Inés Arrimadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inés Arrimadas
Líder da oposição
no Parlamento da Catalunha
Período 26 de outubro de 2015
a 27 de outubro de 2017
Antecessor Oriol Junqueras
Deputada do Parlamento da Catalunha
por Barcelona
Período 17 de dezembro de 2012atualidade
Dados pessoais
Nome completo Inés Arrimadas García
Nascimento 3 de julho de 1981 (37 anos)
Jerez de la Frontera
Nacionalidade espanhola
Alma mater Universidade Pablo de Olavide
Cônjuge Xavier Cima i Ruiz (2016–)
Partido Cidadãos - Partido da Cidadania (2011–)

Inés Arrimadas García (Jerez de la Frontera, 3 de julho de 1981) é uma advogada e política espanhola, deputada do Parlamento da Catalunha pelo grupo Cidadãos - Partido da Cidadania e líder da oposição durante a XI Legislatura.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Inés Arrimadas é a menor de cinco filhos do matrimônio composto por Rufino Arrimadas e Inés García, ambos oriundos de Salmoral, na província de Salamanca[1]. Na década de 1960, a família mudou-se para Barcelona, onde seu pai obteve um lugar na Polícia Científica e em um escritório de advocacia[2]. Nos anos 1970, mudaram-se para Jerez de la Frontera. Ali seu pai abriu o próprio escritório de advogados, além de ostentar o posto de concejal pela União de Centro Democrático (UCD) entre 1979 e 1983.

É licenciada em Direito e Administração de empresas pela Universidade Pablo de Olavide, em Sevilha. Antes de ocupar o cargo de deputada, durante vinte anos exerceu o cargo de consultora de operações e estratégia para o grupo empresarial Daleph e de responsável pela qualidade e administração do grupo MAT, na região de Campo de Gibraltar.

Ela começou a viver em Barcelona entre os anos de 2006 e 2008 por motivos de trabalho e, em 2011, ingressou no partido como militante do partido Cidadãos - Partido da Cidadania desde 2011, sendo também porta-voz da juventude partidária[3]. Em novembro de 2012, foi eleita para o Parlamento da Catalunha, e se tornou, com 31 anos, porta-voz adjunta do grupo parlamentar. Como deputada, atua como porta-voz do seu partido nas comissões parlamentares de negócios e emprego; políticas para combater o desemprego; igualdade; juventude e reforma horaria; Conselho Consultivo do Parlamento sobre Ciência e Tecnologia (CAPCIT) e na Comissão de Investigação sobre Falência da Spanair[4]. Em 2014, foi premiada como vice-campeã na categoria Jovem Europeu do Ano dos prêmios Leader (Liberal Democrat Local and Regional Politicians Awards), concedido pela Aliança dos Liberais e Democratas do Comitê das Regiões da União Europeia[5].

Em 2015, foi candidata nas eleições ao Parlamento da Catalunha, representando Barcelona. Durante a campanha, ela se apresentou como garantia de uma centralidade "que permite as pontes entre a Catalunha e o resto da Espanha". Seu partido recebeu um total de 25 lugares no Parlamento. Em janeiro de 2016, a presidente do Parlamento, Carme Forcadell, nomeou-a formalmente líder da oposição, embora Arrimadas tenha renunciado aos privilégios dessa condição[6].

Em maio de 2017, ganhou as primárias do partido Cidadãos para ser a candidata à presidência da Generalitat da Catalunha nas próximas eleições ao Parlamento da Catalunha[7].

Referências

  1. ««Siempre que puedo digo que soy salmantina porque así me siento»». El Norte de Castilla. 4 de março de 2015. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  2. Del Campo, Eduardo (4 de outubro de 2015). «Retrato familiar de Inés Arrimadas desde Jerez: 'La niña ya es imparable'». El Mundo. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  3. Almirón, Victor Ruiz de (28 de setembro de 2015). «Arrimadas, la obra más perfecta de Rivera». Diario ABC. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  4. «Inés Arrimadas, una andaluza que aspira a la Generalitat». La Vanguardia. 3 de julho de 2015. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  5. «17 cosas que no sabías de Inés Arrimadas». Huffington Post. 28 de setembro de 2015. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  6. «Forcadell declara Arrimadas cap de l'oposició al Parlament». Corporació Catalana de Mitjans Audiovisuals. 26 de janeiro de 2016. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  7. «Inés Arrimadas gana las primarias de Cs para la Generalitat con el 96% de los votos». Europa Press Catalunya. 27 de maio de 2017. Consultado em 5 de novembro de 2017