Godspeed on the Devil's Thunder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Godspeed on the Devil's Thunder
Álbum de estúdio de Cradle of Filth
Lançamento 27 de outubro de 2008
Gravação Março a Julho de 2008 no Backstage Studios em Derbyshire, Inglaterra
Gênero(s) Metal extremo
Duração 71:22
Idioma(s) inglês
Gravadora(s) Roadrunner
Produção Andy Sneap
Cronologia de Cradle of Filth
Thornography
(2006)

Godspeed on the Devil's Thunder é o oitavo álbum de estúdio da banda. A banda é formada por Dani Filth (voz), Paul Allender (guitarra), Dave Pybus (baixo), Martin Škaroupka (bateria) e Mark Newby-Robson (teclado).

É um álbum conceitual, baseado na vida de Gilles de Rais, nobre francês, que lutou ao lado de Joana d'Arc contra os ingleses, mas não ficou na história como herói, tornando-se conhecido por ser um serial killer, aspirante a alquimista, e acusado de, entre outros crimes, heresia, sequestro, de ter matado centenas de garotos e ter envolvimento com o demônio.

A banda traz nesse álbum traz muitas de suas marcas registradas: clima sombrio, o típico vocal de Dani Filth, às vezes agudo e desesperado, outras vezes grave e soturno; bateria e guitarra brutais, como na faixa título, outras vezes mais cadenciadas e melódicas, como em "Ten Leagues Beneath Contempt"; e as orquestrações pomposas, que dão ao álbum todo um clima especial de trilha sonora de filme de terror dos anos 70. Em algumas músicas a influência do metal oitentista se faz mais presente, como em "The Death of Love" e "Honey and Sulphur". Na música "Darkness Incarnate", ouve-se uma menina cantando algumas passagens da música e dando uma gargalhada. A Menina é Luna Scarlett Davey, filha de Dani Filth. Ele teve de fazer cócegas nela para que a risada dela parecesse real.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Versão original[editar | editar código-fonte]

  1. "In Grandeur and Frankincense Devilment Stirs" – 2:27
  2. "Shat Out of Hell" – 5:03
  3. "The Death of Love" – 7:13
  4. "The 13th Caesar" – 5:35
  5. "Tiffauges" – 2:14
  6. "Tragic Kingdom" – 5:59
  7. "Sweetest Maleficia" – 5:59
  8. "Honey and Sulphur" – 5:37
  9. "Midnight Shadows Crawl to Darken Counsel with Life" – 8:58
  10. "Darkness Incarnate" – 8:55
  11. "Ten Leagues Beneath Contempt" – 4:58
  12. "Godspeed on the Devil's Thunder" – 5:36
  13. "Corpseflower" – 2:41

Edição especial cd bônus[editar | editar código-fonte]

  1. "Balsamic and Anathema" – 6:05
  2. "A Thousand Hands on the Maid of Ruin" (Instrumental) – 8:04
  3. "Into the Crypt of Rays" (Celtic Frost cover) – 4:10
  4. "Devil to the Metal" – 6:18
  5. "Courting Baphomet" – 5:17
  6. "The Love of Death" (Remix) – 5:13
  7. "The Death of Love" (Demo) – 7:16
  8. "The 13th Caesar" (Demo) – 5:27
  9. "Dirge Inferno" (Live) – 6:45
  10. "Dusk and Her Embrace" (Live) – 5:46
  • Todas as músicas escritas por Paul Allender, Mark Newby-Robson e Cradle of Filth
  • Conceitos e letras por Dani Filth

Créditos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Cradle of Filth é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.