Karl Hofer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Karl Hofer
Nascimento 11 de outubro de 1878
Karlsruhe
Morte 3 de abril de 1955 (76 anos)
Berlim
Cidadania Alemanha
Ocupação pintor, professor universitário
Prêmios Ordem do Mérito para as Artes e Ciência, Grã-Cruz da Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha, Prêmio de arte de Berlim
Empregador Universidade das Artes de Berlim
Movimento estético expressionismo

Karl Hofer (Karlsruhe, 11 de outubro de 1878Berlim, 3 de abril de 1955) foi um pintor expressionista alemão.

Iniciado num certo classicismo próximo a Hans von Marées, estudou em Roma e Paris.

Em Paris surpreendeu-o a Primeira Guerra Mundial e foi feito prisioneiro durante três anos, fato que marcou profundamente o desenvolvimento da sua obra, com figuras atormentadas, de gestos vacilantes, em atitude estática, enquadradas em designs claros, de cores frias e pincelada pulcra e impessoal. As suas figuras são solitárias, de aspecto pensativo, melancólico, denunciando a hipocrisia e a loucura da vida moderna (O casal, 1925; Homens com tochas, 1925; O quarto preto, 1930).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hamilton, George Heard (1997). Pintura y escultura en Europa, 1880-1940. [S.l.]: Cátedra, Madrid. ISBN 84-376-0230-0 

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em castelhano, cujo título é «Karl Hofer».