Jota Santiago

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jota Santiago
Nascimento 15 de agosto de 1942 (75 anos)
Manaus,  Amazonas
Residência Belford Roxo,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Locutor esportivo
Principais trabalhos Rio Grande do Norte Rádio Cabugi
Rio de Janeiro Rádio Tupi

José Ascenção da Silva Santiago,conhecido como Jota Santiago (Manaus, 15 de Agosto de 1942) é um locutor e narrador esportivo, atua na Super Rádio Tupi, com passagem pela extinta Bradesco Esportes FM, sendo conhecido como o Locutor que emociona o torcedor.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Chegou a trabalhar na Rádio Cabugi de Natal[1] e depois vindo para o Rio de Janeiro, onde anteriomente esteve na Rádio Nacional, em meados de 70. Atualmente está na Super Rádio Tupi, onde veio por intermédio de Luiz Penido, como segundo narrador e apresentando eventualmente programas da emissora. Em abril de 2012, passou a ser o narrador titular da Tupi, após a saída de Penido para a Rádio Globo[2]. Estreando como titular na final da Taça Rio 2012, entre Vasco vs. Botafogo. Apesar dos rumores sobre possiveis substitutos, a direção da Tupi continuou apostando em Jota, como narrador titular da emissora e mesmo com a mudança, a rádio se manteve líder no futebol. Com a ida do locutor José Carlos Araújo, o Garotinho, para a Tupi, Jota volta a ser segundo narrador da emissora[3], ele declarou que estava cedendo espaço "para o Pelé do rádio". Foi demitido em julho de 2016, em meio a grave crise que atravessava a emissora carioca, junto com outros funcionários. No final de 2016, assim como Eugênio Leal, Jota voltou a atuar no rádio carioca, reforçando a equipe de narradores da extinta Bradesco Esportes FM. Em 25 de junho de 2017, é anunciado o seu retorno à Super Rádio Tupi.

Frases[editar | editar código-fonte]

  • "E-mo-cio-nando! Emocionando o torcedor brasileiro pela Super Rádio Tupi"
  • "E atenção galera" e após as vinhetas "Bola rolando é o que interessa"
  • "Amigos do Rio e de todo o Brasil, bom dia/boa tarde/boa noite" (dita conforme o horário do jogo)
  • "Marcou"/"Emocionou" (ditas quando um time marca um gol sendo a segunda após um pênalti)
  • "Isso sim que é o Mengão/Vascão/Fogão/Fluzão/Brasil"
  • "Tem pena não Mengão/Vascão/Fogão/Fluzão/Brasil, tem pena não"
  • "Ensaca, ensaca, ensaca Mengão/Vascão/Fogão/Fluzão/Brasil"
  • "É por isso que eu digo,esse Mengão/Vascão/Fogão/Fluzão/Brasil me emociona"
  • "É hora de você conferir o sinalzão que emociona a galera no Rio de Janeiro/local da partida..."
  • "Aumente o volume do seu rádio torcedor, é hora do placar e do tempo"
  • "E no placar (diz o nome do patrocinador) tá tudo igual/tá-tá-tá sabendo? (vinheta com a equipe que vence) vai vencendo"
  • "(Time x), 1,2 x (Time y), zeeero!"
  • "Aqui na Super Rádio Tupi o futebol tem muito mais emoção"
  • "Santa Maria, que falta de pontaria"
  • "Mandou mal! Lá no fundo do quintal."
  • "E-mo-cio-nando! Trago comigo a emoção do futebol" (após a vinheta com seu nome)

Referências

  1. «Há 68 anos, a primeira transmissão do futebol na rádio». Tribuna do Norte. Consultado em 1 de Agosto de 2015. Cópia arquivada em 26 de Março de 2014 
  2. Esporte & Mídia (29 de abril de 2012). «Rádio Tupi efetiva Jota Santiago como narrador titular da emissora, publica blogueiro». Consultado em 19 de agosto de 2012 
  3. Rádio de Verdade (28 de abril de 2015). «Jota Santiago fala sobre a ida de José Carlos Araújo para a Super Rádio Tupi». Consultado em 30 de abril de 2015