Beetlejuice

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Beetlejuice
Os Fantasmas Divertem-se (PT)
Os Fantasmas se Divertem (BR)
 Estados Unidos
1988 •  cor •  92 min 
Direção Tim Burton
Produção Michael Bender
Richard Hashimoto
Roteiro Michael McDowell
Larry Wilson
Warren Skaaren
Elenco Alec Baldwin
Geena Davis
Winona Ryder
Michael Keaton
Catherine O'Hara
Jeffrey Jones
Glenn Shadix
Género Comédia
Fantasia
Humor negro
Música Danny Elfman
Cinematografia Thomas E. Ackerman
Edição Jane Kurson
Companhia(s) produtora(s) The Geffen Film Company
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 30 de Março de 1988
Brasil 10 de Junho de 1988
Portugal 27 de Janeiro de 1989
Idioma Inglês
Orçamento US$ 15 milhões
Receita US$ US$ 73.7 milhões
Página no IMDb (em inglês)

Beetlejuice (br: Os Fantasmas se Divertem, pt: Os Fantasmas Divertem-se ) é um filme dos gêneros comédia de humor negro, terror e fantasia de 1988, dirigido por Tim Burton e com trilha sonora de Danny Elfman. A história segue um casal recém-falecido que contrata um bio-exorcista, Beetlejuice (Besouro Suco), para expulsar os yuppies que são os novos proprietários do seu casarão em Connecticut. O filme fez muito sucesso, levando a uma série de desenho animado da televisão na década de 90. Tornou-se clássica uma cena do filme, na qual os Deetz e seus convidados do jantar dançam (possuídos pelos fantasmas) ao som da música "Day-O (Banana Boat Song)", de Harry Belafonte.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Adam Maitland e sua esposa Barbara são um casal residente de Winter River, Connecticut. O casal decide passar às férias decorando seu enorme casarão no topo do monte, mas na volta de uma ida até a sua loja de ferragens na cidade, o casal tenta desviar o carro de um cachorro e sofrem um acidente, caindo do rio. Quando voltam para casa, não se lembram de como voltaram e quando Adam tenta refazer seus passos para descobrir como eles chegaram, os dois vão parar no deserto de Saturno onde encontram uma cobra de areia gigante que tenta atacá-los. Voltando para casa, os Maitland descobrem um livro intitulado "Manual Para Os Recentemente Falecidos", fazendo-os perceberem que morreram. Logo o casal descobre que a irmã corretora de Barbara vendeu a casa para os Deetz, uma família de yuppies de Nova York. A família é constituída pelo empresário em busca de sossego Charles, sua esposa escultora e neurótica Delia, e Lydia, a filha adolescente gótica e incompreendida pelo pai e pela madrasta. Adam e Barbara decidem expulsar os Deetz, mas como não podem ser vistos pelos vivos, suas tentativas não surtem nenhum efeito. Eles decidem então ir para o mundo dos mortos atrás de ajuda e que o local é marcado por burocracia, com uma enorme sala de espera. Após pegarem uma senha e serem chamados, são informados que têm de passar 125 anos em sua casa, tentando assustar os Deetz. Após tentativas frustradas (que só fazem Lydia percebê-los e ficar amiga do casal), Adam e Barbara decidem contrariar as leis de supervisão e pedir ajuda a um fantasma charlatão, vigarista, grosseiro e mórbido, que se intitula "bio-exorcista autônomo" e é especialista em assustar vivos. Seu nome é "Beetlejuice" (No Brasil, "Besouro Suco") e para contratar seus serviços é preciso pronunciar seu nome três vezes.

A partir daí várias situações inesperadas começam a acontecer e os Maitland vão percebendo as reais intenções de Besouro Suco e decidem voltar atrás na contratação do fantasma, mas agora é tarde e o fantasma já está aprontando e causando "estragos" na vida de todos na casa.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Elenco de dublagem[editar | editar código-fonte]

Série animada[editar | editar código-fonte]

Em 1989, um desenho animado produzido pela francesa Ellipse Programmé e a canadense Nelvana estreou, durando quatro temporadas até 1991. Nela, o mundo dos mortos passa a ser uma versão amalucada do mundo real chamado Lugar Nenhum. No Brasil, o protagonista foi dublado por Nilton Valério (que também fizera Michael Keaton no filme) e Isaac Schneider.

O próprio Tim Burton serviu como o produtor executivo da série.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2016, o diretor Tim Burton confirmou que o filme irá ganhar uma sequência. Michael Keaton, que interpretou o personagem título, e Winona Rider já estão confirmados no elenco.[1]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde setembro de 2018).
  • Michael Keaton gravou suas cenas no filme em apenas duas semanas.
  • Apesar do baixo orçamento, o filme foi um sucesso de bilheteria e abriu as portas para o diretor Tim Burton que anos mais tarde se tornaria um dos diretores mais respeitados de Hollywood.
  • Burton queria escalar Sammy Davis Jr. como o "bio-exorcista" Beetlejuice/ Betelgeuse (Besouro Suco), mas o estúdio não aceitou.
  • O estúdio não gostava do título original Beetlejuice, inspirado na estrela Betelgeuse, e queria batizar o filme de "House Ghosts" ou então "Scared Sheetless".
  • Jack Skellington, personagem protagonista de O Estranho Mundo de Jack aparece pela primeira vez em Os Fantasmas se Divertem (a caveira sorridente aparece no topo do chapéu circo/carrossel de Beetlejuice).
  • Catherine O'Hara entrou para o elenco do filme para substituir Anjelica Huston que, doente, precisou abandonar a produção.
  • A famosa cena do jantar seria embalada por uma música do grupo The Ink Spots, mas Jeffrey Jones e Catherine O'Hara achavam que a trilha deveria ser algo na linha do calipso, estilo musical afro-caribenho. Foi aí que Danny Elfman sugeriu "Banana Boat Song" de Harry Belafonte.
  • Beetlejuice usa diversos figurinos ao longo do filme, incluindo, além do famoso terno listrado, trajes de cowboy, guia de turismo, detetive dos anos 40, roupão de banho e um smoking rosa.
  • Originalmente Os Fantasmas Se Divertem seria um drama sobrenatural chamado "The Maitlands", que abordaria as dificuldades de um casal em se adaptar com sua vida pós-morte. As cenas escritas no roteiro do filme e vários dos personagens eram bem mais mórbidos originalmente e foi apenas quando o ator Michael Keaton pediu a Tim Burton liberdade artística para desenvolver seu personagem que o diretor resolveu transformar o filme em uma comédia de humor negro.[2][3]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1989 (EUA)

BAFTA 1989 (Reino Unido)

  • Indicado na categoria de melhor maquiagem e melhores efeitos especiais.

Prêmio Saturno 1989 (EUA)

  • Venceu nas categorias de melhor fime de terror, melhor maquiagem e melhor atriz coadjuvante (Sylvia Sidney).
  • Indicado nas categorias de melhor diretor, melhor música, melhor ator coadjuvante (Michael Keaton), melhor roteiro e melhores efeitos especiais.

Referências

  1. «Tim Burton confirma sequência de "Beetlejuice"». Gazeta do Povo. Consultado em 30 de julho de 2016. 
  2. «Os Fantasmas se Divertem 25 anos - Curiosidades». UOL Omelete. Consultado em 20 de novembro de 2016. 
  3. «Os Fantasmas Se Divertem - AdoroCinema». Adorocinema. Consultado em 20 de novembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de horror é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.