Jill Abramson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jill Abramson
Nascimento 19 de março de 1954 (65 anos)
Nova Iorque, Estados Unidos
Ocupação Jornalista
Nacionalidade norte-americana

Jill Ellen Abramson (19 de março de 1954)[1] é uma autora e jornalista americana, mais conhecida como a ex-editora chefe do jornal The New York Times. Ela se manteve no cargo de setembro de 2011 a maio de 2014, e foi a primeira mulher a ocupar esse cargo nos 160 anos de história do jornal.[2] Já trabalhou no Wall Street Journal como repórter investigativa.

Em 2012, foi classificada como a quinta mulher mais poderosa do mundo de acordo com a revista Forbes. Também foi nomeada como uma das 500 pessoas mais poderosas do mundo pela Foreign Policy.

Referências

  1. «Abramson, Jill». Current Biography Yearbook 2011 (em inglês). Ipswich: H.W. Wilson. 2011. p. 4–8. ISBN 9780824211219 
  2. Preston, Peter (6 de junho de 2011). «Jill Abramson's achievement is historic but Times can't stay stuck in past» (em inglês). The Guardian 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.