Edward Scissorhands

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edward Scissorhands
Eduardo Mãos de Tesoura[1] (PRT)
Edward Mãos de Tesoura[2] (BRA)
 Estados Unidos
1990 •  cor •  105 min 
Direção Tim Burton
Produção Denise Di Novi
Roteiro Caroline Thompson
História Tim Burton
Elenco Johnny Depp
Winona Ryder
Dianne Wiest
Anthony Michael Hall
Vincent Price
Alan Arkin
Gênero fantasia sombria
drama
romance
Música Danny Elfman
Cinematografia Stefan Czapsky
Figurino Colleen Atwood
Edição Richard Halsey
Colleen Halsey
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento 14 de dezembro de 1990 (eua)
Idioma inglês
Orçamento US$ 20 milhões[3]
Receita US$ 86 milhões[4]

Edward Scissorhands (bra: Edward Mãos de Tesoura; prt: Eduardo Mãos de Tesoura) é um filme de 1990, um conto de fadas moderno com tons sombrios e fantasiosos dos gêneros comédia dramática, romance e fantasia, dirigido por Tim Burton, com roteiro baseado em história del e de Caroline Thompson. Johnny Depp interpreta um humanóide artificial chamado Edward, uma criação inacabada que possui tesouras no lugar das mãos. O jovem é acolhido por uma família suburbana e se apaixona pela filha adolescente, Kim (Winona Ryder). Os demais papéis principais foram interpretados por Dianne WiestAnthony Michael HallKathy BakerVincent PriceAlan Arkin.

Burton criou o personagem ainda em sua infância no subúrbio de Burbank, Califórnia. Durante a pré-produção de Beetlejuice, Caroline Thompson foi contratada para adaptar a história de Burton em um roteiro, e o filme começou a ser desenvolvido pela 20th Century Fox, depois que a Warner Bros. desistiu de produzi-lo.  Edward Scissorhands foi então acelerado após o sucesso crítico e financeiro de Batman. O filme também marca a quarta colaboração entre Burton e o compositor de Danny Elfman, além de ter sido o último grande papel de Vincent Price nos cinemas.

Edward Scissorhands teve uma recepção positiva dos críticos e foi um sucesso financeiro, arrecadando mais de quatro vezes seu orçamento de US$ 20 milhões. O filme recebeu inúmeras indicações ao Oscar, ao British Academy Film Awards e ao Saturn Awards, além de ganhar o Hugo Award de Melhor Apresentação Dramática. Tanto Burton quanto Elfman consideram o filme seu melhor trabalho.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Uma garotinha pede para que sua avó lhe conte uma história para dormir sobre como surgiu a neve. A senhora então passa a contar, para a neta, a história de Edward.

Edward é a criação de um velho inventor, que veio a falecer antes de ter chance de terminar seu último trabalho, um jovem artificial de carne e osso, deixando-o sem nenhuma das mãos e completamente sozinho, na mansão sombria onde somente os dois moravam. No lugar das mãos existiam enormes tesouras com as quais Edward esculpia e cuidava do jardim da mansão. Certo dia, uma senhora muito simpática e atenciosa, chamada Peg Boggs, que trabalha vendendo produtos cosméticos, decide ir visitar a mansão de aparência meio sombria, para tentar vender seus produtos, depois de vendas nada produtivas (mansão essa que ficava no topo de uma montanha ao lado de seu bairro). Ao entrar na mansão, depara-se com Edward, e percebe que o rapaz estivera completamente sozinho durante muito tempo. Peg não consegue abandoná-lo lá e resolve levá-lo para passar um tempo em sua casa, junto com a família dela, o que causa muita agitação por parte de suas vizinhas, todas mulheres solteiras e fofoqueiras. Edward se torna celebridade e, por algum tempo, todas disputam sua atenção e parecem gostar de sua excentricidade, sendo que as esculturas de jardim e magníficos cortes de cabelo que Edward sabe fazer também fazem sucesso. Até Kim, a filha mais velha de Peg, por quem ele se apaixona à primeira vista e que não gosta do rapaz, em pouco tempo, passa a enxergar algo especial nele, o que não agrada seu namorado, o playboy possesivo Jim. Contudo, toda essa euforia ao redor de Edward não dura muito tempo. Jim quer comprar um pick-up para passear com Kim e decide assaltar sua própria casa para pegar o dinheiro do pai. Ele resolve se passar por amigo de Edward, para usar as mãos de tesoura do rapaz para abrir as portas da casa. Ao entrar na casa o alarme dispara e todos fogem, deixando Edward sozinho. Kim tenta convencer seu namorado a voltar, mas ele não o faz. A Polícia chega e leva Edward preso. Peg e seu marido Bill conseguem explicar todo o mal entendido para os policiais, mas, depois do acontecido, o bairro inteiro se volta contra ele, com a exceção de Kim, que sabe que ele nunca fizera nada de mal e o defende. Para tentar se reconciliar com a vizinhança e acalmar os ânimos a respeito de Edward, Peg dá uma festa de Natal, porém ninguém aparece. Enquanto faz uma escultura em uma peça de gelo, Edward acaba ferindo acidentalmente a mão de Kim. Jim acusa Edward de atacar Kim, parte pra cima dele e o expulsa de casa. Edward, farto de tanta incompreensão, sai pelas ruas. A polícia é acionada e o persegue, assim como alguns moradores da cidade. Edward retorna para a casa de Peg, encontra Kim, e eles se abraçam. Enquanto isso, Jim e um amigo bebem cerveja dentro de seu veículo. Jim ordena para o amigo, já bêbado, que dirija até a casa de Kim. Edward vê o veículo ao longe e percebe que este vai atropelar o irmão mais novo de Kim, Kevin. Edward pula na frente do veículo de Jim e salva a vida de Kevin. Na tentativa de ver se o garoto está bem, Edward acaba ferindo levemente o rosto do menino com suas mãos de tesoura. Os moradores saem de suas casas para ver o que está acontecendo. Jim sai do veículo e acusa Edward de atacar Kevin. Edward foge em direção a mansão e é perseguido pela polícia e pelos habitantes da cidade. Kim entra na mansão por outro caminho e encontra Edward. Jim, mesmo após ter sido rejeitado por Kim, aparece e tenta matá-lo. Trava-se então, na mansão de Edward, uma luta entre os dois, que termina com a morte de Jim, quando ele é perfurado por uma das tesouras de Edward e cai da janela do sótão da mansão. Assim, Edward e Kim se beijam e se despedem. Kim tem a ideia de forjar uma história trágica na qual Edward e seu ex-namorado mataram-se um ao outro, para que ele não seja preso, levando consigo uma tesoura reserva de Edward, como prova de sua "morte", para os moradores do bairro, que aguardavam apreensivos, fora da mansão.

Quando a senhora termina de contar a história para a netinha, é revelado que ela é Kim, agora já idosa. A menina então diz que ela ainda pode ir ver Edward, mas Kim diz que agora já está muito velha e prefere que este se lembre dela como ela era antes. A menina então pergunta para a avó (Kim) como ela sabe se Edward ainda está vivo e esta diz que não sabe com certeza, mas que antes de Edward aparecer nunca havia nevado antes. A neve que cobre toda a cidade são as raspas de gelo das esculturas que Edward produz no alto de sua mansão.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Intérprete
Edward Johnny Depp
Kim Boggs Winona Ryder
Peg Boggs Dianne Wiest
Jim Anthony Michael Hall
Bill Boggs Alan Arkin
O Inventor Vincent Price
Joyce Monroe Kathy Baker
Kevin Boggs Robert Oliveri
Helen Conchata Ferrell
Marge Caroline Aaron
Esmeralda O-Lan Jones
Cissy Linda Perri
Oficial Allen Dick Anthony Williams
George Monroe Biff Yeager

Recepção[editar | editar código-fonte]

O Cinema Score relatou que o público deu ao filme uma nota "A-".[5]

No consenso do agregador de críticas Rotten Tomatoes diz: "A primeira colaboração entre Johnny Depp e Tim Burton (...) é um conto de fadas moderno mágico com conotações góticas e um centro doce." Na pontuação onde a equipe do site categoriza as opiniões da grande mídia e da mídia independente apenas como positivas ou negativas, o filme tem um índice de aprovação de 90% calculado com base em 62 comentários dos críticos. Por comparação, com as mesmas opiniões sendo calculadas usando uma média aritmética ponderada, a nota alcançada é 7,6/10.[6]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
1990 Los Angeles Film Critics Association Awards Melhor Atriz Coadjuvante Dianne Wiest Indicado [7]
New York Film Critics Circle Awards Melhor Cinematografia Stefan Czapsky Indicado
1991 Oscar Melhor Maquiagem Ve Neill, Stan Winston Indicado
Globo de Ouro Melhor ator - comédia/musical Johnny Depp Indicado
Saturn Award Melhor Filme de Fantasia Venceu
Melhor Atriz Winona Ryder Indicado
Melhor Ator Coadjuvante Alan Arkin Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Dianne Wiest Indicado
Melhor Figurino Colleen Atwood Indicado
Melhor Música Danny Elfman Indicado
Chicago Film Critics Association Awards Melhor Atriz Coadjuvante Dianne Wiest Indicado
Hugo Awards Melhor Apresentação Dramática Tim Burton, Caroline Thompson Venceu
National Society of Film Critics Awards Melhor Atriz Coadjuvante Dianne Wiest Indicado
1992 BAFTA Melhor Produção de Arte Bo Welch Venceu
Melhor Figurino Colleen Atwood Indicado
Melhor Maquiagem Ve Neill Indicado
Melhores Efeitos Especiais Stan Winston Indicado
Prêmios Sant Jordi Melhor Atriz Estrangeira Winona Ryder Venceu
Melhor Filme Estrangeiro Venceu
Grammy Award Melhor Composição instrumental Escrita para Filmes ou TV Danny Elfman Indicado

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Edward Scissorhands [Original Motion Picture Soundtrack]
Álbum de estúdio de Danny Elfman
Lançamento 1990
Duração 49:20
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas.[8]
N.º TítuloCompositor(es)Intérprete(s) Duração
1. "Edward Meets the World: Introduction (Titles)"  Danny ElfmanDanny Elfman 2:36
2. "Edward Meets the World: Storytime"  Danny ElfmanDanny Elfman 2:35
3. "Edward Meets the World: Castle on the Hill"  Danny ElfmanDanny Elfman 6:25
4. "Edward Meets the World: Beautiful New World/Home Sweet Home"  Danny ElfmanDanny Elfman 2:05
5. "Edward Meets the World: The Cookie Factory"  Danny ElfmanDanny Elfman 2:14
6. "Edward Meets the World: Ballet de Suburbia (Suite)"  Danny ElfmanDanny Elfman 1:17
7. "Edward Meets the World: Ice Dance"  Danny ElfmanDanny Elfman 1:45
8. "Edward Meets the World: Eitquette Lesson"  Danny ElfmanDanny Elfman 1:38
9. "Edward Meets the World: Edwardo the Barber"  Danny ElfmanDanny Elfman 3:19
10. "Poor Edward: Esmeralda"  Danny ElfmanDanny Elfman 0:27
11. "Poor Edward: Death!"  Danny ElfmanDanny Elfman 3:29
12. "Poor Edward: The Tide Turns (Suite)"  Danny ElfmanDanny Elfman 5:31
13. "Poor Edward: The Final Confrontation"  Danny ElfmanDanny Elfman 2:17
14. "Poor Edward: Farewell"  Danny ElfmanDanny Elfman 2:46
15. "Poor Edward: The Grand Finale"  Danny ElfmanDanny Elfman 3:26
16. "Poor Edward: The End"  Danny ElfmanDanny Elfman 4:47
17. "Poor Edward: With These Hands"  Danny ElfmanDanny Elfman feat: Tom Jones 2:43
Duração total:
49:20

Desempenho nas Paradas Musicais[editar | editar código-fonte]

Ano Ranking Posição Ref.
1991 The Billboard 200 #174 [9]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
1992 Grammy Award Melhor Composição instrumental Escrita para Filmes ou TV Danny Elfman Indicado [7]

Referências

  1. «Edward Scissorhands». CineCartaz. Consultado em 29 de outubro de 2022 
  2. «Edward Scissorhands». AdoroCinema. Consultado em 29 de outubro de 2022 
  3. «Edward Scissorhands». The Wrap (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2022 
  4. «Edward Scissorhands». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2022 
  5. «CinemaScore» (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2022 
  6. «Edward Scissorhands». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2022 
  7. a b imdb.com/awards Awards & Nominations
  8. «Edward Scissorhands [Original Motion Picture Soundtrack]» 
  9. allmusic.com/awards Charts

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Edward Scissorhands