Iara Almansa Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Iara Almansa Carvalho
Nascimento Iara Almansa
1 de novembro de 1944 (75 anos)
Cachoeira do Sul
 Rio Grande do Sul
 Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Cônjuge Benjamin de Azevedo Carvalho
Alma mater UFRGS
Ocupação Professora
advogada
escritora
cronista
poeta
Movimento literário Nativismo
Página oficial
http://www.acle.com.br/academico2.php?idAcad=8

Iara Almansa Carvalho [1] (Cachoeira do Sul, Rio Grande do Sul, 1 de novembro de 1944) é uma escritora - contista, cronista e poeta - Presidente da Academia Criciumense de Letras[2].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Iara Almansa Carvalho nasceu em Cachoeira do Sul, RS. Há mais de quarenta anos reside na cidade de Criciúma, SC.

Iara reside há 40 anos em Criciúma/Santa Catarina, para onde o casal se transferiu logo após o casamento; a razão da escolha desta cidade se deve ao fato da região ser um polo de extração mineral, vantagem profissional para a formação e especialidade de seu marido. Atualmente a Escritora, Filósofa e Bacharel em Direito.

Concluiu o ensino ginasial e o médio, respectivamente, no Colégio Estadual Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Cachoeira do Sul, em 1963. Realizou o Curso de Datilografia pela Escola Remington Rand do Brasil S.A, de Cachoeira do Sul, em 1963, com duração de 3 meses.

Ingressou na Universidade do Rio Grande do Sul-URGS, hoje Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS, em 1964, onde vivenciou muitos movimentos de oposição à ditadura da época, pois tais eventos aconteciam, geralmente, na Rua Paulo Gama, em Porto Alegre, em frente à Reitoria e à Faculdade de Filosofia, onde a estudante em pauta frequentava seu curso. Em 1968 é graduada em Filosofia, recebendo seu certificado em gabinete uma vez que a Universidade vedara qualquer celebração de formatura em função do paraninfo escolhido ser o Dr. Ernani Maria Fiori, o qual havia sido expurgado do Brasil, por razões suspeitas, segundo o regime militar da época.

Iara é Bacharel em Ciências Sociais e Jurídicas pela Universidade do Extremo Sul Catarinense-UNESC/Criciúma/SC, diplomada em 2003.

Recebeu certificado de Mestre em Educação pelo IPLAC- Instituto Pedagógico Latino Americano e Caribenho de Cuba, convênio UNESC/IPLAC, em 1999.

Participou da Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores dos Estabelecimentos de Ensino de Criciúma-Steec, que abrange a Região Sul do Estado de Santa Catarina, como Suplente do Conselho Fiscal, na gestão de 1987 a 1990, e como Suplente de Diretoria, na gestão de 1990 a 1993.

Ocupa a cadeira n° 9 da Academia Criciumense de Letras-ACLe, desde sua fundação, em 1997, contribuindo com seus trabalhos literários nos gêneros: conto, poesias e crônicas. Já exerceu a função de Presidente da mesma entidade literária focada acima na gestão 2011/2012.

Participou, enquanto professora do Curso de Ciências Sociais e Jurídicas da UNESC de Criciúma/SC, de diversos congressos acontecidos em defesa da mulher e do gênero, assunto que adotou como bandeira de luta na sua carreira de professora universitária, tanto em eventos internacionaisl, como nacionais, estaduais e municipais, marcando presença como palestrante[3], ou, como mera assistente. É sócia fundadora do Instituto Histórico-Geográfico de Criciúma/SC, cuja fundação aconteceu no dia 12 de setembro de 2011.

Foi empossada como membro da UBERS-União Brasileira dos Escritores do Rio Grande do Sul no dia 1° de Outubro de 2013 no City Hotel de Porto Alegre.

Em 2011, tomou posse como acadêmica correspondente na Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves de Porto Alegre/RS, na, cadeira n° 3, cujo patrono é José Gomes Porto Alegre.

Hoje, faz parte da Governadoria da Associação Internacional de Poetas del Mundo para o Estado de Santa Catarina, como Suplente do Conselho Fiscal.

Trabalhos selecionados e premiados[editar | editar código-fonte]

A escritora em pauta acumulou muitos prêmios na área literária na qual vem exercendo uma atividade intensa.

- Primeiro lugar na “X semana literária do Curso de Letras da UNESC”, Criciúma/SC, Universidade na qual desempenhava suas funções de professora na época, com a crônica “Um dia de uma dona de casa”, em 1992.

- Primeiro lugar na “XI semana literária do Curso de Letras da UNESC”, Criciúma/SC com a crônica “Memórias da Infância”, de 1993.

- Primeiro lugar no “X Concurso literário interno para professores da UNESC”, Criciúma/SC, Departamento de Letras, com a crônica “A fofoqueira do encantado”, em 1994.

- Primeiro lugar no “X Concurso interno para professores da UNESC”, Criciúma/SC, Departamento de Letras, com o conto “A virgem Iluminada”, em 1994.

- Primeiro lugar no “XI Concurso interno para professores da UNESC”, Criciúma/SC, Departamento de Letras, com a crônica “A loteria camuflada”, em 1995.

- Primeiro lugar na “XIII Semana Literária – XII Concurso Literário para professores” promovido pelo Departamento de Letras da UNESC/Criciúma/SC, realizado em 1995, com a crônica “Carnaval em Laguna”.

- Primeiro lugar na “XIV Semana Literária – XIII Concurso Literário para Professores” promovido pelo Departamento de Letras da UNESC/Criciúma/SC, em 1996, com o poema “Apologia ao Vento”, e com o conto “Aventura e desventura de uma menina gorda”.

- Convidada pela Divine Académie des Arts, Lettres et Culture-Paris/França, para receber diploma e troféu na Cerimônia Solene de Outorga das Altas insígnias que aconteceu no ano de 2013, na cidade do Rio de Janeiro/RJ.

- Em Março de 2014, em Paris, Iara Almansa Carvalho com outros 22 escritores brasileiros de um total de 50, que participaram da Antologia “Brésil en Scène”, publicada em francês e lançada no “Salão do Livro de Paris”, receberam da “Divine Académie Française de Arts, Lettres et Culture” uma diplomação que atribuiu a cada participante a categoria de “La Dignité D’Ambassadeur”. A escritora foi, outrossim, condecorada, juntamente com os colegas participantes com uma medalha de posse da mesma academia e recebeu, ainda o reconhecimento e agradecimento pela participação no “Salão do Livro de Paris” com um diploma assinado pelo Presidente Francês François Hollande e por Mme. la Ministre de la Culture Française Aurélie Filippetti.

-Em 17 de Maio de 2014 participou com outros cinco autores Cachoeirenses de uma Sessão de Autógrafos em Cachoeira do Sul, evento cultural literário promovido por Martins Livreiro, Edigal – Editora e Distribuidora Gaúcha Ltda de Porto Alegre e Biblioteca Pública Municipal Dr. João Minssen de Cachoeira do Sul. A escritora em pauta, integra o rol das trinta personalidades notáveis da cidade de Cachoeira do Sul, sua cidade natal.

- Presidiu palestra sobre ”A discriminação em relação à mulher” na UBERS- União Brasileira dos Escritores do Rio Grande do Sul, em 4 de Julho de 2013, no Hotel City de Porto Alegre, com a duração de 1:30 horas, ganhando uma medalha da mesma entidade por sua participação.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Livros individuais[editar | editar código-fonte]

- “Filosofia”. Editora Livro Básico,1969, Porto Alegre/RS.

“Fragmentos de vida - crônicas e contos”. Editora Luana, 1997, Criciúma/SC.

- “O Engenheiro Agrimensor e sua Inserção Social”. Editora Luana, 1999, Criciúma/SC.

- “Repaginando a vida em versos”. Editora J. C. Dias, 2012, Criciúma/SC.

- “Sob o céu encoberto da Ditadura deitei meu olhar”. Edigal Editora, 2013, Porto Alegre/RS.

- Coletânea: “O Advogado e a Literatura – Poesias de Advogados”, resultante de concurso promovido e publicado pela CAASC/OAB de Florianópolis/SC, em 2000, no qual participou com outros 34 poetas advogados, tendo a escritora em foco, obtido o 1° lugar com o poema “Corpo Operário”, na categoria acadêmica.

- Coletânea: “Seleta de Versos” com a classificação dos escritores selecionados no “10° Concurso Literário ASAS”, vol. 12, São Luiz Gonzaga/RS, participação com o poema “Trajetória de Vida”, Editora Borck, 2000, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: “Encontro de Escritores – Nadir Silveira Dias & Amigos” Vol. 8, participação com o poema “Incompreensão”, Editora Borck, 2001, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: “Casa do Poeta” de São Luiz Gonzaga/RS, participação com o poema “Escrever”, Gráfica A Notícia Ltda, 2001, São Luiz Gonzaga/RS.

- Antologia Poética: do “Encontro de Escritores – João Antunes & Amigos”, participação com o poema “Apelo de uma professora aos alunos adolescentes”, Editora Borck, 2001, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: “Seleta de Versos 14”, participação com o poema “O Reverso da Medalha”, Editora e Gráfica A Notícia, 2001, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: do II Concurso “Letras da Casa” vol.2, com o título “Vertentes”, publicado pela Casa do Poeta de São Luiz Gonzaga/RS, com os poemas “Suspiros” , “Meu rosto”, “A cruz na estrada” e “Poesia” , Editora e Gráfica a Notícia, 2002, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: incluindo as obras selecionadas no III Concurso “Letras da Casa” com os poemas “Deus” e “Será que os sinos dobram pela guerra?”, classificados para publicação da Casa do Poeta de São Luiz Gonzaga/RS, Editora e Gráfica A Notícia, 2003, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: Luiz Henrique Borck & Amigos – em verso e prosa, Editora Borck, 2003, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: do “6° Concurso Literário Prêmio Missões”, promovido pela Igaçaba Produções Culturais, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Roque Gonzales/RS, tendo a escritora em foco obtido classificação nacional no concurso com o poema “Parodiando o Poeta Vinícius de Morais”, 2003, Roque Gonzales/RS.

- Coletânea: do “7° Concurso Literário Premio Missões”, patrocinado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Roque Gonzalez /RS, com o poema “Quem sou?”, obtendo Menção Honrosa Nacional, Editora Igaçaba Produções Culturais, 2004, Roque Gonzales/RS.

- Coletânea: em verso e prosa do “Encontro de Escritores – Maria Cordeiro Soares & Amigos”, vol. 12, participação com o poema “Balanço da Vida”, Editora Borck, 2004, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: em verso e prosa no “Encontro de Escritores – Nelson Fachinelli & Amigos”, vol. 10, participação com o poema “Ânsia de Ser”, Editora Borck, 2004, São Luiz Gonzaga/RS.

- Coletânea: do “8° Prêmio Missões”, promovida pela Igaçaba Produções Culturais, participação com o poema “Mundo Caótico”, Editora Santo Ângelo Ltda, 2005, Roque Gonzales/RS.

- Coletânea: “Letras Contemporâneas” – prosa e verso, vol. 9, participação com o poema “Pintando a velhice”, pag. 77, Gráfica Santo Ângelo Ltda, 2006, Sto Angelo/RS.

- Antologia: “Letras Contemporâneas – Prosa e Verso”, vol. 10, participação com o poema “Onde está a verdade?”, Ediuri, 2007, Santo Ângelo.

- Antologia: “Concurso Cultural Brasil Casual”, promovido pelo Movimento Cultural Brasil Casual”, tendo obtido Menção Honrosa com o poema “Velhice Sem Perspectivas”, em Julho de 2012, e selecionada para publicação da antologia em novembro de 2012.

- Antologia: “Concurso Cultural Brasil Casual”, promovido pelo Movimento Cultural Brasil Casual”, tendo obtido Menção Honrosa com o poema “PECADOS”, em setembro de 2013, e selecionada para publicação da antologia em outubro de 2013.

- Artigo: “Justiça e Paz se abraçarão” Jornal Eco, órgão de circulação interna do Colégio São Bento de Criciúma, 1996, Criciúma/SC.

- Artigo: “E o Processo de Interdisciplinaridade continua ...”, Jornal Eco- periódico interno do Colégio São Bento de Criciúma/SC, 1998, Criciúma/SC.

- Artigo: “Pontuações Históricas sobre cerâmica”, publicação feita na REVISTA BRASILCERÂMICA – Revista Brasileira de Tecnologia Cerâmica, publicação técnica do Instituto Maximiliano Gaidzinski, Editora e Livraria Luana Ltda., 2008 Cocal do Sul/SC.

- ANTOLOGIA: Da “União Brasileira dos Escritores do Rio Grande do Sul-UBERS”, n° XVIII, lançada na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre, em 11 de Novembro de 2013.

- Textos literários: com publicações anuais nos gêneros conto, crônica e poesia na Revista da Academia Criciumense de Letras – ACLe, na qual ocupa parte nas publicações já no seu começo, ou seja, na revista de n° 1, de 1999 até a última edição de n° 14, de 2013.

Obras do autor[editar | editar código-fonte]

  • Livro A inserção social do Engenheiro Agrimensor, sociologia
  • Livro Filosofia - para estudantes do ensino médio, filosofia
  • Livro Fragmentos de vida, crônicas e contos
  • Tese A discriminação em relação à mulher numa abordagem histórico/evolutiva, sociologia
  • Livro Repaginando a vida em versos, poesias, 2012[4]

Atividades atuais[editar | editar código-fonte]

  • Presidente da Academia Criciumense de Letras (ACLE)[2]
  • Sócia-fundadora e Diretora do Instituto Histórico-Geográfico de Criciúma

Referências

  1. «ACLe - Currículo». Consultado em 01 out. 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b Márcio Búrigo se reúne com trio da Academia Criciumense de Letras
  3. «1 Simpósio Temático 01 - Seminário Internacional Fazendo Gênero» (PDF). Seminário Internacional Fazendo Gênero. 2008. Consultado em 11 de Outubro de 2012 
  4. «Repaginando a Vida Em Versos / Iara Almansa Carvalho». Estante Virtual. Consultado em 11 de Outubro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.