Gotha Go 145

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde maio de 2014). Ajude e colabore com a tradução.
Gotha Go 145
Avião
Conjunto de quatro Gotha Go 145 sendo inspecionados pelos britânicos em abril de 1945.
Descrição
Tipo / Missão Avião de treino
País de origem  Alemanha
Fabricante Gothaer Waggonfabrik
Quantidade produzida 1182
Primeiro voo em Fevereiro de 1934
Introduzido em 1935
Aposentado em 1945
Tripulação 2
Especificações
Dimensões
Comprimento 8,7 m (28,5 ft)
Envergadura m (29,5 ft)
Altura 2,9 m (9,51 ft)
Área das asas 21,75  (234 ft²)
Alongamento 3.7
Peso(s)
Peso vazio 800 kg (1 760 lb)
Peso carregado 1 380 kg (3 040 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 × Argus As 10
Performance
Velocidade máxima 212 km/h (114 kn)
Alcance (MTOW) 630 km (391 mi)
Teto máximo 3 700 m (12 100 ft)

O Gotha Go 145 foi um avião de treinamento biplano, monomotor alemão de dois lugares, feito de madeira e tecido, usado pela Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial. Ele também foi usado como caça-bombardeiro noturno na Frente Oriental. Apesar de já obsoleto no início da Segunda Guerra, o Go 145 permaneceu em serviço operacional até o fim da Guerra na Europa como bombardeiro noturno.[1]

Em Março de 1945, o Nachtschlachtgruppe No.5 possuía 69 Go 145, dos quais 52 em atividade[2] enquanto o Nachtschlachtgruppe No.3 possuía 18, sendo 16 em atividade.[3] Quando a Guerra na Europa terminou em 8 de Maio de 1945 o Gotha Go 145 equipava a maioria dos Nachtschlachtgruppen.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 2 de outubro de 1933, a fábrica de aeronaves Gothaer Waggonfabrik foi re-estabelecida. O Gotha Go 145 foi o primeiro modelo de avião a ser produzido[1], um biplano de dois lugares projetado por Albert Kalkert. O Gotha Go 145 era de madeira, coberto com tecido, possuindo trens de pouso fixos e um motor Argus As 10C invertido de oito cilindros em V, com uma hélice fixa de duas lâminas. O primeiro protótipo decolou em fevereiro de 1934, logo seguido por um modelo de produção, o Gotha Go 145A, que possuía controles nos dois assentos, para um instrutor e um cadete em treinamento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Kay and Smith, p.115
  2. Bishop, p.182
  3. Bishop, p.183

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bishop, C. Luftwaffe Squadrons, 1939–1945. Amber Books, 2006.
  • Donald, D. (ed.) Warplanes of the Luftwaffe: Combat aircraft of Hitler’s Luftwaffe, 1933 -1945. Aerospace Publishing, 2001.
  • Green, William. Warplanes of the Third Reich. London: Macdonald and Jane's Publisher Ltd., 1970 (fourth impression 1979). ISBN 0-356-02382-6.
  • Nowarra, Heinz J. Die Deutsche Luftrüstung 1933-1945 (in German). Koblenz, Germany: Bernard & Graeffe Verlag, 1993. ISBN 3-7637-5464-4.
  • Smith, J. Richard and Kay, Anthony L. German Aircraft of the Second World War. Annapolis, MD: US Naval Institute Press, 2002. ISBN 1-55750-010-X.
  • Wood, Tony and Gunston, Bill. Hitler's Luftwaffe: A pictorial history and technical encyclopedia of Hitler's air power in World War II. London: Salamander Books Ltd., 1977. ISBN 0-86101-005-1.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gotha Go 145
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.