Jacinto (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jacinto
  Município do Brasil  
Vista parcial da cidade
Vista parcial da cidade
Símbolos
Bandeira de Jacinto
Bandeira
Brasão de armas de Jacinto
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Jaça"
Gentílico jacintense
Localização
Localização de Jacinto em Minas Gerais
Localização de Jacinto em Minas Gerais
Mapa de Jacinto
Coordenadas 16° 08' 38" S 40° 17' 34" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Almenara, Jordânia, Salto da Divisa, Santa Maria do Salto, Santo Antônio do Jacinto e Rubim
Distância até a capital Não disponível
História
Fundação 31 de dezembro de 1943
Administração
Prefeito(a) Valdenir da Silva Júnior (PSDB, 2020 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 1 390,518 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 12 134 hab.
Densidade 8,7 hab./km²
Clima semiárido[1] (BSh)
Altitude 180 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 39930-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,620 médio
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 58 158,806 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 4 523,86
Website jacinto.mg.gov.br (Prefeitura)
camarajacinto.mg.gov.br (Câmara)

Jacinto é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localiza-se a uma latitude 16º08'40" sul e a uma longitude 40º17'36" oeste, estando a uma altitude de 180 metros. Está localizado na zona geográfica do Médio Baixo Jequitinhonha, situado a 830 km da capital Belo Horizonte. Sua população estimada em 2007 era de 12.422 habitantes. Possui uma área de 1395,3 km².

Tem como tradição as suas festas juninas no mês de junho, com as tradicionais quadrilhas e barraquinhas na casa paroquial, além de suas folias de reis. A alta temporada turística em Jacinto se concentra nos meses de junho-julho e dezembro-janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

Segundo a tradição, em 1900 morreu nas margens de um córrego um homem chamado Jacinto. Por isso que o córrego passou a se chamar córrego do Jacinto, que mais tarde deu o nome a cidade.

Em 1912, um homem chamado José Lúcio, de passagem por essa região, comprou uma faixa de terras que se estendia do "córrego das Farinhas" até três quilômetros do local que se tem hoje a cidade. Em 1919, o Sr. Antônio Lúcio contruiu a primeira casa e, nos anos seguintes, já começou a formar um pequeno povoado, que mais tarde ficaria conhecido como "Barra do Jacinto". O povoado dia-a-dia ia progredindo e aumentando. No dia 13 de fevereiro de 1930 morre o Sr. Antônio Lúcio, mesmo ano em que quase toda população do povoado foi dizimada por uma epidemia de varíola.

No dia 8 de dezembro de 1938, o povoado foi elevado à categoria de de vila. Daí surgem muitos nomes pelos quais fizeram história nesta cidade, como professor Estevão Araújo, José Pedreira Cavalcante, entre outros, que junto com o povo ajudou Jacinto a progredir cada vez mais.

Em 16 de dezembro de 1948, o município de Jacinto foi elevado categoria de comarca, pela Lei Estadual nº 336/48.

Referências

  1. «Nova delimitação Semiárido» (PDF). Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste. 2 de abril de 2018. p. 26. Consultado em 22 de julho de 2019 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 22 de julho de 2019 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.