Incahuasi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a localidade peruana, veja Incahuasi (distrito).
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Incahuasi.

Incahuasi é um pico localizado na fronteira da Argentina com o Chile. Ele possui 6,621 metros de altitude, sendo, de acordo com a pesquisa do montanhista Maximo Kausch, a décima segunda montanha mais alta dos Andes[1]. O Incahuasi se localiza na Cordilheira dos Andes, na região da Puna do Atacama, que é um extenso planalto vulcânico entre o Norte do Chile e da Argentina que pode ser considerado como a parte Sul do Altiplano da Bolívia.

O Incahuasi é na verdade um estrato vulcão, assim como as montanhas ao seu redor, dais quais se destaca o Ojos del Salado.

Ele foi primeiramente escalado pelo geógrafo alemão, a serviço do Instituto Geográfico Militar argentino Walther Penck, criador de importantes teorias da Geomorfologia no ano de 1913[2]. No entanto há diversos indícios que o mesmo já tivesse sido escalado por povos pré colombianos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Maximo Kausch (10 de fevereiro de 2011). «As 110 montanhas de 6000 nos Andes». AltaMontanha.com. Consultado em 10 de junho de 2014 
  2. Pedro Hauck (14 de março de 2011). «Walther Penck. O Kaiser dos Andes». AltaMontanha.com 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Argentina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.