Jeffrey Jones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Jeffrey Jones (desambiguação).
Jeffrey Jones
Jeffrey Jones em 2012
Nome completo Jeffrey Duncan Jones
Nascimento 28 de setembro de 1946 (72 anos)
Buffalo,  Estados Unidos
Ocupação Ator
Atividade 1970–presente
Cônjuge Julian Coutts
IMDb: (inglês)

Jeffrey Duncan Jones (Buffalo, 28 de setembro de 1946) é um ator norte-americano, conhecido principalmente por suas atuações em Amadeus como o Imperador Joseph II, Curtindo a Vida Adoidado, como o Diretor Ed Rooney e em Os Fantasmas se Divertem, como Charles Deetz.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jones nasceu em Buffalo, Nova Iorque em 28 de setembro de 1946, filho de uma historiadora - Ruth Jones e Douglas Bennett Jones, que morreu quando Jeffrey ainda era criança. Estudou na Sylvia Herpolscheimer Academy of Performing Arts, depois na Universidade de Lawrence e por fim na Academia de Música e Artes de Londres.[1] É pai do ator Julian Coutts.

Vida profissional[editar | editar código-fonte]

Jones interpretou diversos papéis ao longo de sua carreira, contudo tornou-se conhecido por Amadeus, ao interpretar o Imperador Joseph II; Curtindo a Vida Adoidado, como Edward Rooney, o diretor que persegue Ferris durante o dia em que mata aula e Os Fantasmas se Divertem (Beetlejuice), como Charles Deetz o excêntrico yuppie que compra a casa dos falecidos Maitland e tem de lidar com seus fantasmas. Esteve também, entre outras produções, no filme O Advogado do Diabo, contracenando com Keanu Reeves e Al Pacino, e em O Peste, interpretando o antagonista Gustav Shank. Também participou da série Deadwood.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Fique Ligado em Paranoias Parabólicas (1992) .... Spike

Prisão[editar | editar código-fonte]

Em 2003 Jones foi preso por estar em posse de pornografia infantil e solicitar a um garoto de 14 anos para que posasse nu.[2] Ele não contestou, sendo condenado a receber aconselhamento profissional e a ter seu nome no rol dos criminosos sexuais.[3] Em julho de 2004, foi preso pela polícia da Flórida depois de haver mudado de endereço sem que houvesse feito o prévio comunicado sobre a mudança.[4] Foi depois processado civilmente pelo menor, depois que tornou-se adulto.[5] Esta ocorrência abalou profundamente a carreira de Jones, colocando-o em ostracismo.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.