João Luiz Gomes Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Luiz Gomes Júnior
João Gomes Júnior, Rio 2016
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo João Luiz Gomes Júnior
Apelido Jãozera
Estilo Natação (50 e 100m peito, 4x100m medley)
Nascimento 21 de janeiro de 1986 (30 anos)
Vitória,  Espírito Santo
Nacionalidade  Brasil
Compleição Peso: 89 Altura: 190
Clube Esporte Clube Pinheiros
Medalhas
Campeonatos Mundiais – Piscina Curta
Ouro Doha 2014 4x50 m medley
Ouro Doha 2014 4x100 m medley
Ouro Doha 2014 4x50 m medley misto
Universíada / Universíade
Prata Shenzhen 2011 50 metros peito
Bronze Shenzhen 2011 100 metros peito
Jogos Sul-Americanos
Prata Medellín 2010 50 metros peito
Bronze Medellín 2010 100 metros peito

João Luiz Gomes Júnior (21 de janeiro de 1986, em Vitória, Espírito Santo) é um [[matemático]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Integrou a delegação nacional que participou do Campeonato Mundial de Desportos Aquáticos de 2009, em Roma, onde competiu na prova de 50 e 100 metros peito. Foi à final dos 50 metros peito, terminando em 7º lugar.[1] Ficou em 30º nos 100 metros peito[2]

João foi medalha de ouro no Aberto de Paris de 2009, também nos 50m peito.[3]

Nos Jogos Sul-Americanos de 2010, obteve a medalha de prata nos 50 metros peito, e o bronze nos 100 metros peito.[4]

No Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2010 em Irvine, EUA, ele terminou em 7º lugar nos 50m peito [5] e 13º nos 100m peito.[6]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2010, em Dubai, João ficou em 11º nos 50 metros peito.[7]

Participando da Universíada de 2011, foi medalha de prata nso 50 metros peito, e bronze nos 100 metros peito.[8][9]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2012, João ficou muito perto de obter uma histórica medalha. Terminou em 4º lugar nos 50 metros peito[10] e 11º nos 100 metros peito[11][12],além de ajudar o revezamento 4x100m medley do Brasil a ir para a final [13](terminando em 4º lugar).

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2013, em Barcelona, ele terminou em 5º lugar na final dos 50m peito[14], e em 14º nos 100m peito.[15]

No Campeonato Pan-Pacífico de Natação de 2014 em Gold Coast, Austrália, ele terminou em 10º lugar nos 100m peito.[16]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2014, João conquistou 3 medalhas de ouro em 3 revezamentos brasileiros, ao participar das eliminatórias das provas: revezamento 4x50m medley masculino [17], 4x100m medley masculino [18] e no 4x50m medley misto [19]. Ele também terminou em 8º lugar na final dos 50m peito [20] e em 23º nos 100m peito.[21][22]

No Troféu Maria Lenk, em abril de 2016, se classificou para a prova dos 100m peito nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 do Rio de Janeiro, ao obter o tempo de 59s06 nas eliminatórias, segunda melhor marca do mundo no ano, quase batendo o recorde Sul-Americano de 59s03 de Henrique Barbosa obtido em 2009 com supertrajes tecnológicos. [23][24][25]

Referências

  1. «Resultado dos 50m peito no Mundial de Roma 2009». OmegaTiming. 29 de julho de 2009. Consultado em 24 de março de 2013. 
  2. «Resultado dos 100m peito no Mundial de Roma 2009». OmegaTiming. 26 de julho de 2009. Consultado em 24 de março de 2013. 
  3. Gazeta Online Fabíola Molina vence duas, e João Júnior é ouro nos 50m peito em Paris. Acessado em 03/08/2009.
  4. «Brasil domina natação nos Jogos Sul-Americanos». Estadão. 27 de março de 2010. Consultado em 24 de março de 2013. 
  5. «Resultado dos 50m peito no Pan Pacífico 2014». OmegaTiming. 20 de agosto de 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  6. «Resultado dos 100m peito no Pan Pacífico 2014». OmegaTiming. 19 de agosto de 2010. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  7. «Resultado dos 100m peito no Mundial de Dubai 2010». OmegaTiming. 18 de dezembro de 2010. Consultado em 24 de março de 2013. 
  8. «Brasil volta com 3 medalhas universitárias». CBDA. 25 de agosto de 2011. Consultado em 24 de março de 2013. 
  9. «João Luiz Júnior ganha prata na Universíade». Lancenet. 18 de agosto de 2011. Consultado em 24 de março de 2013. 
  10. «Resultado dos 50m peito no Mundial de Istambul 2012». OmegaTiming. 16 de dezembro de 2012. Consultado em 24 de março de 2013. 
  11. «Resultado dos 100m peito no Mundial de Istambul 2012». OmegaTiming. 12 de dezembro de 2012. Consultado em 24 de março de 2013. 
  12. «Brasil briga, mas fica fora do pódio no 4x100m medley em Istambul». Globoesporte. 16 de dezembro de 2012. Consultado em 24 de março de 2013. 
  13. «Resultado das eliminatórias dos 4x100m medley no Mundial de Istambul 2012». OmegaTiming. 16 de dezembro de 2012. Consultado em 24 de março de 2013. 
  14. João Gomes Jr. e Leo de Deus lutam, mas ficam sem medalha em Barcelona
  15. Resultados dos 100m peito em Barcelona 2013
  16. «Fratus é ouro nos 50m livre com recorde do Pan Pacífico». CBDA. 24 de agosto de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  17. «Resultado dos 4x50m medley masculino no Mundial de Doha 2014». OmegaTiming. 4 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  18. «Resultado dos 4x100m medley masculino no Mundial de Doha 2014». OmegaTiming. 7 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  19. «Resultado dos 4x50m medley misto no Mundial de Doha 2014». OmegaTiming. 4 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  20. «Resultado dos 50m peito no Mundial de Doha 2014». OmegaTiming. 7 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  21. «Resultado dos 100m peito no Mundial de Doha 2014». OmegaTiming. 3 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  22. «Doha dá ao Brasil a coroa em piscina curta». CBDA. 7 de dezembro de 2014. Consultado em 16 de dezembro de 2014. 
  23. João Jr voa novamente e garante vaga no Rio 2016 ao lado de Felipe França
  24. [www.bestswim.com.br/2016/04/15/joao-gomes-jr-faz-2o-tempo-do-mundo-e-ameaca-recorde-sul-americano-59-06/ João Gomes Jr. faz 2o tempo do mundo e ameaça recorde sul-americano: 59.06!]
  25. «Henrique Barbosa perto do recorde mundial dos 100m peito». BOL. 10 de maio de 2009. Consultado em 24 de outubro de 2015.