Jak and Daxter: The Precursor Legacy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jak and Daxter:
The Precursor Legacy
Desenvolvedora(s) Naughty Dog
Publicadora(s) Sony Computer Entertainment
Diretor(es) Jason Rubin
Projetista(s) Evan Wells
Escritor(es) Jason Rubin
Programador(es) Andy Gavin
Mark Cerny
Charlotte Francis
Artista(s) Bob Rafei
Charles Zembillas
Bruce Straley
Erick Pangilinan
Compositor(es) Josh Mancell
Motor Kinetica
Plataforma(s) PlayStation 2
Série Jak and Daxter
Data(s) de lançamento
  • AN 3 de dezembro de 2001
  • PAL 7 de dezembro de 2001
  • JP 20 de dezembro de 2001
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Um jogador
Jak II

Jak & Daxter: The Precursor Legacy é um jogo de plataforma desenvolvido pela Naughty Dog e publicado pela Sony Computer Entertainment. É o primeiro jogo da série Jak and Daxter. O Jogo foi lançado exclusivamente para o PlayStation 2 em 3 de dezembro de 2001 na América do Norte, 7 de dezembro na Europa e 20 de dezembro no Japão. Foi relançado em fevereiro 2012 para o Playstation 3, junto com Jak II e Jak 3, na compilação Jak and Daxter Collection.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Jak e Daxter possui muitas semelhanças com os jogos de plataforma Banjo-Kazooie e Super Mario 64, em que o principal objetivo consiste em reunir elementos, a fim de avançar através dos níveis. O jogador também tem acesso a super-capacidades humanas, como salto-duplo, ser mais rápido, e manter apenas limitado a danos quando cair de uma grande altura.

O jogo gira em torno da coleta de Baterias, conhecidas como Células de Poder, que podem ser obtidas completando diversos tipos de desafios, como chegar em um determinado local de cada estágio. Também é possível coletá-las, pagando uma determinada quantidade de Esferas dos Precursores, aos habitantes das vilas do jogo.

Locais[editar | editar código-fonte]

O jogo possui um grande número de locais diferentes, interligados por um mapa para o jogador explorar. Cada um dos locais contém oito Baterias, com exceção dos níveis dos chefes, vilas, e de transição de vilas. Você pode ir e vir pelo mapa, sem ter de esperar em uma tela de carregamento separada.

Os locais do jogo são típicos de jogos do gênero plataforma. Dentre elas estão florestas, vulcões, montanhas de gelo, entre outros.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O jogo foi aclamado pelos críticos, recebendo muitos elogios quanto à seus gráficos, jogabilidade, animações dos personagens, etc. O jogo tem uma pontuação média de 90,22% no site GameRankings, e 90 no Metacritic. Outro ponto muito elogiado, foi sua ausência de carregamentos.

O site IGN concedeu uma nota 9.4 de 10, dizendo "Ele tem esse sentimento mágico que nem todos os jogos podem possuir e que é apenas uma alegria de jogar.[...] Jak and Daxter é uma obra-prima e um dos melhores jogos já lançados no gênero,[...]". O site também listou o jogo como 8º colocado no seu "Top 25 Jogos de PS2 de Todos os Tempos".

O site GameSpot deu uma pontuação de 8.8 de 10, elogiando a execução e elementos de ação que "garantem que as coisas não se tornem maçantes", e continuou: " Ao lado de Rayman 2, Jak e Daxter é o melhor jogo de plataforma 3D disponível para o PlayStation 2."

Sites Notas
IGN 9.4 de 10
GameSpot 8.8 de 10

Referências[editar | editar código-fonte]