

Peyton Jones e Simon Marlow posteriormente se mudaram para a Microsoft Research em Cambridge, onde continuou a ser o principal responsável pelo desenvolvimento do software. Entretanto, o GHC possui código de mais de sessenta contribuidores[3].

Linguagem[editar | editar código-fonte]

O GHC é suportado para o último padrão da linguagem, chamado Haskell 98.[4] Entretanto, também suporta várias extensões opcionais ao padrão.

Portabilidade[editar | editar código-fonte]

Versões do GHC estão disponíveis para diversas plataformas, incluindo Windows e diversas variedades de Unix (como Linux e Mac OS X.) O GHC também foi portado para diversas arquiteturas de computador.

Referências

  1. ghc --version
  2. The GHC Team. «The Glorious Glasgow Haskell Compilation System User's Guide, Version 6.6». Consultado em 28 de janeiro de 2007 
  3. «The GHC Team». Consultado em 28 de janeiro de 2007 
  4. «Haskell 98 Language and Libraries: The Revised Report». Consultado em 28 de janeiro de 2007 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]