Jean-Luc Ponty

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean-Luc Ponty
Jean-Luc Ponty, no Nice Jazz Festival de 2008
Informação geral
Nascimento 29 de setembro de 1942 (75 anos)
Local de nascimento Avranches
 França
Gênero(s)
Ocupação(ões) Músico
Compositor
Instrumento(s)
  • Violino
  • violino elétrico
  • clarinete
  • saxofone
  • piano
Período em atividade 1958–presente
Gravadora(s)
Afiliação(ões)
Página oficial www.ponty.com

Jean-Luc Ponty (Avranches, 29 de setembro de 1942) é um músico, violinista virtuoso e compositor francês de jazz.[1]

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Ponty nasceu em uma família clássicad de múscos em 29 de setembro de 1942, em Avranches, na França. Seu pai o ensinou a tocar violino, enquanto sua mãe o ensinou a tocar piano. A partir dos dezesseis anos de idade, entrou para o Conservatório Nacional Superior de Música e Dança de Paris, graduando dois anos após o recebimento de seu maior prêmio de honra, o Premier Prix. Devido ao êxito musical, foi admitido pela Orquestra Lamoureux, onde tocou durante três anos.[2]

Ainda fazendo parte da orquestra em Paris, Ponty começou a tocar clarinete para uma banda de jazz universitária que performava em festas locais. O interesse crescente pela sonoridade do jazz de Miles Davis e John Coltrane, o levou a aprender a tocar saxofone tenor. Numa noite após uma apresentação da orquestra da qual fazia parte e ainda vestido no seu smoking, Ponty tocou seu violino em um clube local. Dentro de quatro anos, foi aclamado como a principal figura de jazz violino. Naquela época, Ponty teve uma carreira musical dúbia, ensaiando e performando para a Orquestra Lamourex e também tocando jazz até às três da manhã em clubes parisienses. A demanda de sua agenda o levou para outros caminhos.[3]

Em 2011, Ponty foi convidado pelo líder pianista Chick Corea, líder da banda Return to Forever, para fazer parte do grupo musical em uma série de apresentações durante o ano. Jean é casado e tem duas filhas. Uma delas, Clara Ponty, é pianista e compositora.[4]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Jazz Long Playing – 1964
  • Violin Summit – 1966
  • Sunday Walk – 1967
  • Cantaloupe Island – 1967
  • Jean-Luc Ponty Experience – 1969
  • Mahavishnu Orchestra: Apocalypse – 1974
  • Upon the Wings of Music – 1975
  • Aurora – 1976
  • Voyage – 1976
  • Enigmatic Ocean – 1977
  • Cosmic Messenger – 1978
  • A Taste for Passion – 1979
  • Civilised Evil – 1980
  • Mystical Adventures – 1982
  • Individual Choice – 1983
  • Open Mind – 1984
  • Fables – 1985
  • The Gift of Time – 1987
  • Storytelling – 1989
  • Tchokola – 1991
  • No Absolute Time – 1993
  • Le Voyage – 1996
  • Live at Chene Park – 1997
  • The Very Best of Jean-Luc Ponty – 2000
  • The Best of Jean-Luc Ponty – 2000
  • Life Enigma – 2001
  • Live at Semper Opera – 2002
  • In Concert – 2003
  • The Acatama Experience – 2007

Referências

  1. Lee, Daniel (1 de junho de 2017). «Jean-Luc Ponty». Jean-Luc Ponty The Atlantic Years. The John G. Shedd Institute for the Arts (The Shedd). Consultado em 12 de dezembro de 2017 
  2. «Home | Jean Luc Ponty Official Website». Ponty.com. Consultado em 4 de julho de 2011 
  3. Berendt, Joachim E. (1976). The Jazz Book. [S.l.]: Paladin , p. 301
  4. «News | Jean Luc Ponty Official Website». Ponty.com. 12 de janeiro de 2011. Consultado em 4 de julho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.