Jesuânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Jesuânia
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 27 de dezembro
Fundação 27 de dezembro de 1948
Gentílico jesuanense
Prefeito(a) José Donizette Nogueira[1] (PROS)
(2017–2020)
Localização
Localização de Jesuânia
Localização de Jesuânia em Minas Gerais
Jesuânia está localizado em: Brasil
Jesuânia
Localização de Jesuânia no Brasil
21° 59' 52" S 45° 17' 27" O21° 59' 52" S 45° 17' 27" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008 [2]
Microrregião São Lourenço IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Lambari, Natércia, Conceição das Pedras, Olímpio Noronha, Carmo de Minas, Conceição do Rio Verde, Cambuquira.
Distância até a capital 351 km
Características geográficas
Área 153,296 km² [3]
População 4 768 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 31,1 hab./km²
Altitude 900 m
Clima tropical de altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,658 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 33 049,281 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 6 647,08 IBGE/2008[6]
Página oficial

Jesuânia é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Na segunda metade do século XVIII, com a chegada dos baianos e paulistas, foi dado início ao povoado. Em 1816, foram doados alguns terrenos na região da atual Jesuânia para a construção da capela do Senhor do Bom Jesus de Matosinhos de Lambari e formação do novo povoado.

Próximo a este arraial, surgiu o povoado de Águas Virtuosas da Campanha - atual cidade de Lambari. Em 1867, a freguesia de Lambari, antiga denominação de Jesuânia, passa a ser a povoação de Águas Virtuosas.

No ano de 1923, a freguesia tem a sua denominação mudada para Lambarizinho e, 25 anos mais tarde, já com o nome atual, Jesuânia foi elevada a categoria de cidade.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2007 era de 4.821 habitantes, de acordo com dados do IBGE.

Localizada no Sul de Minas, tem como base de produção agrícola o café e o milho; produzindo também arroz, banana, cana-de-açúcar, feijão, laranja e mandioca.

Um dos acontecimentos populares mais concorridos na cidade é a festa em homenagem ao Senhor Bom Jesus e a festa das Congadas, que é em homenagem a São Pedro .

O principal acesso a cidade é pela Estrada Real, na BR-460, que corta o território do município a oeste.

Principais rios[editar | editar código-fonte]

  • Ribeirão Vargem Grande
  • Rio Lambari

Padroeiro[editar | editar código-fonte]

  • Senhor Bom Jesus

Referências

  1. «Eleições 2016». Consultado em 27 de março de 2017 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 15 de junho de 2015 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010