Jacob Barata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jacob Barata
Nascimento 13 de agosto de 1932
Belém, Pará Pará
Residência Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasil brasileiro
Filho(s) Rosane, Jacob Barata Filho, David e Daniel
Ocupação empresário e banqueiro
Principais trabalhos Sócio fundador do Grupo Guanabara

Jacob Barata (Belém, 13 de agosto de 1932) é um empresário e banqueiro brasileiro, de origem judaico-sefardita, no ramo de transporte rodoviário de passageiros, nascido no Pará e radicado na cidade do Rio de Janeiro, sócio fundador do Grupo Guanabara.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jacob Barata começou no setor de transporte aos 18 anos, no início dos anos 1950. Era motorista da linha Madureira-Irajá na cidade do Rio de Janeiro.[1] Quando adquiriu sua primeira lotação, um Chevrolet de dez lugares[2], tornou-se o pioneiro na ligação Zona Oeste-Centro da cidade.

Em 1955, com o fim das permissões para operar os serviços de lotação, abriu, com três sócios, a Viação Elizabeth. Dois anos depois, fundou sua primeira empresa, a Viação Rosane (nome de sua filha). Um de seus sócios e também amigo de toda vida no Rio de Janeiro, foi o imigrante português Gaspar Gil Pizarro de Albuquerque d'Orey. Expandiu seus investimentos ao longo dos anos, tanto no segmento de transportes quanto no bancário, hoteleiro e nas revendas Mercedes-Benz, criando o Grupo Guanabara. A construção de sua sede própria foi feita na Avenida Brasil em um prédio de arquitetura moderna e premiada. Atualmente é um notório empresário do ramo rodoviário[3] e dono de um dos maiores conglomerados de transporte de passageiros do Brasil nos segmentos rodoviário e urbano, com cerca de 20 mil colaboradores e frota de 6 mil ônibus, que transportam mais de 3 milhões de passageiros por dia, além de um banco, o Banco Guanabara, concessionárias, operadora de turismo e imóveis.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. *O Globo. «Jacob Barata, o pai, e a fama de ‘bicho-papão’». 12 de novembro de 2013. Consultado em 7 de setembro de 2016. 
  2. Folha de S.Paulo (1 de novembro de 2001). «Maior empresário de ônibus do Rio de Janeiro dirigiu lotação». 
  3. Veja (27 de março de 2012). «Operação no exterior». 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.