Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Templo da FLDS em Eldorado (Texas)

Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Fundamentalist Church of Jesus Christ of Latter Day Saints - FLDS) é o nome de uma ramificação A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias da qual se separaram na década de 1940 após a morte de Joseph Smith Jr.

A sua sede é em Hilldale (Utah). Não há com a A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sendo denominações distintas e separadas principalmente pelo fato da Igreja Fundamentalista praticar a poligamia.

Até 2007, esta seita era presidida por Warren Jeffs, que sucedeu a seu pai Rulon Jeffs em 2002. Durante cerca de dois anos, Warren Jeffs foi procurado por crimes sexuais, e de Maio de 2004 até ser preso em Agosto de 2006 esteve na lista dos Dez mais procurados do FBI.[1] Em 25 de Setembro de 2007, Jeffs foi considerado culpado de violação[2][3] e sentenciado a prisão perpétua em regime fechado até os 100 anos e a uma multa de US $10.000,00 pelo abuso das meninas de 12 e 15 anos de idade.[4] Resignou formalmente à presidência da FLDS em 20 de Novembro de 2007.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. «Jeffs guilty on both counts». The Salt Lake Tribune. 25 de setembro de 2007. Consultado em 25 de setembro de 2007 
  3. «Leader of Utah Polygamist Sect Guilty in Rape Case». The Associated Press. 25 de setembro de 2007. Consultado em 25 de setembro de 2007 
  4. [2]
  5. Nancy Perkins, "Warren Jeffs resigns as leader of the FLDS Church", Deseret Morning News, 2007-12-05.
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.