Grumixameira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Grumixama)
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaGrumixama
Grumixama na ilha Reunião

Grumixama na ilha Reunião
Estado de conservação
Espécie vulnerável
Vulnerável
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Myrtales
Família: Myrtaceae
Género: Eugenia
Espécie: E. brasiliensis
Nome binomial
Eugenia brasiliensis
Lam.
Sinónimos
Eugenia dombeyi (Spreng.) Skeels

Eugenia dombeyi Skeels
Myrtus dombeyi Spreng.
Stenocalyx brasiliensis O. Berg.

A grumixama (Eugenia brasiliensis Lam., da família Myrtaceae) é uma árvore brasileira da floresta pluvial da Mata Atlântica, também chamada grumixaba, grumixameira, cumbixaba, ibaporoiti e gurumixameira.[1]

Árvore de até 15 metros de altura, nativa das matas primárias desde a Bahia até Santa Catarina, em mata aluviais e encostas suaves, é, hoje, rara.

Seus frutos - pequenas bagas esféricas roxas-escuras, com polpa aquosa levemente ácida[2] e de uma ou duas sementes -, além do consumo humano, atraem a avifauna.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Grumixama" se origina do tupi antigo komixã.[3]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Grumixameira
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Grumixameira

Referências

  1. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 230.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 870.
  3. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigo: a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 230.
  • Harri Lorenzi, Árvores brasileiras vol. 1, Instituto Plantarum.
  • Resolução SMA 48 Lista oficial das espécies da flora do Estado de São Paulo ameaçadas de extinção, 21/09/2004
Ícone de esboço Este artigo sobre árvores, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.