Ibraim I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ibrahim I)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sultão Ibrahim I, "o Louco", miniatura otomana (Palácio de Topkapı, Istambul).

Ibrahim I (em turco otomano: ابراهيم اول; em turco İbrahim; 5 de novembro de 161512 de agosto de 1648) foi o sultão do Império Otomano de 1640 até 1648. Foi também chamado de Ibrahim, o Louco (em turco: Deli İbrahim ou İbrahim Deli) devido a sua condição mental.

Um dos mais famosos sultões otomanos, foi libertado de Kafes e sucedeu ao seu irmão Murade IV (1623–40) em 1640, indo contra os desejos de Murade IV, que lhe havia ordenado o suicídio (Murade IV havia sucedido a seu irmão mais velho Osmã II em 1622). Ibrahim quase levou o império ao colapso em um curto espaço de tempo — comparável somente talvez, ao reinado de Focas (602–610) no Império Bizantino. Provavelmente mentalmente instável, ele possivelmente sofria de neurastenia, e também de depressão após a morte de seu irmão.

Precedido por
Murade IV
Sultão Otomano
16401648
Sucedido por
Maomé IV, o Caçador
Ícone de esboço Este artigo sobre Sultões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.