James Blish

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
James Benjamin Blish
Pseudônimo(s) William Atheling Jr.
Nascimento 23 de maio de 1921
East Orange, Nova Jersey
Morte 30 de julho de 1975
Henley-on-Thames, Inglaterra
Nacionalidade Estados Unidos
Ocupação Escritor de Ficção Científica, Fantasia e Crítico
Gênero literário Ficção científica, Fantasia
Carreira musical
Período musical 1956 - 1975
Assinatura
James Blish Signatures.jpg
Página oficial
www.blish.org

James Benjamin Blish (East Orange, Nova Jersey, 23 de maio de 1921 – Henley-on-Thames, 30 de julho de 1975) foi um autor americano de fantasia e ficção científica. Blish também escreveu crítica de ficção científica sob o pseudônimo de William Atheling Jr.

Biografia[editar | editar código-fonte]

No final dos anos 1930 e começo dos anos 1940, Blish foi membro dos Futurianos.

Blish começou sua carreira como biólogo formado na Rutgers e na Columbia University, e passou o período de 1942 a 1944 como técnico médico no Exército dos Estados Unidos. Após a guerra, ele se torna editor científico para a indústria farmacêutica Pfizer. Seu primeiro conto publicado aparece em 1940, e sua carreira como escritor progrediu até o ponto em que ele abriu mão do seu trabalho para seguir como escritor profissional.

Acredita-se que ele foi o criador do termo "gigante gasoso", no conto "Solar Plexus" que aparece na antologia Beyond Human Ken, editada por Judith Merril. (O conto fora originalmente publicado em 1941, mas a versão anterior não continha o termo; Blish aparentemente o adicionou numa re-escritura feita para a antologia, que foi publicada em1952.)

Blish foi casado com a agente literária Virginia Kidd de 1947 a 1963.

Entre 1967 e sua morte em 1975, Blish tornou-se o primeiro autor a escrever coleções de contos baseados na série televisiva clássica 'Star Trek . Ao todo, Blish escreveu 11 volumes de contos adaptados de episódios da série dos anos 1960, e também um romance original, Spock deve morrer! em 1970 — o primeiro romance para adultos baseado na série (desde então muitos têm sido publicados). Ele morreu durante a escrita de Star Trek 12 ; sua mullher, J. A. Lawrence, completou o livro.

Blish viveu em Milford, na Pensilvânia, em Arrowhead até o meio da décda de 1960. Em 1968, Blish emigrou para a Inglaterra, e viveu em Oxford até falecer por câncer de pulmão em 1975. Foi enterrado no Holywell Cemetery, Oxford, próximo ao túmulo de Kenneth Grahame.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este(a) artigo sobre um(a) escritor(a) de ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.