Lito Vidigal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lito Vidigal
Informações pessoais
Nome completo José Carlos Fernandes Vidigal
Data de nasc. 11 de julho de 1969 (48 anos)
Local de nasc. Luanda,  Angola
Altura 1,89 m
Informações profissionais
Equipa atual Portugal Desportivo das Aves
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1987–1988
1988–1989
1989–1991
1991–1995
1995–2002
2002–2003
2003–2004
Portugal Fronteirense
Portugal O Elvas
Portugal Estrela de Portalegre
Portugal Campomaiorense
Portugal Belenenses
Portugal Santa Clara
Portugal O Elvas



62 (3)
144 (3)
6 (0)
Seleção nacional
1999–2001 Flag of Angola.svg Angola 16 (0)
Times/Equipas que treinou
2003–2004
2004–2007
2007
2007–2008
2008
2009
2009–2011
2011–2012
2012–2013
2013
2014–2015
2015–2017
2017
2017–
Portugal O Elvas
Portugal Pontassolense
Portugal O Elvas
Portugal Ribeirão
Portugal Estrela da Amadora
Portugal Portimonense
Portugal U. Leiria
Flag of Angola.svg Angola
Líbia Al-Ittihad [1]
Chipre Limassol
Portugal Belenenses
Portugal Arouca
Israel Maccabi Tel-Aviv
Portugal Desportivo das Aves

José Carlos Fernandes Vidigal (Luanda, 11 de julho de 1969), conhecido por Lito Vidigal, é um treinador de futebol e ex-futebolista angolano. É o atual treinador do Desportivo das Aves.

Carreira[editar | editar código-fonte]

No final da época 2007/2008 mudou-se do Ribeirão, clube que disputou a II Divisão e assumiu o comando técnico do Clube de Futebol Estrela da Amadora.[2]

Ainda em Novembro da época 2008/2009 demitiu-se do cargo que ocupava devido ao ambiente que se vivia no clube por vários meses de salários em atraso.[3]

Em Fevereiro de 2009 foi anunciado como novo treinador do Portimonense[4], após a saída de Vítor Manuel, altura em que a equipa ocupava o 13º lugar da Liga Vitalis 2008/2009.

No final de Outubro de 2009 deixou o Portimonense para treinar uma equipa da Liga Sagres, a União de Leiria.[5]

Na época de 2014/2015, foi o treinador do Belenenses.

Em Maio de 2015, com a cessação de funções de Pedro Emanuel[6], o Futebol Clube de Arouca contrata Lito Vidigal para a época de 2015/2016[7], tendo sido a melhor época realizada, até hoje (2016), pelo Futebol Clube de Arouca. A 7 de Maio de 2016, o Futebol Clube de Arouca garantiu, pela primeira vez, orientado por Lito Vidigal, num facto inédito da história deste clube de futebol nortenho, da Área Metropolitana do Porto e da Região do Norte (sediado na Vila de Arouca, no vale do rio Arda), o acesso à Liga Europa da UEFA, a uma jornada de terminar a Liga portuguesa[8].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Angola em 1969. A sua família vivia numa quinta na zona do actual Lubango, perto da fronteira com a Namíbia. O seu pai era carpinteiro mas também fazia criação de gado e agricultura. A mãe trabalhava na quinta e tomava conta dos filhos, que em Angola eram 12 irmãos - depois ainda nasceu mais um, já no Alentejo.

Devido à guerra, a família fugiu para a Namíbia em 1975 e depois veio para Portugal. Mandaram-nos para Vidago, perto de Chaves. Depois mudaram-se para Elvas, em 1976. Os seus pais tinham amigos em Elvas e por influência deles foram para lá. O seu pai trabalhou na câmara como carpinteiro.[9]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.