Danny Elfman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde outubro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Danny Elfman
Danny Elfman no Comic-Con de 2010 promovendo a caixa de música do 25º Aniversário da parceira de Tim Burton e Danny Elfman.
Informação geral
Nome completo Daniel Robert Elfman
Nascimento 29 de maio de 1953 (65 anos)
Origem Los Angeles, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock,[1] trilha sonora, ska[2]
Instrumento(s)
  • Trombone
  • guitarra
  • percussão
  • vocais
  • piano
  • teclado[3]
Outras ocupações Cantor e compositor
Afiliação(ões) Oingo Boingo

Daniel (Danny) Robert Elfman (Los Angeles, California, 29 de maio de 1953) é um cantor e compositor estadunidense de origem alemã, um dos maiores músicos da história dos Estados Unidos. Responsável por diversas trilhas musicais do cinema em Hollywood e foi vocalista e líder do grupo pop new wave Oingo Boingo que vendeu milhões no mundo inteiro nos anos 80 e 90.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É casado atualmente com a atriz Bridget Fonda, com quem tem um filho chamado Oliver, nascido em janeiro de 2005. Ele também é pai de duas filhas de um casamento anterior.

Trabalhos e estilo[editar | editar código-fonte]

Danny Elfman inciou na música como líder da banda Oingo Boingo, fundada por seu irmão Richard Elfman em 1972, cujo maior sucesso foi a canção "Stay", nos anos 80. Esta e outras músicas foram usadas como trilha em filmes, dos quais o mais conhecido foi em Weird Science (Mulher Nota Mil, no Brasil), com uma música com o mesmo título.

Seu estilo, marcadamente operístico e dramático já era percebido em seu primeiro trabalho, "Forbidden Zone". Como membro da Oingo Boingo participou da trilha sonora de diversos filmes, na década de 80.

Trabalhou em 2007 com a banda de heavy metal e hard rock Avenged Sevenfold na orquestração da música A Little Piece Of Heaven. Inclusive esta música foi lançada como clipe pela banda tendo sido muito elogiada como uma música obscura, meio-circense com leve toques de necrofilia.

Em 1989, Danny compôs em apenas 2 dias a música que ficou marcada como tema de abertura da série de TV americana Os Simpsons.

Ele também é responsável pela trilha do filme Spider-Man[4] (seu trabalho mais importante), da música Face To Face da banda de gothic rock Siouxsie And The Banshees. No qual também faz parte da trilha sonora de Batman Returns.

Após a saída do diretor Zack Snyder do filme Liga da Justiça (filme) por problemas famíliares, Joss Whedon assumiu o comando do longa, o que ocasionou na mudança do compositor do longa, foi feita a troca do Junkie XL pelo Danny Elfman.

Trilhas[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora de Forbidden Zone, que foi a estréia de Elfman como compositor para cinema, marcou o início de sua carreira de compositor para filmes independentes e peças de teatro. É dele a trilha sonora do desenho animado The Simpsons.

O primeiro trabalho para um filme de grande orçamento foi em Pee-wee's Big Adventure (A Grande Aventura de Pee-Wee, no Brasil), onde iniciou também uma parceria de sucesso com o diretor Tim Burton, e que resultou em várias trilhas, como:

O estilo musical de Elfman ajuda a conferir um clima sombrio, gótico, típico dos filmes de Burton.

Como compositor de trilhas sonoras, Elfman foi influenciado por Nino Rota, Bernard Herrmann e Carl Stalling.

Filmes diversos[editar | editar código-fonte]

Também compôs as trilhas dos filmes: Charllote's Web, The Wolfman, Back to School, Chicago, Dick Tracy, Freeway, Good Will Hunting, Hulk, Midnight Run, Wanted, os dois filmes da série Men in Black, Mission: Impossible, The Family Man, Darkman, Army of Darkness, A Simple Plan, Spider-Man, Spider-Man 2, Oz: The Great and Powerful "Fifty Shades of Grey e Silver Linings Playbook.

Televisão, games e outros[editar | editar código-fonte]

Elfman também compôs as músicas-tema para várias séries de televisão, incluindo Os Simpsons, Sledge Hammer!, Tales from the Crypt, Dilbert e o tema de abertura de Desperate Housewives. Também compôs para The Nightmare Before Christmas de Tim Burton, que também aparece no jogo Kingdom Hearts. Suas canções para o filme também foram utilizadas para o jogo The Nightmare Before Christmas: Oogie's Revenge.

Em 29 de novembro de 2003, Elfman casou-se com Bridget Fonda, com quem teve um filho, Oliver, nascido em janeiro de 2005.

No primeiro episódio da sexta temporada de Family Guy, ele é citado por Chris.

Recentemente ele compôs a trilha do novo espetáculo do Cirque du Soleil, Iris.

Áudio[editar | editar código-fonte]

Elfman compôs, também, a trilha sonora dos jogos da Lionheads Studio, Fable: the Lost Chapters, e Fable II.

Referências

  1. «Oingo Boingo». AllMusic. Consultado em 15 de outubro de 2018. 
  2. Denman-Underhill, Lori (22 de outubro de 2015). «Overcoming Stage Fright, Danny Elfman Brings Nightmare to the Bowl». LA Weekly. Consultado em 15 de outubro de 2018. 
  3. Braheny, John (1990). «Interview: Danny Elfman». Blunt Instrument. Consultado em 15 de outubro de 2018. 
  4. «Homem-Aranha (filme)». Wikipédia, a enciclopédia livre. 14 de fevereiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Oingo Boingo
Discografia
Álbuns de Estúdio: Only a Lad | Nothing to Fear | Good for Your Soul | So-Lo | Dead Man's Party | Boi-ngo | Dark at the End of the Tunnel | Boingo
Álbuns ao vivo: Farewell
Compilações: Boingo Alive | The Best of Oingo Boingo: Skeletons in the Closet | Stay | Best O' Boingo | Anthology | The Best of Oingo Boingo: 20th Century Masters The Millennium Collection
EP: Demo EP | Oingo Boingo
Artigos relacionados: Danny Elfman | Forbidden Zone