Silver Linings Playbook

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Silver Linings Playbook
Pôster Promocional
No Brasil O Lado Bom da Vida
Em Portugal Guia para um Final Feliz
 Estados Unidos
2012 •  cor •  122 min 
Direção David O. Russell
Produção Bruce Cohen
Donna Gigliotti
Jonathan Gordon
Produção executiva Bob Weinstein
Harvey Weinstein
Bradley Cooper
Michelle Raimo Kouyate
George Parra
Roteiro David O. Russell
Baseado em The Silver Linings Playbook, de Matthew Quick
Elenco Bradley Cooper
Jennifer Lawrence
Robert De Niro
Jacki Weaver
Chris Tucker
Gênero comédia romântica, comédia dramática
Música Danny Elfman
Cinematografia Masanobu Takayanagi
Figurino Mark Bridges
Edição Jay Cassidy
Crispin Struthers
Companhia(s) produtora(s) The Weinstein Company
Mirage Enterprises
Distribuição The Weinstein Company
Lançamento 8 de setembro de 2012
(Festival Internacional de Cinema de Toronto)
18 de outubro de 2012
(Mumbai Film Festival)
Estados Unidos 16 de novembro de 2012[1]
Portugal 10 de janeiro de 2013[2]
Brasil 1º de fevereiro de 2013[3]
Idioma inglês
Orçamento US$ 21 milhões[1]
Receita US$ 236.412.453[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Silver Linings Playbook (bra: O Lado Bom da Vida[4]; prt: Guia para um Final Feliz[5]) é um filme estadunidense de 2012, do gênero comédia dramático-romântica, escrito e dirigido por David O. Russell,[6] baseado no romance homônimo de Matthew Quick.[7].[8]

Estrelado por Bradley Cooper e Jennifer Lawrence, Silver Linings Playbook foi exibido pela primeira vez no Festival Internacional de Cinema de Toronto em 8 de setembro de 2012, com a sua estreia oficial ocorrendo nos Estados Unidos em 16 de novembro do mesmo ano. Em Portugal, estreou-se a 10 de janeiro de 2013, e no Brasil, em 1º de fevereiro do mesmo ano.[2][3] O filme recebeu críticas muito positivas da mídia especializada, obtendo uma aprovação de 92% no agregador de resenhas Rotten Tomatoes, e de 81% no Metacritic.[9][10] Recebeu quatro indicações ao Globo de Ouro, vencendo apenas a de Melhor Atriz - Comédia ou Musical.[11][12] Silver Linings Playbook também recebeu oito nomeações ao Oscar, concorrendo nas categorias de melhor filme, melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor diretor, melhor roteiro adaptado e melhor edição.[13] Mas venceu apenas a de Melhor Atriz, com Jennifer Lawrence faturando a estatueta.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Professor passa quatro anos internado num hospital psiquiátrico e, quando sai, resolve se reconciliar com a esposa e aproximar-se da mãe.[4]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Silver Linings Playbook é baseado no romance de mesmo nome escrito por Matthew Quick e lançado em 2 de setembro de 2008. O estúdio The Weinstein Company foi o responsável pela adaptação cinematográfica da obra, que comprou os direitos do livro antes mesmo dele ser publicado oficialmente. A companhia planejava utilizar Sydney Pollack e Anthony Minghella como os produtores do filme, mas ambos morreram em 2008.[14] David O. Russell foi escolhido como o diretor da trama, e ele recebeu o livro pela primeira vez das mãos de Pollack, que disse ao então diretor que seria complicado trabalhar com a obra, porque além de tratar-se de uma história emocional e preocupante, ela também era engraçada e romântica. Além de ficar a cargo da direção, Russell também trabalhou como roteirista, e segundo o próprio, ele teve que reescrever o script vinte vezes em um período de cinco anos. O diretor afirmou que ficou atraído pela história devido às relações familiares presentes no livro, e também porque se identificou com a obra, pois assim como o protagonista do livro, o seu filho é bipolar e tem transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).[15][16]

A expressão "silver linings" do título é uma expressão idiomática inglesa usada como metáfora para o otimismo, como a ideia de que mesmo uma situação ruim pode trazer algo positivo. No caso do enredo, essa expressão é focada em Pat Solatano, que, liberado do manicômio, volta a morar com seus pais na tentativa de renconstruir sua vida e sua vida conjugal.[17] Silver Linings Playbook foi filmado na Filadélfia em apenas 33 dias.[15]

Escalação do elenco[editar | editar código-fonte]

Antes de Silver Linings Playbook contar com seus protagonistas definidos, vários nomes chegaram a passar pelo elenco. Inicialmente, Russell pretendia filmar a trama com Vince Vaughn e Zooey Deschanel nos papéis principais, mas decidiu dar uma pausa no projeto para dedicar-se ao filme The Fighter, onde também trabalhava como diretor.[16][15][18] Mais tarde, Mark Wahlberg foi designado para interpretar Pat Jr. Solatano no filme, porém ele teve que abandonar o elenco devido aos atrasos de produção que geraram um conflito na agenda do ator.[19]

Bradley Cooper foi escolhido para o papel principal após ter trabalhado anteriormente com Russell em uma adaptação cinematográfica da obra Orgulho e Preconceito e Zumbis, que acabou não dando certo. Mais tarde, Cooper atuou em Wedding Crashers, e seu desempenho no filme impressionou o diretor, que o escolheu para interpretar o personagem Pat Jr. Solatano em seu projeto.[20]

Anne Hathaway chegou a ser escalada para o papel de Tiffany Maxwell, mas na época ela estava ocupada em The Dark Knight Rises, que ocasionou em sua desistência.[21] Outras atrizes chegaram a fazer testes para a personagem, entre elas Elizabeth Banks, Kirsten Dunst, Angelina Jolie, Blake Lively, Rooney Mara, Rachel McAdams, Andrea Riseborough e Olivia Wilde.[19][22][23][16][24]

Quanto a Jennifer Lawrence, inicialmente Russell não acreditava que a atriz fosse adequada para o papel, tanto que considerou seu teste como mera formalidade;[16][23] o diretor não pretendia colocá-la na trama por ser jovem demais — 21 anos na época — e havia atrizes mais experientes interessadas no papel. Ele também pensou que não seria fácil para Lawrence interpretar uma viúva, muito menos formar um casal com o personagem de Bradley Cooper, devido à diferença de idade dos dois atores (Cooper é quinze anos mais velho).[25][26][14] Depois do teste, feito via Skype, o diretor mudou completamente de opinião. Mais tarde ele afirmaria: "Jennifer é madura demais. Ela é capaz de interpretar qualquer idade — 30, 40 ou 20 anos. Há uma expressividade nos olhos e no rosto dela que muitas estrelas precisam lutar anos pra conseguir".[14][27][28] Russell ainda comparou a atriz à personagem Tiffany, descrevendo-a como confiante, e como uma das pessoas menos neuróticas que ele conhece, com a confiança e vislumbres de vulnerabilidade necessários para interpretar Tiffany Maxwell.[14]

A personagem Tiffany passou por várias mudanças. Inicialmente ela seria gótica. Lawrence até chegou a tingir o cabelo de preto e fez testes de maquiagem gótica pesada, mas Harvey Weinstein, co-presidente do estúdio que produz o filme, recusou-se a isso. A personagem continuou confusa, mas confiante, e foi acrescentado nela pequenos toques góticos, como o cabelo escuro e uma cruz.[14] Lawrence também teve que engordar para o papel, embora ela não tenha se importado com isso. A atriz também ressaltou que ao contrário de seus trabalhos anteriores, o de Tiffany Maxwell foi o mais confuso, porque ela não conseguia entender a personalidade de sua personagem.[28]

A primeira vez em que Lawrence e Cooper se encontraram foi em um estúdio de dança, pois ambos não tinham experiência.[28] Em menos de um mês, Mandy Moore, o coreógrafo do reality show estadunidense So You Think You Can Dance, ensinou-lhes as sequências dos passos de dança. Moore descreveu Cooper como alguém "com uma habilidade natural e real para a dança",[29][30] enquanto Lawrence brincou dizendo que antes do treino começar, ela era uma dançarina ruim, "quando eu danço, eu pareço como um pai no baile de formatura".[31]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

A produção foi exibida pela primeira vez em 8 de setembro de 2012 na 37.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Toronto.[32] O longa-metragem foi muito bem recebido pelo festival, sendo votado como melhor filme pelo público presente no local.[33] Sua estreia oficial ocorreu nos Estados Unidos em 16 de novembro com um lançamento limitado; sua expansão para outras salas de cinemas só ocorreu uma semana depois.[34] O estúdio The Weinstein Company pretendia realizar um amplo lançamento de Silver Linings Playbook nos Estados Unidos. Eles foram incentivados principalmente pelas críticas positivas recebidas pelo filme, e pela esperança de lucrar mais devido à época de Ação de Graças. No entanto, eles optaram por uma abordagem mais lenta, com a trama sendo exibida apenas em algumas salas de cinemas, e aos poucos expandindo para mais lugares, em uma estratégia de conseguir realizar marketing de boca-a-boca entre os espectadores.[35][36][37] Devido a esse lançamento lento, muitos locais só foram receber o filme muito tempo depois, como em 700 salas de cinemas estadunidenses onde a produção só entrou em cartaz durante o Natal, ou seja, mais de um mês depois do primeiro lançamento no país.[38] No Brasil, sua estreia ocorreu em 1º de fevereiro de 2013 sob o título O Lado Bom da Vida.[3]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Silver Linings Playbook foi bastante elogiado pelos críticos especializados em cinema. O agregador de resenhas Rotten Tomatoes deu ao filme uma aprovação de 92%, baseando-se em 226 críticas recolhidas, com uma nota média de 8.1/10. O consenso do site diz o seguinte: "Silver Linings Playbook anda na corda bamba com uma temática complicada, mas a direção sensível de David O. Russell e alguns trabalhos afiados de um talentoso elenco dão ao filme o verdadeiro equilíbrio".[9] No Metacritic, a trama obteve uma média de 81/100 com base na opinião de 45 críticos. Esse percentual é considerado pelo site "aclamação universal".[10]

No Brasil, o filme também recebeu críticas bastante positivas. Getro Guimarães do Pipoca Moderna destacou a química entre Cooper e Lawrence, a performance de De Niro e a direção de Russell. Ele ainda escreveu em sua resenha que Silver Linings Playbook poderia ser considerada como uma comédia romântica convencional, mas que também registra a possibilidade de equilíbrio em meio às neuroses, concluindo: "o filme ainda passa uma bela mensagem de superação, que é preciso saber lidar com as frustrações, não se abater e seguir em frente, pois, nem sempre o universo conspira a favor". Ele terminou classificando o filme com quatro estrelas de cinco possíveis.[17]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Silver Linings Playbook conseguiu um feito considerável: ser indicado em todas as quatro categorias de atuação do Oscar (melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante), o último filme que havia conseguido esse feito foi Reds, em 1981.[39] Além dessas quatro categorias, a trama também conseguiu ser indicada em melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro adaptado e melhor edição. Porém, acabou vencendo apenas o de melhor atriz, com Jennifer Lawrence faturando a estatueta.[13]

Lista de prêmios e indicações
Data da cerimônia Premiação Categoria Recipientes Resultado
24 de fevereiro de 2013 Oscar Melhor filme Bruce Cohen, Donna Gigliotti e Jonathan Gordon Indicado[13]
Melhor ator Bradley Cooper Indicado[13]
Melhor atriz Jennifer Lawrence Venceu[13]
Melhor ator coadjuvante Robert De Niro Indicado[13]
Melhor atriz coadjuvante Jacki Weaver Indicado[13]
Melhor diretor David O. Russell Indicado[13]
Melhor roteiro adaptado Indicado[13]
Melhor edição Jay Cassidy e Crispin Struthers Indicado[13]
11 de janeiro de 2013 American Film Institute AFI Movies of the Year Venceu[40]
Janeiro de 2013 Australian Academy of Cinema and Television Arts Award Melhor Filme Estrangeiro Bruce Cohen, Donna Gigliotti e Jonathan Gordon Venceu[41]
Melhor Diretor de Filme Estrangeiro David O. Russell Venceu[41]
Melhor Roteiro de Filme Estrangeiro David O. Russell Indicado[41]
Melhor Ator de Filme Estrangeiro Bradley Cooper Indicado[41]
Melhor Atriz de Filme Estrangeiro Jennifer Lawrence Venceu[41]
18-25 de outubro de 2012 Austin Film Festival Audience Award – Marquee Feature David O. Russell Venceu[42]
10 de fevereiro de 2013 British Academy Film Awards (BAFTA) Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[43]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Indicado[43]
Melhor Roteiro Adaptado David O. Russell Venceu[43]
10 de janeiro de 2013 Broadcast Film Critics Association Awards Melhor Filme Indicado[44]
Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[44]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Indicado[44]
Melhor Ator Coadjuvante Robert De Niro Indicado[44]
Melhor Elenco Venceu[44]
Melhor Diretor David O. Russell Indicado[44]
Melhor Roteiro Adaptado David O. Russell Indicado[44]
Melhor Filme de Comédia Venceu[44]
Melhor Ator em um Filme de Comédia Bradley Cooper Venceu[44]
Melhor Atriz em um Filme de Comédia Jennifer Lawrence Venceu[44]
14 de dezembro de 2012 Detroit Film Critics Society Awards Melhor Filme Venceu[45]
Melhor Diretor David O. Russell Venceu[45]
Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[45]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Venceu[45]
Melhor Ator Coadjuvante Robert De Niro Venceu[45]
Melhor Elenco Indicado[45]
Melhor Roteiro David O. Russell Venceu[45]
18 de janeiro de 2013 Georgia Film Critics Association Melhor Filme Venceu[46]
Melhor Diretor David O. Russell Indicado[46]
Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[46]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Venceu[46]
Melhor Ator Coadjuvante Robert De Niro Indicado[46]
Melhor Atriz Coadjuvante Jacki Weaver Indicado[46]
Melhor Roteiro Adaptado David O. Russell Venceu[46]
Melhor Elenco Venceu[46]
13 de janeiro de 2013 Globo de Ouro Melhor Comédia ou Musical Indicado[47][48]
Melhor Ator em Comédia ou Musical Bradley Cooper Indicado[47][48]
Melhor Atriz em Comédia ou Musical Jennifer Lawrence Venceu[47][48]
Melhor Roteiro David O. Russell Indicado[47][48]
26 de novembro de 2012 Gotham Independent Film Awards Melhor Elenco Indicado[49]
7 de outubro de 2012 Hamptons International Film Festival Audience Award – Best Narrative Feature David O. Russell Venceu[50]
22 de outubro de 2012 Hollywood Film Festival Ator do Ano Bradley Cooper Venceu[51]
Diretor do Ano David O. Russell Venceu[51]
Ator Coadjuvante do Ano Robert De Niro Venceu[51]
5 de janeiro de 2013 Houston Film Critics Society Awards Melhor Atriz Jennifer Lawrence Venceu[52]
23 de fevereiro de 2013 Independent Spirit Awards
Melhor Filme David O. Russell Venceu[53][54]
Melhor Diretor David O. Russell Venceu[53][54]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Venceu[53][54]
Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[53][54]
Melhor Roteiro David O. Russell Venceu[53][54]
18 de janeiro de 2013 Iowa Film Critics Melhor Filme Indicado[55]
Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[55]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Indicado[55]
Melhor Ator Coadjuvante Robert De Niro Indicado[55]
5 de dezembro de 2012 National Board of Review Melhor Ator Bradley Cooper Venceu[56]
Melhor Roteiro Adaptado David O. Russell Venceu[56]
13 de dezembro de 2012 Las Vegas Film Critics Society Awards Melhor Atriz Jennifer Lawrence Venceu[57]
9 de dezembro de 2012 Los Angeles Film Critics Association Awards Melhor Atriz (Prêmio compartilhado com Emmanuelle Riva) Jennifer Lawrence Venceu[58]
11 de dezembro de 2012 San Diego Film Critics Society Melhor Filme Indicado[59]
Melhor Diretor David O. Russell Indicado[59]
Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[59]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Indicado[59]
Melhor Roteiro Adaptado Indicado[59]
Melhor Performance de um Elenco Indicado[59]
16 de dezembro de 2012 Satellite Awards Melhor Filme Venceu[60]
Melhor Ator em Cinema Bradley Cooper Venceu[60]
Melhor Atriz em Cinema Jennifer Lawrence Venceu[60]
Melhor Ator Coadjuvante em Cinema Robert De Niro Indicado[60]
Melhor Diretor David O. Russell Venceu[60]
Melhor Roteiro Adaptado David O. Russell Indicado[60]
Melhor Edição Jay Cassidy Venceu[60]
24 de janeiro-3 de fevereiro de 2013 Santa Barbara International Film Festival Outstanding Performer of the Year Jennifer Lawrence Venceu[61]
27 de janeiro de 2013 Screen Actors Guild Awards Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[62]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Venceu[62]
Melhor Ator Coadjuvante Robert De Niro Indicado[62]
Melhor Elenco em um Filme Cinematográfico Indicado[62]
17 de dezembro de 2012 St. Louis Gateway Film Critics Association Awards Melhor Ator Bradley Cooper Indicado[63]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Indicado[63]
Melhor Roteiro David O. Russell Indicado[63]
6-16 de setembro de 2012 Festival Internacional de Cinema de Toronto People's Choice Award David O. Russell Venceu[64]
10 de dezembro de 2012 Washington D.C. Area Film Critics Association Melhor Filme Indicado[65]
Melhor Atriz Jennifer Lawrence Indicado[65]
Melhor roteiro adaptado David O. Russell Venceu[65]

Música[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Silver Linings Playbook: Original Motion Picture Soundtrack
Trilha sonora de Vários Artistas
Lançamento 16 de novembro de 2012 (2012-11-16)
Gênero(s) Trilha sonora
Duração 45:36
Idioma(s) Inglês
Formato(s) Download digital
Gravadora(s) Sony Classical
Singles de Silver Linings Playbook: Original Motion Picture Soundtrack
  1. "Silver Lining (Crazy 'Bout You)"
    Lançamento: 16 de novembro de 2012 (2012-11-16)

Silver Linings Playbook: Original Motion Picture Soundtrack é a trilha sonora oficial do filme, lançado nos Estados Unidos pela gravadora Sony Music Entertainment em 16 de novembro de 2012, através de download digital.[66]

Para sua divulgação, a canção "Silver Lining (Crazy 'Bout You)" da cantora britânica Jessie J foi lançada como single e ganhou um videoclipe.[67][68] A trilha sonora também apresenta músicas de Stevie Wonder, The Dave Brubeck Quartet, Eagles of Death Metal e duas faixas da partitura composta por Danny Elfman.[66]

N.º TítuloArtista Duração
1. "Silver Lining Titles"  Danny Elfman 3:11
2. "My Cherie Amour"  Stevie Wonder 2:51
3. "Always Alright"  Alabama Shakes 4:03
4. "Unsquare Dance"  The Dave Brubeck Quartet 2:00
5. "Buffalo"  alt-J 3:14
6. "The Moon of Manakoora"  Les Paul & Mary Ford 2:45
7. "Monster Mash"  CrabCorps 3:35
8. "Goodnight Moon"  Ambrosia Parsley, The Elegant Too 4:02
9. "Now I'm a Fool"  Eagles of Death Metal 3:41
10. "Walking Home"  Danny Elfman 1:04
11. "Girl from the North Country"  Bob Dylan, Johnny Cash 3:40
12. "Silver Lining (Crazy 'Bout You)"  Jessie J 3:24
13. "Hey Big Brother"  Rare Earth 4:45
14. "Maria"  The Dave Brubeck Quartet 3:20
Duração total:
45:36

Partitura[editar | editar código-fonte]

A partitura de Silver Linings Playbook foi inteiramente composta pelo músico Danny Elfman, e lançado pela Sony Music Entertainment no mesmo dia que a trilha sonora.[69]

N.º Título Duração
1. "Silver Lining Titles"   3:11
2. "Running Off"   2:01
3. "Simple"   1:55
4. "With a Beat"   2:17
5. "Tiny Guitars"   1:01
6. "Walking Home"   1:04
7. "Silver Lining Wild-Track"   2:57
8. "The Book"   0:41
9. "Happy Ending"   3:52
10. "Goof Track"   1:28
Duração total:
20:27

Referências

  1. a b c «Silver Linings Playbook (2012) - Box Office Mojo» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  2. a b «Guia Para Um Final Feliz (2012) - filmSPOT». filmSPOT. Consultado em 1º de janeiro de 2013 
  3. a b c «O Lado Bom da Vida - Omelete». Omelete. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  4. a b «O Lado Bom da Vida». Brasil: CinePlayers. Consultado em 2 de agosto de 2019 
  5. «Guia para um Final Feliz». Portugal: SapoMag. Consultado em 2 de agosto de 2019 
  6. Connelly, Brendon (28 de março de 2009). «David O. Russell to Direct The Silver Linings Playbook» (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  7. Quick, Matthew (2013). O lado bom da vida. Rio de Janeiro: Intrínseca 
  8. «O Lado Bom da Vida de Pat Peoples». Editora Intrínseca. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  9. a b «Silver Linings Playbook - Rotten Tomatoes» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  10. a b «Silver Linings Playbook Reviews, Ratings, Credits, and More - Metacritic» (em inglês). Metacritic. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  11. «Veja indicados ao Globo de Ouro; 'Lincoln' tem sete indicações». G1. 13 de dezembro de 2012. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  12. «2013 Golden Globe Nominations Announcement» (em inglês). Golden Globe Awards. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  13. a b c d e f g h i j «2013 Oscar Nominees - 85th Academy Awards Nominees» (em inglês). Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Consultado em 10 de janeiro de 2013 
  14. a b c d e Ryzik, Melena (9 de novembro de 2012). «Shooting the Sass Easily as an Arrow» (em inglês). The New York Times. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  15. a b c Ryan, Mike (28 de novembro de 2012). «David O. Russell, 'Silver Linings Playbook' Director, On Reinventing Bradley Cooper And Robert De Niro» (em inglês). The Huffington Post. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  16. a b c d Willman, Chris (30 de novembro de 2012). «'Silver Linings' David O. Russell on How Jennifer Lawrence Skyped Her Way to Oscar Front-Runner» (em inglês). The Wrap. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  17. a b Guimarães, Getro (1º de fevereiro de 2013). «O Lado Bom da Vida encontra o equilíbrio em meio à loucura». Pipoca Moderna. Consultado em 24 de agosto de 2013 
  18. «Angelina Jolie Wanted Jennifer Lawrence's 'Silver Linings Playbook' Role» (em inglês). StarPulse.com. 6 de dezembro de 2012. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  19. a b Bettinger, Brendan (1° de agosto de 2011). «Bradley Cooper Replaces Mark Wahlberg in THE SILVER LININGS PLAYBOOK; Robert De Niro in Talks» (em inglês). Collider.com. Consultado em 17 de janeiro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  20. Whipp, Glenn (1° de dezembro de 2012). «'Silver Linings Playbook': Bradley Cooper's good 'bad guy energy'» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 17 de janeiro de 2013  Verifique data em: |data= (ajuda)
  21. Wales, George (2 de agosto de 2011). «Bradley Cooper joining The Silver Linings Playbook?» (em inglês). TotalFilm.com. Consultado em 1° de janeiro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. Doty, Meriah (10 de setembro de 2012). «How Jennifer Lawrence stole her 'Silver Linings Playbook' role» (em inglês). Yahoo.com. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  23. a b «Angelina Jolie perde papel premiado para Jennifer Lawrence, de Jogos Vorazes» (em inglês). E! Brasil. 6 de dezembro de 2012. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  24. Vineyard, Jennifer (20 de dezembro de 2012). «Party Lines Slideshow: David O. Russell Tells Us Who Else Auditioned for Silver Linings Playbook» (em inglês). Vulture.com. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  25. «Bradley Cooper - Rotten Tomatoes» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  26. «Jennifer Lawrence - Rotten Tomatoes» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  27. Ford, Rebecca (21 de novembro de 2012). «'Silver Linings Playbook': Jennifer Lawrence Wins Her Role via Skype, Learns to Dance Like an Amateur» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  28. a b c Peixoto, Ingridy (3 de fevereiro de 2013). «Jennifer Lawrence acha Lado Bom da Vida». Pipoca Moderna. Consultado em 3 de fevereiro de 2013 
  29. Shira, Dahvi (29 de novembro de 2012). «Bradley Cooper & Jennifer Lawrence's 'Amazing Chemistry' Evident During Dance Rehearsal» (em inglês). People.com. Consultado em 26 de fevereiro de 2013 
  30. Vineyard, Jennifer (20 de dezembro de 2012). «Party Lines Slideshow: David O. Russell Tells Us Who Else Auditioned for Silver Linings Playbook» (em inglês). Vulture.com. Consultado em 26 de fevereiro de 2013 
  31. «Jennifer Lawrence in 'Silver Linings Playbook'» (em inglês). The New York Times. 9 de novembro de 2012. Consultado em 26 de fevereiro de 2013 
  32. «Silver Linings Playbook - Toronto International Film Festival» (em inglês). Toronto International Film Festival. Consultado em 17 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 17 de setembro de 2012 
  33. «"Silver Linings Playbook" é eleito melhor filme do Festival de Toronto 2012». IG. 17 de setembro de 2012. Consultado em 30 de dezembro de 2012 
  34. Aldrich, Ryland. «Cannes 2012: Weinsteins Show Off DJANGO UNCHAINED, THE MASTER, & THE SILVER LINING PLAYBOOK» (em inglês). TwitchFilm.com. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  35. Subers, Ray (15 de novembro de 2012). «Forecast: 'Twilight' Finale Eyes Record Debut for Franchise» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  36. Zeitchik, Steven (5 de novembro de 2012). «'Silver Linings' writes an unusual release playbook» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  37. Zeitchik, Steven (14 de novembro de 2012). «'Silver Linings Playbook' won't go wide on Thanksgiving after all» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  38. Perez, Rodrigo (20 de dezembro de 2012). «David O. Russell's 'Silver Linings Playbook' Hits 700 Screens Starting Christmas Day» (em inglês). Indiewire. Consultado em 17 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 2 de outubro de 2015 
  39. «Filme com De Niro surpreende com façanha nas indicações ao Oscar». BBC Brasil. 10 de janeiro de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2013 
  40. Knegt, Peter (10 de dezembro de 2012). «American Film Institute Announces 2012 AFI Awards: 'Django,' 'Dark Knight' In; 'Flight,' 'The Master' Out» (em inglês). IndieWire.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  41. a b c d e Garry, Maddox (9 de janeiro de 2013). «Jackman, Kidman up for AACTA awards» (em inglês). The Sydney Morning Herald. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  42. Hanna, Beth (30 de outubro de 2012). «'Silver Linings Playbook' Wins Again at Austin Film Festival; 'Junk,' 'Spinning Plates' & 'Rising from Ashes' Also Recognized» (em inglês). IndieWire.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  43. a b c «Film in 2013 - Bafta Awards» (em inglês). British Academy of Film and Television Arts. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  44. a b c d e f g h i j Dobbins, Amanda (11 de dezembro de 2012). «Critics Choice Nominations Favor Lincoln, Hathaway, Lawrence» (em inglês). Vulture.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  45. a b c d e f g Knegt, Peter (11 de dezembro de 2012). «'Silver Linings' Leads Detroit Film Critics Winners» (em inglês). IndieWire.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  46. a b c d e f g h McAllister, Cameron (18 de janeiro de 2013). «Georgia Film Critics Association 2012 winners» (em inglês). ReelGA.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  47. a b c d Knegt, Peter (13 de dezembro de 2013). «'Lincoln,' 'Django Unchained' Lead 2013 Golden Globe Nominations» (em inglês). IndieWire.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  48. a b c d «2013 Golden Globe Nominations Announcement» (em inglês). Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood (HFPA). Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  49. Knegt, Peter (18 de outubro de 2012). «Gotham Awards Announce 2012 Nominations» (em inglês). IndieWire.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  50. Costanza, Justine Ashley (8 de outubro de 2012). «'Silver Linings Playbook' Wins Audience Award At Hamptons International Film Festival» (em inglês). IBTimes.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  51. a b c Whipp, Glenn (23 de outubro de 2012). «Hollywood Film Awards kicks off the season ... early» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  52. Sawin, Chris (6 de janeiro de 2013). «The 6th Annual Houston Film Critics Society Awards list of winners (Photos)» (em inglês). Examiner.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  53. a b c d e «Spirit Award 2013 Nominees Announced - See Complete List» (em inglês). CineMovie.tv. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 [ligação inativa]
  54. a b c d e «Independent Spirit Awards 2013: Winners List» (em inglês). The Hollywood Reporter. 23 de fevereiro de 2013. Consultado em 23 de fevereiro de 2013 
  55. a b c d «Iowa film critics announce their winners» (em inglês). qctimes.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  56. a b Knegt, Peter (5 de dezembro de 2012). «'Zero Dark Thirty' Leads National Board of Review Winners» (em inglês). IndieWire. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  57. Knegt, Peter (13 de dezembro de 2012). «'Life of Pi' Leads Las Vegas Film Critics Winners» (em inglês). IndieWire. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  58. «38th Anual» (em inglês). Los Angeles Film Critics Association. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  59. a b c d e f Knegt, Peter (10 de dezembro de 2012). «'Argo' Leads San Diego Critics' Awards; Michelle Williams Surprise Winner For 'Waltz'» (em inglês). IndieWire. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  60. a b c d e f g Lodge, Guy (3 de dezembro de 2012). «Satellite Award noms run the gamut from 'Silver Linings Playbook' to 'Skyfall'» (em inglês). HitFix.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  61. «Outstanding Performer of the Year Award honoring Jennifer Lawrence» (em inglês). SBIFF.org. 27 de novembro de 2012. Consultado em 12 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 9 de março de 2013 
  62. a b c d Knegt, Peter (12 de dezembro de 2012). «'Silver Linings,' 'Lincoln,' 'Les Mis' Lead SAG Award Nominations» (em inglês). IndieWire. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  63. a b c Knegt, Peter (17 de dezembro de 2012). «St. Louis Critics Announce 2012 Award Winners» (em inglês). IndieWire. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  64. Ellwood, Gregory (16 de setembro de 2012). «'Silver Linings Playbook' beats 'Argo' for Toronto Film Festival People's Choice Award» (em inglês). HitFix.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  65. a b c Knegt, Peter (9 de dezembro de 2012). «Washington Film Critics Go For 'Zero Dark Thirty,' Day-Lewis, Chastain» (em inglês). IndieWire. Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  66. a b «Silver Linings Playbook - Various Artists» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  67. «Silver Lining (Crazy 'bout You) - Single» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  68. «Silver Lining (Crazy 'Bout You) - Jessie J». Vevo. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  69. «Silver Linings Playbook - Danny Elfman» (em inglês). iTunes Store. Apple, Inc. Consultado em 20 de janeiro de 2013